domingo, 10 de maio de 2015

FanFic: "You're My Number One" (+18) - CONTINUAÇÃO

Autora: Marícia Jackson 





OBS: Meninas, tive um problema ao postar os capítulos na postagem da fic,por isso abri outro postagem para continuar. Beijos!!

Capítulo 63 

Nicole


   Eu juro que minha vontade era de empurrá-lo e estapeá-lo por ter feito isso,mas eu estava tão envolvida que me deixei ser guiada por ele. Suas mãos envolviam meu rosto,seus lábios se moviam deliciosamente dentro na minha boca. Só consegui me desgrudar dele quando o ar me faltou.
  Michael olhou pra mim e suspirou,ainda com as mãos envolvidas no meu rosto.
-Nick.. Me fale a verdade, eu sou o pai não é? 
-Michael.. - graças a Deus alguém apareceu para interromper essa conversa
-Michael Jackson,o senhor entra agora! - avisou o rapaz. Michael olhou pra ele e assentiu. Se levantou e olhou pra mim novamente
-Não terminamos essa conversa. - Michael seguiu com o produtor e eu finalmente consegui suspirar aliviada
  Eu entraria no segundo bloco. Menos mal,pois não teria condição nenhuma de entrar naquele palco.Me levantei para pegar um copo d'água,mas aquela dor incômoda no ventre voltou um pouco mais forte. Decidi não dar muita importância,pois já estava acostumada. Mas a dor foi ficando cada vez mais forte e insuportável.
-Oh meu Deus! Ai ai ! - levei minha mão à barriga e com a outra fui me apoiando na parede até chegar no sofá
  Assim que me sentei,a contração veio com mais força e senti um líquido quente descer pelas minhas pernas,molhando o vestido.
-Minha bolsa! - constatei desesperada -Alguém me ajuda! - gritei. Logo duas mulheres vieram até a sala e se assustaram com o meu estado
-Sra. Nicole, o que está sentindo?
-Meu filho vai nascer,me ajude!
-Santo Deus! - uma das mulheres correu para pedir ajuda. A outra veio até mim me ajudando a deitar no sofá
-Meu nome é Cierra ok? Respire fundo, os paramédicos já estão vindo pra cá!
-Obrigada.. Ai meu Deus, dói muito!
-Calma Nicole, vai dar tudo certo! 
  Três enfermeiros e um paramédico vieram até mim e me colocaram na maca. A dor só fazia aumentar acompanhada de uma forte tontura. As vozes foram se tornando distintas e a única coisa que eu conseguia fazer era fechar meus olhos e gemer pela dor.

Michael


  Nada do que a Oprah me perguntava entrava na minha cabeça. Eu fiquei o tempo todo me lembrando da cena de minutos atrás. Finalmente o intervalo foi anunciado e em instantes Nicole entraria no palco.
-Oprah, a entrevista com a Nicole Almanza foi cancelada. - um produtor veio lhe informar
-Mas o que houve? - ela perguntou
-Pelo que parece ela entrou em trabalho de parto!
-O que? E onde ela está? - me meti na conversa
-Não sei.. A equipe médica a levou imediatamente para o hospital mais próximo
-Meu Deus! - me levantei do sofá e fui até Brett
-Já soube do que aconteceu Mike?
-Mais ou menos.. O que houve com ela?
-As funcionárias que a encontraram disseram que a bolsa estourou e que ela já estava em trabalho de parto. Imagina que louco o bebê nascendo aqui!
-A culpa é minha!
-Por que?
-Porque eu vi quando ela se sentiu mal e eu a ..
-Você..?
-Eu beijei ela.. - murmurei
-Olha o que tu fez! Deixou a garota emocionada e ela acabou parindo!
-Não fale besteiras! Eu preciso ir no hospital!
-Ficou louco? Eu não estou te entendo,você xingou ela de tudo que é nome e agora quer ir atrás dela!
-Acontece que eu amo ela tá legal? Amo mais a cada dia Brett.. - minha voz saiu trêmula
-Oh Mike.. Eu sempre soube.. Como pode continuar acreditando que ela lhe faria mal?
-Ela fez Brett.. Mas infelizmente isso não foi capaz de me fazer odiá-la.
-Vamos fazer o seguinte. Termine sua entrevista,só tem mais dois blocos,eu trago notícias..
-Obrigado Brett.. - o que me restou a fazer foi continuar nessa interminável entrevista
  Assim que minha participação terminou,pedi que meu motorista me levasse direto para o hospital. É claro que, à essa hora todos já devem estar sabendo que Nicole deu a luz. Deus,eu ainda nem sei se isso realmente aconteceu. 
  Meu coração estava apertado,eu precisava de notícias urgentemente ou enlouqueceria. 
Eu e Brett entramos no hospital pelo portão dos fundos. Graças às ideias mirabolantes dele, me disfarcei de enfermeiro para poder ficar de olho no que estava acontecendo. Coloquei uma máscara cirúrgica,toca e roupa apropriada.
  Chegamos no andar em que Nicole estava internada. Assim que vi um médico no corredor,fui correndo até ele,que se assustou com a nossa abordagem.
-Doutor,sabe se a Nicole Almanza já deu a luz? - perguntei apreensivo
-Sim,ela já deu a luz.
-Graças a Deus!
-Eu te conheço de algum lugar..
-Você conhece sim.. - abaixei a máscara e o homem ficou pálido - Posso pedir sigilo? 
-Cla..claro,mas não entendo o que faz aqui,Sr. Jackson!
-Só Michael.. Doutor,o senhor sabe a loucura que esse hospital estaria se me vissem aqui.
-Tem razão..
-Mas eu preciso saber como ela está,por favor!
-Certo.. Eu que fiz o parto dela. A jovem chegou aqui muito fraca,com a pressão altíssima, a gravidez era complicada.. - senti minha garganta se apertar
-Mas eles estão bem né? Digo ela e o bebê..
-Sim,agora estão. O menino nasceu forte e saudável com quase 3,5 Kg! - ri igual um abobalhado com essa notícia,como se fosse um pai que acaba de receber notícias sobre seu filho.. 
-E onde ele está?
-Agora ele está no berçário sob os cuidados das enfermeiras.
-E a Nicole, está bem?
-Tivemos que medicá-la para a pressão se normalizar. Agora ela está dormindo.
-E .. eu posso vê-la?
-Infelizmente não.. Nem os familiares eu permiti entrar. Ela precisa de muito repouso. A cesariana foi complicada,entende?
-Claro que sim doutor.. E o bebê,eu posso ver? 
-Bem,com essas roupas sua entrada é mais que permitida.. - ele riu,mas ainda não entendia o motivo da minha preocupação
-Muito obrigado. E onde fica o berçário?
-No fim do corredor, vou fazer o prontuário dela. Ah não se preocupe,ficará entre nós!
-Obrigado! - sorri e segui com Brett até o berçário
   Meu coração batia tão forte que eu podia escutar as batidas. O berçário estava tranquilo,tinha apenas duas enfermeiras cuidando de outro bebê. Olhei atentamente para o nome de cada bercinho e finalmente achei o que eu tanto procurava.
-Max Liron.. Ainda não tem sobrenome. É esse mesmo,Brett! - sorri radiante
O pequeno bebezinho estava enrolado em uma manta azul claro. Ele estava quietinho,só mexia as mãozinhas gordinhas e fazia um barulho engraçado com a boca.
-Olha pra ele Brett.. 
-Michael ele tem a sua boca!
-Você também reparou? Achei que era coisa da minha cabeça! - ri - Ele se parece tanto comigo.. Tem o nariz da Nick,mas a boca,o formato no rosto,o queixo..
-Sim Mike, esse garotinho é a sua cópia! - ele riu
-Ele é tão lindo,Deus! Não me restam mais dúvidas! Desde que ele ainda estava no ventre da Nick,eu já sentia algo tão forte.. É meu filho,Brett,meu filho!
-Disso eu tenho certeza! 
-Será que eu posso pegar ele? 
-Pode sim,as enfermeiras já saíram.. 
-To com medo dele cair..
-Segura firme o seu filho,homem! - respirei fundo e levei minhas mãos até aquele pequeno embrulho
   Max fez mais um barulhinho com a boca e abriu os olhinhos timidamente quando eu o tirei do berço. Segurei firme minhas mãos envolta do seu tronco e o levei até meu peito, encostei sua cabecinha no meu pescoço e inalei o cheirinho gostoso do seu cabelo fininho..
-Olha isso Brett.. Ele ficou quietinho.. - dei leves batidinhas nas suas costas e beijei sua testa
-Michael temos que ir.. Se alguém te pegar aqui,estamos fritos!
-Eu já vou.. Mas ele gostou de mim,não posso tirá-lo do meu colo agora! 
-Sem desculpas meu amigo! Eu sei que você quer ficar aqui com ele,mas você tem que se ligar!
-Você tá certo.. O papai vai ter que ir embora,mas eu volto logo tá? - beijei sua mãozinha e lhe abracei 
  Deitei ele novamente no bercinho e lhe beijei na testa . O calor do seu corpinho ainda me aquecia e tudo que eu mais queria era ter meu anjinho no meu colo de novo. Me aproximei dele mais uma vez.. 
-Amo você Max.. você e sua mãe..

Capítulo 64

Nicole


  Acordei me sentindo um pouco mais leve,ainda estava cansada mas o pior já havia passado. Percorri meus olhos pelo quarto do hospital e vi Nani sentada em uma poltrona.
-Nani?
-Oh minha princesa.. Como se sente?
-Melhor.. Um pouco dolorida..
-É por conta da cesária. 
-Como está o Max? Ainda não o vi..
-Está no berçário,mas não se preocupe,ele nasceu saudável e forte. É um menino lindo Nicole!
-Queria tanto que Michael tivesse aqui comigo,conhecendo o filho..
-Oh Nick.. não fique assim. Tenho certeza que um dia tudo irá se resolver!
- Sabe o que eu não entendo? Como que esse Evan tinha os meus cheques. Eu só assinei cheques para o..
-Para quem Nick?
-Pro Matt. Ele me pedia porque estava com problemas com a conta dele.. 
-E por que essa cara de preocupação?
-Por nada.. É que eu nunca perguntei o que ele fazia com os cheques. Nani você acha que.. Não, eu dei os cheques quando ainda namorávamos..
-Se eu fosse você conversava com ele. Perguntar não ofende..
-Você tá certa..
-Agora não pense nisso. Já estão trazendo o Max para você amamentar!
-Oh meu Deus! Estou tão nervosa,não sei o que fazer..
-Eu entendo. É seu primeiro filho,mas eu cuidei de você desde que nasceu.Vou lhe ensinar tudo!
-Obrigada Nani,sem você eu estaria perdida!
-Não diga isso querida. Estarei sempre com você!
-Olha quem chegou.. - a enfermeira entrou no quarto empurrando o bercinho em que Max estava
-Oh meu Deus.. Posso pegá-lo?
-É claro que sim mamãe! Todo mundo já pegou,só faltam vocês..
-Ué quem mais pegou?
-Bem,eu vi um homem no berçário com o Max no colo. Não interrompi,ele estava tão emocionado com o bebê no colo que eu os deixei por lá. Pai coruja é assim mesmo.. Com licença! - ela sorriu e se retirou
-O Matt chegou de viagem Nani? Ele estava no Japão..
-Não Nick,ele ligou agora pouco dizendo que daqui a algumas horas ele chegaria..
-Nani,quem estava com meu filho? 
-Eu não sei Nick, mas quem faria isso?
-Michael..? - indaguei - Impossível! 
-Não acho que seja impossível.. Afinal ele tem certeza que é o pai..
-Meu Deus! Ele não pode descobrir Nani,não pode!

Michael


   Voltei para Neverland com um vazio no peito. Era para nesse momento eu estar chegando aqui com a Nick e com meu filho nos braços,mas a vida prega peças e eu estou sozinho novamente.
   Esqueci de avisar à Lisa que estava chegando,na verdade nem me lembrei dela desde que vi Nicole naquele estúdio.Entrei na sala e vi que Lisa estava no telefone falando com alguém. Ela nem me percebeu,pois estava exaltada. Parei perto da porta para observar.
-Não Evan,você já recebeu o seu dinheiro, pare de nos importunar! - Lisa desligou o celular furiosa e se empalideceu ao me ver - Michael?
-Desde quando tem contato com Evan Chandler? 
-Eu não tenho contato nenhum com esse homem!
-Então porque estava falando com ele? Eu ouvi Lisa!
-Tudo bem.. - Lisa suspirou - Eu não queria te aborrecer,mas .. Evan quer mais dinheiro.
- O que? Mas ele assinou um acordo,como pôde ter coragem de pedir mais? 
-Pois é.. Não sei como ele conseguiu meu número,mas ele não para de ligar!
-Vou chamar o John agora mesmo!
-Não Michael! Não vê que ele quer tirar o teu sossego? 
-Até quando vou viver assim,até quando? 
-Calma amor.. Eu to aqui com você!
-Eu vou tomar um banho,ok?
-Vai lá. Descanse amor.. - Lisa me beijou e eu subi para a minha suíte
  Eu não engoli nadinha essa história. Posso ter cara de idiota e até ter sido enganado uma vez,mas agora acabou! Não tem sentido nenhum Evan pedir dinheiro para Lisa, caso contrário ele pediria diretamente para mim.
 Posso estar sendo injusto com Lisa,mas a partir de agora vou ficar de olho nela até entender o que está acontecendo.
   O problema é que minha cabeça só sabe pensar em duas coisas. Nesse episódio com a Lisa e claro, na Nicole e no meu filho.. Queria tanto que tudo fosse diferente.. E mesmo magoado com tudo que ela me fez,eu preciso dela,preciso saber como ela está, como meus dois amores estão..


Capítulo 65 

Nicole


-Oi amor,como você se sente? - Matt me deu um beijo na testa
-Bem melhor.. Você já viu o Max?
-Sim,eu vi. Sabe quando terá alta?
-Talvez hoje.. Matt posso te fazer uma pergunta?
-Claro amor..
-O que fez com aqueles cheques em branco que eu lhe dei?
-Depositei na minha conta ué. Lembra,eu estava com problemas na minha antiga conta e te pedi os cheques.
-Estranho porque esses cheques ainda não foram descontados. Mas tudo bem,não quero pensar nisso agora!
-Está certa meu bem, logo iremos pra casa e seremos mais felizes do que nunca!
-Se Deus quiser..
-Amor, o testamento do seu pai já foi anunciado?
-Ainda não.. Essas coisas demoram séculos e pra falar a verdade não faço questão nenhuma de ler esse testamento..
-Como não Nick? É a sua herança que está em jogo!
-Matt eu sei o que estou fazendo ok? No momento quero apenas cuidar do meu filho!
-Você que sabe Nicole!


       
Três meses depois


 Max está crescendo cada vez mais forte e saudável. Deus ele é a coisa mais linda desse mundo! Hoje darei uma entrevista para a People e apresentarei Max ao mundo pela primeira vez.
 Queria tanto que Michael fizesse parte desse momento.Michael.. Deus sabe como eu sinto a falta dele. Dizem que o casamento dele está em crise, uma pena porque apesar da mágoa que ele me causou,eu desejo a felicidade dele..
* * * *

Michael


   Três meses sem nenhuma notícia da Nick e do meu filho. Minha vontade é de ir lá e exigir o DNA,eu sei que Max é meu filho,mas não tenho como provar,apenas com o exame.
 Pelo que sei, Nicole vai apresentá-lo ao mundo por meio de uma entrevista que ela deu à uma revista. E eu estou louco para ver como está Max. Não tenho cara de chegar na casa dela e perguntar como eles estão. Enquanto isso,estou trabalhando nas músicas do meu novo álbum, History. E mesmo tentando tirar Nicole do meu coração, escrevi uma música pra ela.
-Michael!
-Oi Brett, como vai?
-Eu vou bem, e você que não sai desse estúdio?
-Não enche..
-Já disse para procurar a Nicole,mas você não me escuta..
-Não insista! O que existiu entre eu e Nicole acabou faz tempo!
-Então tá,cabeça dura! Ah,aqui está a revista que tanto queria!
 Meu coração disparou ao ver a capa da revista. Nicole estava tão linda com Max no colo que eu devo ter ficado meia hora babando pela capa. Folheei cada página que tinha foto dos dois. Era uma mais linda que a outra. Tinha até algumas declarações da Nick sobre nosso filho.





"Fiquei sem palavras", disse Nicole, sobre os primeiros minutos de Max. "Ele era literalmente um anjo. Tivemos uma ligação calma e imediata e eu me senti inexplicavelmente conectada por ele e pelo espírito dele".


 Senti as lágrimas molharem meu rosto e uma vontade enorme de esquecer tudo o que aconteceu e correr para os braços de Nicole. Passar uma borracha no passado e dar uma nova chance a minha felicidade.

             
 * * * *


Decidi me isolar no cantinho da minha biblioteca com a revista de Nicole nas mãos. Acho que Lisa não percebeu que eu estava escondido ali,pois ela entrou apressada falando ao telefone.
-Já chega Matt, Michael também está desconfiado,ele já me viu no telefone com o Evan e se ele vier me procurar novamente não terei desculpa para arrumar!
- XX
-Que seja! Dê um jeito na sua mulherzinha e convença a Nicole com essa historinha dos cheques.Não me arrisquei atoa,não mesmo! - Lisa desligou o celular furiosa e estacou assim que me viu levantar do chão.

Capítulo 66 

Michael


-Michael? - Lisa estava mais pálida do que um papel de seda - Você não estava viajando?
-Não esperava por mim não é?
-Michael.. O que você ouviu não é..
-O que eu estou pensando? Faça-me o favor! Vai dizer que eu escutei errado? Então foi você não é? Meu Deus como eu não percebi! Você que armou tudo! - segurei seus braços sacudindo-a com força - Você vai me contar tudo ou eu acabo com você! - gritei
-Tá legal,fui eu! Fui eu quem armei tudo isso.. Mas Mike,eu estava desesperada! Quando a Nicole voltou você me ignorou,só tinha olhos pra ela. Tem noção de como eu me senti?
-Isso não justifica! Como pode ter coragem de armar isso tudo? Me conte agora mesmo antes que eu perca a paciência! - apertei ainda mais os seus braços
-Calma.. Eu vou falar,mas me solta! Quando a Nicole voltou da França com o Matt eu fiquei desesperada. Nós tínhamos acabado de começar o namoro e ela voltou para infernizar nossa vida.
-E quando você teve essa brilhante ideia de me apunhalar pelas costas?
-Não fala assim.. Eu estava pensando numa forma de tirar ela do meu caminho e achei que o Matt poderia me ajudar.. Eu tava sacando que o Evan estava querendo se aproveitar da sua bondade com o filho dele. E.. nós fizemos um acordo..
-Um plano. - corrigi
-Que seja! O Matt ficou encarregado de pedir os cheques para a Nicole. Na primeira conversa que tive com o Evan,eu sabia das intenções dele e eu só dei um empurrãozinho,mas eu juro Michael,eu juro que a ideia da acusação foi toda do Evan,acredita em mim!
-Continue. - disse com meu maxilar travado
-Assim que a bomba estourou,eu liguei imediatamente para ele. Eu e Matt oferecemos muito dinheiro para ele dizer que o plano foi da Nicole. O Matt deu os cheques para ele e bem.. o resto você já sabe..
-Por que Lisa,por que? Você não acabou só com meu relacionamento com a Nicole,você quase destruiu a minha vida! Até hoje eu tenho pesadelos por causa dessa maldita acusação, sou obrigado a ouvir ofensas e piadas do mundo inteiro por culpa de vocês!
-Mike eu não tenho culpa totalmente..
-Cala a boca! Você é tão culpada quanto eles! Por que Matt também tá nessa?
-Ele queria reconquistar essa mulher, claro,por conta da herança dela ne? - ela riu em deboxe
-Vocês três são uma quadrilha! Eu humilhei a Nicole de todas as formas possíveis e ela é a maior vítima!
-Ela é uma intrusa! Você tinha que ser meu e não dessa sonsa!
-Não vou nem perder meu tempo com você,mas fique sabendo de uma coisa,nem você, nem Matt ou Evan vão sair livres dessa. Eu posso demorar anos para provar a culpa de vocês,mas eu não vou deixar vocês livres!
-Michael onde você vai ? Vamos conversar por favor!
-Eu vou atrás da minha mulher e reze para ela me perdoar! Agora saia dessa casa e é melhor que não volte nunca mais!
-Michael,volta aqui!
-Aguarde a visita dos meus advogados!
   Saí de Neverland totalmente estarrecido,chocado e pior.. me sentindo o homem mais injusto e desgraçado desse mundo. Expulsei Nicole da minha vida sem nem ao menos permitir que ela se defendesse. Agora não adianta eu me lamuriar,vou calçar a cara e implorar por seu perdão. Mesmo sabendo o quão difícil será essa missão.

* * * *


  Meu jatinho aterrizou em um terreno isolado nos arredores de Nova York. Pedi para meu motorista me levar direto para a casa de Nicole. Eu não tinha noção do que falar pra ela.
Informei à David que iria sozinho até o portão. Me lembrei das vezes que vinha aqui,quando eu era um simples morador de rua. Nicole me salvou tantas vezes,mas não acredito que ela vá me tirar do fundo do poço novamente..
-Michael? - Nani veio até mim
-Oi Nani.. Nicole está?
-Sim,mas o que quer com ela?
-Preciso muito conversar com a Nick. Por favor Nani,me ajuda! Estou desesperado! - Nani se compadeceu com o meu estado e abriu o portão
-Ela está no quarto.
-Muito obrigado! - praticamente corri até a casa e subi as escadas rapidamente
  Parei na soleira da porta do seu antigo quarto,que agora parecia ser do nosso filho. Nicole embalava Max no seu colo e cantava pra ele. Era a cena mais linda que vi em toda minha vida,mas seu sorriso se desfez assim que ela me viu ali parado.
-Michael? - Nick me olhou confusa,sem entender o que estava acontecendo. Agora que minha luta vai começar..

Capítulo 67 

Nicole

-O que faz aqui? - perguntei novamente
-Podemos conversar?
-Michael,estou ocupada demais para mais uma sessão de insultos.
-Não,não é isso. Por favor Nick..
-Está bem.. - coloquei Max no berço e fui para o meu quarto,acompanhada de Michael. Fechei a porta e fiz sinal para que ele prosseguisse - Fala.
- Antes de qualquer coisa,eu quero lhe pedir perdão. Perdão por ter feito você de boba por tantos anos,perdão por esconder meus sentimentos e principalmente,me perdoe por ter sido um imbecil incapaz de confiar em você! - fiquei paralisada ao ver Michael chorando feito criança
-Explique melhor. - soei frívola com sua crise de choro
-Eu já sei de toda verdade. Sei que foi a Lisa quem armou esse plano para por a culpa em você.
-Ah sim..
-Você não vai dizer mais nada?
-Pra quê,se eu já sabia disso desde o início? - respondi indiferente
-Parece que eu sou o único idiota da história..
-Concordo. Vem cá,Michael. O que quer de mim?
-Seu perdão. É tudo que eu quero!
-Está perdoado.
-Tá falando sério?
-Sim. Não sou do tipo que guarda rancor.
-Então quer dizer que..
-Quer dizer que agora você pode sumir da minha vida sem encargo de consciência!
-O que?
-Fala verdade Michael,você veio aqui pra que? Acha mesmo que depois de tudo que fez e falou,eu iria te receber de braços abertos? Se foi por isso,perdeu seu tempo!
-Nicole você está coberta de razão,eu entendo perfeitamente o ódio que você está sentindo..
-Ódio? Quem falou em ódio? Nunca senti isso por você,pelo contrário. Michael o que você me fez foi desumano! Se tivesse me conhecido há alguns meses ou mesmo por um ano eu entenderia,mas Michael tínhamos mais de dez anos de amizade,dez anos! Como pode acreditar que logo eu seria capaz de destruir a sua vida?
-Eu sei.. E isso me dói mais ainda!
-É.. mas pra me expulsar e me ofender daquela maneira não te doeu nada ne?
-É claro que doeu! Acha que eu não tenho sentimentos?
-Acho! Quem ama confia.
-E quem ama perdoa!
-Disse certo,quem ama!
-O que quer dizer com isso? Que deixou de me amar? Duvido!
-Por que tem tanta convicção disso?
-Porque eu vejo nos seus olhos,eu vi quando nos beijamos,você ainda me ama,assim como eu amo você! - Michael se aproximou de mim e eu o afastei rapidamente
-Por que faz isso comigo? - gritei - Já não bastasse todo o sofrimento que me causou,agora você vem aqui para me desestabilizar novamente?
-Então você confirma que ainda não me esqueceu!
-Me deixe em paz,vá embora!! - gritei,esmurrando seu peito com toda minha fúria.Michael não me impedia, o que me fez começar a chorar copiosamente - Vá embora.. - entreguei os pontos e deixei que ele me envolvesse em seus braços
-Nicole.. - Michael também chorava assim como eu. Me ajoelhei no chão e Michael fez o mesmo,ainda me abraçando fortemente
-Por favor Michael,faça o que eu estou te pedindo.. Por favor.. - sussurrei
-Tudo bem.. Você está no seu direito,mas eu não vou desistir. Nem que eu passe o resto da minha vida lutando para ter seu amor novamente,nunca vou desistir de você.. - Michael me soltou delicadamente e saiu do quarto. Eu novamente me entreguei as lágrimas,praguejando pela maneira como tudo terminou..

Capítulo 68 

Michael


  Deixei a casa de Nicole totalmente arrasado. Eu imaginava que sua reação seria a pior de todas,mas enxergar decepção e desprezo em seus olhos,doeu muito mais que o esperado.
 Saí tão absorto,que ao menos consegui dizer toda a verdade para Nicole. Não sei se ela acreditaria em mim, na verdade ela nem me deu chance para falar.
 Minha única saída era falar com Nani. Nicole à considera uma mãe e tenho certeza que vai escutar o que Nani lhe disser.
-Posso entrar? - Nani estava no pequeno chalé que tinha no jardim
-Claro Michael. Aconteceu alguma coisa?
-Sim.. Você já deve ter ideia do que eu descobri né?
-Escutei os gritos de Nicole. Então você já sabe da verdade?
-Sim eu sei.. - abaixei a cabeça,envergonhado - Nicole não quer mais saber de mim. Acho que a perdi pra sempre..
-Você acha?
-Ela disse.
-A única coisa que posso dizer é que Nicole nunca deixou de te amar,mas não é só de amor que se vive e sim de confiança!
-Está coberta de razão..
-Não sei como vai fazer para ter o perdão dela,mas boa sorte..
-Realmente me deseja boa sorte?
-Michael,eu sou uma velha de setenta e oito anos,já vivi muito e reconheço quando uma relação  merece uma segunda chance.
-Me ajude,por favor!
-Isso não depende de mim Michael,é você quem tem que consertar os erros,só você..
-Tem razão. Não posso desistir da Nicole,ela é a minha vida! Mas Nani,preciso de sua ajuda para outra coisa.
-Pode falar.
-O Matt também está envolvido em toda essa armação.
-O Matt?
-Sim.. Eu só acreditei que a Nicole era culpada por conta dos cheques dela.
-Os cheques que a Nick assinava para o Matt. - concluiu - Comentamos sobre isso quando Max nasceu. Nicole até chegou a perguntar o que ele fez com os cheques,mas ele desconversou. Agora está explicado!
-Nicole ainda não sabe disso. Não consegui falar e nem sei se acreditaria em mim,então eu preciso muito que converse com a Nick.
-Deixa comigo. Tenho certeza que esse canalha não fica nem mais um minuto aqui!
-Se eu pudesse,eu mesmo quebrava a cara dele! Não quero ele perto da Nicole!
-Se acalme Michael.. Vamos ver a reação que a Nick terá.
-Só mais uma coisa, Max é meu filho não é? - Nani apresentou um semblante preocupado
-Michael de onde tirou isso?
-Ah Nani, acha mesmo que eu não percebi? Max é a minha cópia,além do mais eu sinto um amor tão inexplicável por ele.. Me diz a verdade, por favor!
-Michael isso só a Nicole poderá dizer,não me pergunte mais,por Deus!
-Não precisa me responder nada.. - dei um sorriso fraco,afinal eu já sei a resposta - Até mais Nani e por favor,me deixe informado de tudo!
-Está bem Michael..
-Eu comprei um apartamento aqui em Nova York. Aqui está o endereço,qualquer coisa me procure.
-Pode deixar. Vá com Deus Michael..
Nicole



  Voltei para o quarto de Max logo depois que Michael foi embora. Estar com meu filho acalma meu coração e isso é tudo que eu preciso no momento.
-Nicole? - Nani bateu na porta
-Oi.. Pode entrar.
-Como se sente?
-Péssima.. Michael não devia ter me procurado!
-Ele está arrependido.
-E do que adianta isso agora? Nada! O estrago já foi feito.. Agora eu vou seguir minha vida,tenho um filho e um marido!
-Marido..
-O que foi Nani?
-Michael me contou algo que você não sabe.
-Então fala Nani!
-Lembra que comentamos sobre os cheques que você deu ao Matt?
-Claro que lembro!
-Nicole,Matt usou esses cheques para incriminá-la!
-Mas o que?
-Michael conversou comigo. Ao que parece a Lisa contou toda a verdade,inclusive que Matt estava no meio disso. Agora percebe o porquê dele pedir seus cheques?
-Não.. Ele não pode ter feito isso comigo,Matt não é assim! Tenho certeza que Michael inventou isso para atrapalhar meu casamento! Onde ele está?
-Ele quem?
-O Michael! Quero ouvir isso da boca dele!  - entrei furiosa no meu quarto,peguei minha bolsa e já estava prestes a pegar um helicóptero para ir à Neverland
-Nicole o que vai fazer?
-Não se preocupe Nani! Sabe se ele já voltou para Neverland?
-Ele me disse que tem um apartamento aqui.
-Desde quando?
-Não faço ideia,mas ele me passou o endereço.
-Então me dê!
-Ai meu Deus,vai lá para brigar com ele?
-Quero respostas Nani,respostas! Não vou aguentar esperar Matt voltar de Paris!
-Certo.. Aqui está. Mas olha o que você vai fazer ein?
-Cuide do Max!
  Peguei a chave do meu carro e segui para o endereço escrito no papel. Acertarei as contas com Michael agora mesmo!
- O que deseja? - me perguntou o porteiro
-Avise ao Sr. Jackson que Nicole Almanza está aqui em baixo!
-Sim senhora.. - depois de alguns segundos ele voltou permitindo a minha entrada - O apartamento fica na cobertura.
-Tô sabendo!
 O elevador chegou rapidamente na cobertura. Meu coração acelerou só de imaginar que Michael está ali a minha espera. Toquei a campainha uma única vez e a  porta se abriu. Michael me olhou assustado,mas seus lábios logo foram preenchidos com um sorriso de tirar o fôlego.

              

-Nick?


                        

-Nicole pra você. Posso entrar?
-Claro! Pode se sentar..
-Prefiro ficar em pé.
-Certo.. Não esperava sua visita..
-Só quero saber que história é essa do Matt estar no meio dessa palhaçada!
-A Nani te contou?
-Sim. Isso é mesmo verdade ou é invenção sua?
-É claro que é verdade. Pra começar,eu flagrei a Lisa falando no celular com o Matt, falavam justamente desses cheques. E depois que eu a pressionei,ela me contou tudo. Os dois pagaram o Evan para me dizer que você foi a mandante de tudo..
-Meu Deus.. - comecei a andar de um lado para o outro totalmente aturdida - Matt realmente fez essa barbaridade. Armou tudo direitinho para depois dizer que estava do meu lado! Definitivamente eu também sou uma idiota!
-A culpa não é sua.. - Michael se aproximou de mim - Eles foram longe demais e eu caí feito um pato.
-Pelo menos você já sabe de tudo,pode seguir sua vida em paz.
-Como seguir em paz se eu não tenho você? - Michael acariciou minha bochecha. Fechei meus olhos instantaneamente quando senti o aroma abaunilhado do seu perfume invadir minhas narinas - Amo você Nicole.. - Michael roçou seus lábios no meu pescoço, me deixando arrepiada
-Se afaste de mim! - tentei empurrá-lo,mas Michael se aproximou mais de mim.
 Suas mãos alisavam minha pele,me deixando toda amolecida nos seus braços. Puta merda eu estava sem ação,foi impossível resistir à seus encantos. Michael encostou seus lábios nos meus lentamente,mas logo o beijo se tornou mais profundo,mais urgente. 
 Nossas línguas duelavam uma com a outra, naquele momento eu já não me importava com mais nada. Só queria estar ali provando o gosto do seu beijo, eu não conseguia me desgrudar de Michael. Suas mãos apertavam minha cintura possessivamente, seus toques eram urgentes.
    Michael interrompeu o beijo para respirar,mas antes mesmo que eu recobrasse o senso e o afastasse de mim, ele atacou minha boca novamente e tudo que eu consegui fazer,foi envolver minhas mãos em seu pescoço e permanecer ali em seus braços..



Capítulo 69 

Michael


-Me solta seu cretino! - Nick virou um tapa na minha cara,mas eu estava feliz demais para me irritar com isso
-Ah qual é Nick, vai falar que não gostou?
-Se encostar em mim de novo,acabo com você! - Nicole saiu do apartamento furiosa e eu só sabia rir,eu sei que ela me ama e acredito que um dia ela possa me perdoar.

Nicole


-Filho da puta,desgraçado!
-Mas o que é isso Nicole? - Nani me olhou assustada,segurando Max no colo
-Michael. Esse é o nome dos meus problemas!
-Vocês brigaram?
-Eu que briguei com ele. Esse nome está proibido nessa casa ouviu?
-Você quem manda.. Nicole?
-Sim?
-Matt está no quarto.
-Senhor,mais essa! - subi rapidamente tentando controlar meus nervos
-Oi amor.. Achei que te encontraria em casa.. - Matt parecia estar tenso. Na certa sua cúmplice já deve ter ligado e contado a novidade
-Pois é.. Tive compromissos.
-Estava com saudades.. - Matt se aproximou de mim e eu fiz um gesto para que ele parasse
-Nem ouse se aproximar de mim!
-Mas o que é isso Nicole?
-Não se faça de idiota Matt. Já sei que você e Lisa pagaram para o Evan Chandler acusar o Michael de abusar do filho dele!
-E você acreditou?
-Para com esse teatro! - gritei - Estou cansada de ser feita de idiota! Não precisa mais fingir,sua máscara já caiu!
-Oh sim.. E o que você pensa em fazer?
-Eu? É você quem vai fazer. Quero que saia da minha casa agora mesmo!
-Você tem amnésia Nicole? Se esqueceu que somos casados no papel e mais, que sou pai do seu filho aos olhos da justiça?
-Você sabe muito bem que o pai do Max é o Michael!
-Mas é o meu sobrenome que o seu filho tem! Então eu tenho direito de fazer o que eu quiser com esse bastardo!
-Não ouse falar assim do meu filho! - parti para cima dele,mas Matt era forte demais e me empurrou de encontro a parede. Antes que eu pudesse piscar,senti meu cabelo sendo puxado bruscamente
-Olha pra mim. Acha que eu sou idiota? Eu fiz sim tudo isso para trazer você pra mim novamente. Desde que te conheci eu estava de olho na sua grana e você caiu direitinho, sua trouxa. Acha mesmo que eu vou sair dessa de mãos abanando?
-O que você quer? Dinheiro? Eu dou todo o dinheiro que você quiser,desde que suma da minha vida!
-Quero 70% da sua herança.
-Você enlouqueceu? Esse é o patrimônio do meu pai,não vou manchar a memória dele!
-Ah faça-me o favor Nicole, aquele velho não dava a mínina pra você! Deve ser horrível ser rejeitada ne? Pela sua mãe,pelo seu pai e diversas vezes pelo Michael.. - as palavras de Matt cortaram meu coração. Ele sabe que esse sempre será meu ponto fraco
-É.. eu posso ter sido rejeitada por todos que eu amo.Mas sabe o que é melhor? Eu não me tornei uma pessoa vazia,amargurada e rancorosa. Tenho um filho maravilhoso e não preciso me encher de dinheiro para me sentir menos sozinha! Mas não se preocupe, darei o que você quer. Pessoas como você tem preço, e eu pagarei pelo seu!

  Deixei Matt sozinho no quarto,pensando na melhor maneira de me livrar dele. Ele que pense que vou dar o que ele quer. Pode ser arriscado,mas vou jogar com Matt,vou enrolá-lo até conseguir me vingar dele e o por na cadeia!


Capítulo 70 

Nicole


  Já estou há quatro meses cozinhando essa situação com Matt.  O  inventário do meu pai ainda não saiu e enquanto isso eu tenho enrolado ele o quanto posso. Não só enrolando como investigando a vida dele. Pelo que soube,Matt teve sérios problemas com a polícia no passado, alguma coisa relacionado à aliciamento de adolescentes. E eu não vou sossegar enquanto não reunir as provas contra ele.
   Mas o que tem me dado dor de cabeça é a paternidade de Max. Michael me pressiona de todas as formas possíveis e para afastá-lo de mim, decidi revogar a certidão de nascimento de Max. Cheguei a ser estapeada por Matt quando firmei minha decisão. 
  É claro que eu me aterrorizei com sua atitude,mas deixei Michael tão radiante que nem dei muita importância. É como meu pai disse,preciso ser forte e aguentar tudo de cabeça erguida,pois eu sei que vou conseguir o que eu quero e ai sim terei paz.

Michael


-Mike vai ficar nessa deprê até quando?
-Até a Nick voltar pra mim..
-Cara levanta dessa cama, olha pra você. Não come,não trabalha .. Vai adoecer!
-Me deixe adoecer então! Poxa,ela não retorna meus telefonemas,não quer me ver,me afasta dela de todas as formas! - iniciei uma crise de tosse, sentia um frio terrível e minha vontade era de me enterrar debaixo da terra
-Você virou um frouxo! Devia estar atrás da sua loirinha,mas fica ai estirado nessa cama!
-Ela nem se quer se separou do Matt!
-E dai? Ela não disse que é por causa do testamento?
-Disse.
-Então!
-Aah Brett eu quero a Nicole! - gritei
-Puta merda,você tá delirando! Fica ai deitado nessa cama até virar pó! 

Nicole


-Nick, telefone pra você! - me informou Nani
-Obrigada. Alô?
-Nicole? É o Brett,amigo do Michael.
-Ah sim.. Algum problema?
-Nicole,Mike está péssimo. Ele está há dias trancado no quarto e está adoecendo.
-O que quer que eu faça?
-Conversa com ele por favor! É a única pessoa que ele vai ouvir!
-Michael não é mais criança!
-Nick,por favor! Por favor mesmo..
-Tá! Eu vou em Neverland!

* * *


  Não acredito até agora que estou em Neverland. Droga de coração mole que eu tenho. Mas vim aqui somente em consideração ao nosso filho,só por isso.
-Oi Remy. Onde está o Michael?
-Ah Dona Nicole,graças a Deus está aqui! O Sr. Michael está muito mal!
-Está no quarto?
-Sim senhora.
-Certo. Estou indo lá!
O quarto de Michael estava na total penumbra. Percebi que ele estava debaixo de um amontoado de cobertas. A primeira atitude que tomei foi escancarar todas as cortinas.
-Mas que porra é essa? -Michael resmungou - Nick? É você mesmo?

                                           

-Claro que sou eu ne? Michael que porcaria pensa que está fazendo?
-Estou com sono..
-Não está nada! - me aproximei de Michael e toquei sua testa - Deus,está queimando em febre! Levante-se. - ordenei
-Pra que?
-Para tomar um banho gelado. Olha pra você,um homem na sua idade agindo feito criança!
-A culpa é sua por ter me deixado!
-Está delirando! Vai logo pro banheiro!
-Vai continuar aqui quando eu voltar?
-Vou..
-Promete?
-Prometo..
-Então eu vou.. Não saia daí!
-Vai logo e para de me enrolar!
-Já vou! - Michael revirou os olhos e fez o que eu mandei. Deus,está sendo difícil a tarefa de esquecê-lo!



Capítulo 71

Michael


  Voltei para o quarto e Nick estava em pé me esperando. Ela arregalou os olhos quando me viu se aproximar dela.
-Michael o que é isso?
-O que eu fiz?
-Não pode.. sair assim debaixo do chuveiro! - percebi que Nicole ficou atordoada ao me ver apenas de calça de moletom
-Te incomoda?
-Vo..você está doente e olha só,seu corpo está molhado ainda! Me dê essa toalha! - fiz o que ela pediu e Nicole passou a toalha no meu peito,cintura.. Assim eu não vou aguentar! Tirei a toalha das suas mãos e as coloquei por cima do meu peito
-Sente isso? Meu coração só bate assim por você,garota..
-Nem tente me persuadir.. - murmurou,eu ri ao notar que ela acariciava minha pele
-Por que veio aqui? - sussurrei no seu ouvido
-Porque..estava doente..
-Não. Você veio aqui porque me ama e por mais que tente,não consegue me esquecer..
  Não demorou muito para que nossas bocas se encontrassem. Suguei seus lábios sem nenhum pudor e dessa vez Nicole me correspondeu na mesma intensidade.
Minhas mãos desceram até o zíper do seu vestido e logo o retirei por completo,deixando-a apenas de lingerie. Nicole arfou quando envolvi minhas mãos em torno dos seus seios. Puta merda,a gravidez fez bem à ela!
-Michael não..
-Eu sei que você quer tanto quanto eu,loirinha..
-Não fala assim.. - eu sabia que esse apelido era o seu ponto fraco.
  Nicole me empurrou na cama e subiu em cima de mim,beijando todo o meu corpo. Apertei sua cintura,fazendo com que sua intimidade roçasse no meu membro,que já doía dentro da calça.
-Oh Nick.. - gemi ao sentir o contato. Desabotoei seu sutiã,libertando seus seios firmes e cheios. Suguei cada um deles demoradamente. Seu corpo estava quente,implorando pelos meus toques
-Hmm..
-Está gostando? - perguntei
-Muito.. Não pare .. - sorri ao ver que Nicole já estava se entregando a mim
  Deitei ela na cama e tirei sua calcinha rapidamente. Tive uma visão privilegiada da sua intimidade totalmente molhada e eu estava louco para me enterrar nela,para sentir meu pau sendo engolido por ela.
  Passei a dar leves beijos em sua virilha até chegar onde eu queria. Nicole gemeu alto ao sentir minha língua pincelar seu clítoris inchado. Invadi sua intimidade com a minha boca, sugando seus pontos mais sensíveis.
-Cacete.. Eu estou quase lá..
-Eu sei disso princesa.. - introduzi meu dedo médio em sua intimidade, massageando seu clítoris. Nicole gemeu uma centena de vezes até seu orgasmo lhe atingir e liberar seu líquido.Provar seu sabor novamente me excitou ainda mais
   Nicole ainda se recuperava do torpor. Saí do meio de suas pernas,beijando sua barriga,seios,pescoço,até alcançar seus lábios. Nicole me recebeu com um beijo extremamente sensual.
  Suas mãos retiram minha calça e minha boxer,em seguida ela envolveu os dedos no meu membro,masturbando-o com habilidade. Apertei meus olhos,tentando ao máximo me controlar.
  Nicole posicionou meu membro na sua entrada e eu me enterrei nela de uma só vez. Céus,a sensação de estar dentro dela novamente é mágica!
-Mexa-se Michael! - implorou
-Assim? - passei a estocar com força e Nicole riu de satisfação
-Oh Michael.. Isso,mais rápido! - para o inferno o autocontrole! Passei a meter com força e rapidez. Tive medo de machucá-la,mas Nicole implorava para que eu aumentasse o ritmo
-Isso tudo é saudade,baby? - perguntei ao me desgrudar dos seus lábios
-Não sabe como senti falta de ser fodida desse jeito por você!
-Puta merda! - só de ouvir Nicole falando assim,senti espasmos por todo meu corpo
-Vai me fazer gozar novamente.. Oh Deus.. - passei a rebolar meu membro em sua intimidade lentamente a tocando bem no fundo. Nicole gritou e gozou novamente para mim
-Olha como essa delícia aperta o meu pau.. Gostosa! - rugi ao sentir que meu orgasmo também estava próximo
  Nicole saiu da posição que estava e se sentou no meu colo,empurrando meu membro novamente para dentro dela. Suas unhas estavam cravadas no meu peitoral,arranhando sem parar.
Pressionei minhas mãos em sua cintura ajudando Nicole a subir e descer.
-Porra.. Você faz isso tão bem! - consegui dizer em meio aos gemidos
-É você que tem um pênis absurdamente grande,Michael.. - Nicole riu e mordeu meu lábio inferior
  Eu já estava prestes a gozar e levar Nick para mais um êxtase. Nossos corpos estavam em perfeita sintonia,ambos estavam envolvidos demais para dar prazer um ao outro.
  Gemíamos praticamente juntos quando o orgasmo nos atingiu. Nick ainda rebolava em cima de mim prolongando essa deliciosa sensação.
  Saí de dentro dela e a trouxe para o meu colo,puxei seu rosto para mim e lhe beijei com suavidade,alisando seus cabelos. Cada vez que eu estava com Nicole,eu queria mais,não conseguia me desgrudar dela nem com todo esforço desse mundo. Nicole é minha e sempre será!


Capítulo 72 

Nicole


-Merda,o que eu fiz? - saí rapidamente do colo de Michael,que ria pelo canto da boca - Para de rir Michael!
-Ah Nick,vai falar que se arrependeu?
-É claro que sim e a culpa é sua! Você me seduziu,seu canalha! - tentei esmurrar seu peito,mas Michael me segurou firme
-Nicole olha pra mim. O que quer que eu faça para provar o meu amor?
-Quero que me deixe em paz,para sempre! - me levantei correndo e catei minhas roupas. Droga,por que eu fui tão fraca?
Meses depois


   Max já está com quase um ano e a cada dia que passa ele se parece mais com Michael. Esse se mudou de vez para Nova York,ele disse que queria passar mais tempo perto do filho e que havia montado um estúdio para trabalhar em seu novo álbum.
  O testamento do meu pai foi liberado,o que faz com que Matt fique no meu pé o tempo todo. Mas finalmente já reuni provas contra ele e hoje mesmo o denunciarei para a polícia.
Estava terminando de arrumar a pasta para levar à delegacia. Hoje mesmo coloco um fim nisso. Quando me virei para deixar o quarto,fui surpreendida por Matt.
-Está indo para algum lugar querida?
-Não lhe interessa! Não vejo a hora de me livrar de você!
-Desgraçada! - Matt envolveu suas mãos em torno do meu pescoço,me enforcando - Acha que eu sou idiota?
-Me larga Matt!
-Eu sei muito bem que tá me enrolando! - Matt riu em deboche -Se acha muito esperta não é? Mas eu sou mais! - Matt sacou um revólver
-Matt não faça isso,por Deus!
-Com eu me tornando viúvo, sua herança vai pra mim lindinha!
-Nicole! - Nani gritou assustada com Max no colo
-Olha só quem chegou! Se eu der cabo dos três, adivinha pra quem vai o seu dinheiro?
-Seu doente,deixe eles em paz! - aproveitei um momento de distração de Matt e quebrei um vaso de cerâmica na sua cabeça - Vamos para o quarto Nani! - corremos para o quarto e eu tranquei a porta rapidamente.
-Nick o que você vai fazer?
-Vou ligar para o Michael! - disquei com os dedos trêmulos seu número e logo sua voz calma soou nos meus ouvidos
-Alô?
-Michael me ajude por favor!
-Nick? O que aconteceu?
-Matt. Ele vai nos matar,me ajude,pelo amor de Deus!
-Nick calma ok? Estou indo pra ai agora com a polícia!
-Vou esperar! - desliguei o telefone e peguei uma mala imediatamente
-Nicole,o Matt pode acordar a qualquer momento!
-Eu sei! Vou por algumas roupas do Max aqui e vamos embora antes que ele acorde! - coloquei meus documentos e algumas roupas nossas em uma mala. Se eu continuasse esperando por Michael,eu perderia a chance de fugir dali
-Vamos embora Nani! - destranquei a porta e dei passagem para Nani passar com Max - Vai logo!
  Assim que descemos as escadas a voz de Matt e do gatilho da arma sendo apertado me fizeram paralisar.
-Pensa que vai fugir não é?
-Matt, deixe a Nani ir embora com meu filho,por favor! Seu problema é só comigo!
-Você subestimou minha inteligência garota! Agora vai se ferrar do jeito que merece! - Max começou a chorar - Faz esse muleque calar a boca! - quando Matt se virou, a única coisa que me veio em mente foi desarmá-lo
-Corre Nani! - iniciei uma luta com Matt depois de ver Nani sair correndo com Max nos braços
Michael


  Assim que Nicole me ligou,fui correndo para a casa dela. Liguei para a polícia também,mas não aguentei esperar por eles.
-Nani? - encontrei Nani com Max no colo. Ela corria desesperada na minha direção
-Ela está lá dentro, tire ela de lá Michael! - beijei a testa de Max e entrei feito uma bala para dentro da casa. Me desesperei ao ouvir dois disparos vindos da sala e um grito fino de Nicole me aterrorizou por completo.


Capítulo 73

Michael


  Forcei minhas pernas a me obedecerem e entrei na sala rezando para não ter acontecido o pior.
-Nicole!! - gritei em desespero ao ver ela estirada no chão e uma poça de sangue se formando próximo a sua cintura - Não,não,não! - me ajoelhei ao seu lado checando seu pulso - Amor,abra os olhos por favor!
-Mich.. - tentou falar com dificuldade - Me perdoa por colocar a vida do ..nosso filho em risco..
-Shii não se esforce ok? - liguei imediatamente para uma ambulância e já podia ouvir a sirene da polícia
-Promete que vai cuidar do nosso menino?
-Não fala isso,por Deus! Você não vai morrer!
-Prometa! - implorou apertando minha mão com toda sua força
-Eu ..prometo!
-Pegamos o rapaz! - um dos policiais entrou na sala
-Me ajude por favor! Ela tá perdendo muito sangue!
-A ambulância está a caminho. Deixe eu ver o ferimento. - ele levantou sua blusa e havia um ferimento enorme na sua cintura - Dois tiros.. - disse com pesar
-Nicole não durma ok? Vai dar tudo certo! - os enfermeiros chegaram e a colocaram direto na maca. Por sorte o hospital não ficava muito longe.
-Senhor,não pode ir na ambulância.
-Por favor! Preciso ficar perto dela!
-Entenda Sr. Jackson,pode ser prejudicial à jovem.
-Certo.. Eu esto indo para o hospital agora.
  Assim que a ambulância se foi, voltei para o meu carro,onde Nani me esperava. Peguei Max no colo e o abracei com força
-Ele chegou a agredir vocês?
-Não.. Nicole conseguiu impedir. Michael,não me diga que ela..
-Ela vai sobreviver Nani,ela não pode nos deixar.. Vou deixar vocês no meu apartamento ok?
-Não Michael, eu preciso ir com você. Nicole é como uma filha,não me negue isso!
-Tudo bem,vamos pra lá.
-A babá do Max pode ficar com ele.
-Certo.
  Deixei Max com a babá no meu apartamento e segui com Nani para o hospital. Nunca senti tanto medo em toda minha vida, suas palavras reverberavam na minha cabeça o tempo todo.
-Deus,que demora é essa?
-Calma Michael.. O médico disse que estão na cirurgia ainda.
-Tenho tanto medo Nani.. - ela me abraçou forte afagando meus cabelos
-Conheço minha menina..Desde pequena sempre foi forte,ela não vai nos deixar!
- Já estamos aqui tem duas horas e nada!
-Olha o doutor ai!
-Com licença. Quem é responsável pela paciente?
-Nós dois. - afirmei - Como ela está?
-Olha,a cirurgia foi bem complicada. As balas se alojaram em um dos rins e não conseguimos tirar sem que danificasse o órgão.
-Não me diga que é o único rim saudável que ela tinha? - Nani murmurou
-Como assim? - perguntei
-A Nicole nasceu com má formação em um dos rins. Fazia tratamentos e usava medicamentos. Ela nunca fez cirurgia,pois o outro rim era saudável.
-Mas infelizmente o rim perfurado foi justamente esse.
-Santo Deus! - Nani me abraçou
-O que isso quer dizer? - perguntei
-Nicole precisa de transplante urgente. O rim que restou está muito debilitado,o organismo dela não vai funcionar por muito tempo. Além do mais,Nicole também precisa de transfusão sanguínea, ela perdeu muito sangue,além de sofrer uma hemorragia durante a cirurgia.
-Mas vocês possuem esse tipo sanguíneo aqui? - Nani perguntou
-O sangue sim,mas em relação ao rim,Nicole vai entrar na fila de espera,mas ela não tem muito tempo. - o médico tinha o semblante preocupado
-O que é preciso para ser um doador? - perguntei
-Tem que ser saudável e claro,fazer exames para confirmar a compatibilidade.
-Então eu farei esses exames.
-Tá falando sério Michael? - os olhos de Nani brilharam
-Como nunca falei em toda minha vida. Quando posso fazer os exames doutor?
-Terá que ficar de jejum. Amanhã venha bem cedo e faremos os exames. Se você for compatível,realizaremos a cirurgia o mais depressa possível.
-Obrigado doutor..
-Michael,faria isso por Nicole?
-Claro Nani,não faço por remorso,faço porque a amo e preciso dela,precisamos do seu sorriso,do seu amor ... Mas tem uma coisa.
-O que?
-Não quero que Nicole saiba que eu posso ser o doador.
-Mas por que?
-Não quero que se por ventura ela vier me perdoar um dia,seja por gratidão,entende?
-Claro que sim. Michael você vai doar parte de si à ela! - dei um sorriso fraco
-Nicole já me salvou tantas vezes,Nani.. E além do mais,o que é um rim pra quem já tem meu coração?


Capítulo 74

Michael


 Eu mal consegui dormir a noite. A ansiedade e o medo de não ser compatível me aterrorizava. Pelo menos tinha Max perto de mim. Passei a noite toda o ninando,pois ele chorava sem parar. Na certa,é falta da mãe,pois Nani disse que os dois são muito grudados,além do mais criança é sensitiva,sabe quando algo ruim está acontecendo.

-Bom dia Michael. Está pronto? - Nani me perguntou ao me ver descer as escadas com Max no colo
-Estou sim. Só queria aproveitar um tempo com ele..
-Max gostou de você. Olha como ele fica risonho no seu colo!
-É claro que ele gosta de mim! Somos pai e filho, existe uma relação desconhecida pelas mães!
-Hm e qual seria essa relação?
-Aí não posso revelar. É papo de homem,não é filhão?
-Papa.. - arregalei os olhos ao ver Max gungunando
-Viu isso Nani? Fala de novo pro papai?
-Papa.. - fiquei eufórico ao ouvir as primeiras palavras de Max
-Nicole vai ficar uma fera ao saber que ele chamou você de pai primeiro! - Nani riu
-Queria tanto que ela estivesse aqui com a gente..
-Ela vai estar Michael. Você vai trazer ela de volta!
-Deus te ouça..
* * * *


-O resultado demora muito? - perguntei após ter feito os exames. Já estava à horas esperando as notícias do médico
-Não sei Michael,mas o doutor disse que assim que ficar pronto ele virá aqui. - Nani me tranquilizou
-Boa tarde. Desculpe fazê-los esperar,mas o resultado demora um pouco.
-Sem problemas,mas você já tem a resposta?
-Tenho sim. Michael,tem certeza  que deseja ser o doador?
-Absoluta!
-Então vamos marcar a cirurgia. Você possui o rim compatível!
-Meu Deus..! -  abri um largo sorriso,vendo a esperança invadir meu coração - E quando posso doar?
-Bem,tanto você quanto Nicole,precisam se preparar para  operação. Você internará hoje e amanhã de manhã a cirurgia será feita.
-Mas tem riscos de rejeição? - perguntei
-Sempre tem.. Mas as chances de darem certo são maiores. - abracei Nani,comemorando por felizmente poder salvar a vida de Nicole
-E ela vai poder ter alta logo após a cirurgia?
-Veja bem. O caso do rim é um fato isolado. Nicole perdeu muito sangue,sofreu hemorragias .. Seu organismo está muito fraco. Ela precisa de muito sangue e só nesse transplante ela perderá ainda mais.
-Quer dizer que ela ainda corre risco de morrer?
-Infelizmente. Mas pensem positivo, é uma mulher jovem,forte.Faremos de tudo para salvar sua vida.
-Eu posso vê-la? Por favor..
-Tudo bem,mas não pode demorar.
-Obrigado! - vesti as roupas específicas e entrei no quarto.

 Nicole estava tão pálida e frágil que nem parecia a minha loirinha alegre e espevitada que eu conheci naquele trânsito caótico do Brooklyn.
  Ela respirava com ajuda de aparelhos e diversos fios estavam presos em seu corpo. Me sentei na beirada da cama e toquei na sua pele gelada.

-Oi loirinha.. Eu nunca imaginei que passaria por isso.. Foram tantos anos omitindo meus sentimentos,te magoando, te ignorando e você nunca saiu de perto de mim. Sempre me ofereceu sua amizade,seu amor.. E hoje eu corro o risco de te perder de vez. - enxuguei as lágrimas que caíam sem parar - Eu sei que nunca fui o homem que você merecia,sei que te machuquei profundamente e que provavelmente você nunca me perdoará pelo que eu fiz. Mas o que eu posso dizer Nick,é que se eu respiro,é porque você existe. Desde o dia que nos conhecemos,meu coração já era seu e,independente da vontade de Deus,ele sempre será seu. Para onde quer que você vá,ele irá com você. E eu sei que isso não acaba aqui,tudo tem um propósito,mas eu peço a Deus que nos permita ter o presente de ter você aqui na Terra. Eu estava sozinho, na escuridão esperando você me encontrar e eu sabia que esse dia chegaria.Você tocou meu coração com sua luz, me aqueceu com seu calor.Estaremos eternamente juntos,não importa o que aconteça. Meu amor por você vai além dessa vida Nicole Almanza,não me deixe..

 Percebi que Nicole mexeu os dedos por duas vezes. Deus,ela me ouviu,tenho certeza!

-Eu queria te fazer uma surpresa,mas não imaginava que isso aconteceria. Bem,eu fiz uma música.. pra você. Eu espero do fundo do meu coração,que eu possa tocar seu coração..



" Another day has gone
I'm still all alone
How could this be
You're not here with me
You never said good-bye
Someone tell me why
Did you have to go
And leave my world so cold
 Everyday I sit and ask myself How did love slip away
Something whispers in my ear and says
 That you are not alone
I am here with you
Though you're far away
I am here to stay
You are not alone
I am here with you
Though we're far apart
You're always in my heart
You are not alone ..  "


Beijei o dorso da sua mão e novamente Nicole mexeu os dedos. Deus tem que ouvir minhas preces e trazer ela de volta,mesmo que não seja minha novamente..É tudo que eu peço..


Capítulo 75 

Michael


  Faltava menos de uma hora para o transplante acontecer. Eu já estava internado prestes à ir para a sala de cirurgia. O doutor me colocou em uma cadeira de rodas para me levar para o local,mas pedi que passássemos perto do quarto de Nicole.
O doutor consentiu e me levou até o CTI. Pela janela,pude ver outra equipe médica preparando Nicole. Ela estava ainda mais fraca,parecia que a cada hora que se passava,Nicole perdia ainda mais tempo de vida.
-Vamos Michael?
-Vamos.
  Os médicos já estavam injetando o sedativo em mim. Eu estava nervoso,tinha medo de que não desse certo e perdesse Nicole. Senti meu corpo todo relaxar e um cansaço terrível me assolou. Só me lembro de ver tudo escuro e apagar...

* * * *


-Ele está acordando Janet.. - escutei uma voz conhecida no ambiente. Senti uma paz ao perceber que era a voz da minha mãe. Consegui abrir meus olhos e pude constatar que eu já estava no quarto do hospital
-Dormiu demais maninho! - Janet sorriu pra mim
-Que bom que vieram.. - consegui dizer com a voz fraca
-Como se sente meu filho?
-Um pouco cansado.. Me dá água?
-Claro,meu bem.. - minha mãe me ajudou a beber a água,o que foi um alívio na minha garganta
-Está satisfeito?
-Sim.. Mãe quanto tempo em dormi?
-Já faz mais de dez horas..
-Isso tudo? E deu certo,me diz?
-A Janet já foi chamar o médico.
-Com licença.. - o doutor entrou no quarto com um prancheta em mãos - Como se sente?
-Ansioso!
-Eu imagino.. - ele riu
-E então Dr. Bill?
-A cirurgia foi um sucesso! - suspirei aliviado - Seu corpo respondeu muito bem à cirurgia.
-E a Nicole?
-Precisamos saber se o organismo dela vai rejeitar o rim. O quadro dela é estável. Nicole perdeu muito sangue na cirurgia e logo receberá a transfusão sanguínea.
-Essa situação me agoniza!
-Calma meu irmão, a Nicole vai se recuperar! Infelizmente temos que ter paciência..
-O importante é que o pior já passou. Nicole voltou para o CTI e logo passará por mais exames. - disse Bill
-E quando meu filho terá alta?
-Ele terá que ficar internado até estar recuperado. Mas não se preocupe Dona Katherine,Michael logo poderá ir pra casa. Bem,vou ver como está a Nicole,até mais!
-Obrigado doutor.. - respondi
-Michael,por quê não nos contou dessa cirurgia? - minha mãe perguntou
-Porque essa decisão foi de imediato. Eu não pensei em nada,só em operar logo.. Está chateada?
-Claro que não meu filho! Na verdade eu o admiro muito pelo que fez. Nunca imaginei que seu amor pela Nick chegasse a esse ponto.
-Nem eu mãe.. Mas quando eu a vi baleada naquele chão,senti que morreria junto com ela..
-Eu entendo meu amor..
-Mas ela vai melhorar e poderão ficar juntos. - disse Janet
-Sei não Janet..
-Como não? Você doou seu rim pra ela,é mais que uma prova de amor!
-Ela não vai saber disso Janet.
-Mas por que?
-Porque eu não doei meu rim para ter o seu perdão. Eu fiz isso porque a amo e independente se ela voltar pra mim ou não,quero sua felicidade. É só o que me importa..
-Você está certo meu filho. Acataremos seu pedido,agora descanse,você precisa!


Duas semanas depois


Depois de alguns dias internado,o médico me deu alta. Meus exames não apontaram nenhum problema devido ao transplante e o que me deixou mais feliz foi saber que o organismo de Nicole não rejeitou o rim.
  Infelizmente ela ainda está em coma induzido. Cada dia que se passa,Nicole apresenta poucas melhoras. Mas eu tenho fé de que ela vai acordar e iluminar meu mundo com seus hipnotizantes olhos azuis
.
* * * *


  Finalmente depois de mais uma semana de molho,o médico permitiu que eu saísse da cama. E desde então,todos os dias vou visitar Nicole. E hoje eu levarei Max comigo,pois é o primeiro aniversário dele e é claro que passaremos essa data ao lado da minha menina.
-Não faça muito barulho ok? Sua mãe está descansando.. - Max me olhava como se realmente me entendesse
  Era visível a recuperação de Nicole. Sua pele já estava mais corada e o doutor disse que já haviam interrompido os sedativos. A qualquer momento ela poderia acordar e eu rezava para que isso acontecesse logo.
-Olha quem veio te ver hoje.. Nosso garotão. Sabe por que? Hoje ele faz um ano. É melhor você acordar,ele já está dando os primeiros passos.. - coloquei Max no seu lado e ele inquieto como sempre,foi mexer no seu cabelo. Ele olhou pra Nick e depois pra mim,e eu ri todo abobalhado

 - É a sua mãe,rapaz..
  Passei os próximos minutos relatando à Nicole todos os avanços de Max. Suas primeiras palavras,um dentinho que queria nascer.. Pra mim era como se ela pudesse ouvir tudo que eu falava.
  Max acabou cochilando ao seu lado. Peguei ele no colo e embalei seu sono. Cantarolei uma música baixinho,uma música que também fiz para Nicole quando nos conhecemos
.
Then somewhere in your heart you can feel the glow
A light to keep you warm when the night winds blow
Like it was written in the stars
I knew My friend, my someone in the dark was you..


  Olhei pra Nicole e vi que uma lágrima rolava em seu rosto. Coloquei Max no carrinho e me aproximei dela para conferir se eu tinha enxergado certo.
-Você consegue me ouvir não é? Eu sei.. Isso quer dizer que você está voltando pra gente.. Não desista meu amor,eu estou aqui te esperando.. - beijei o dorso de sua mão e dessa vez ela apertou a minha
-Hmm.. - meu coração acelerou ao escutar seu gemido. Pelos seus batimentos cardíacos,Nicole parecia inquieta
-Hey calma.. Eu estou aqui! - Nicole voltou a apertar minha mão e abriu os olhos marejados. Foi difícil me segurar,era tanta felicidade que eu tinha vontade de gritar
-Michael.. - sussurrou. Distribuí beijos em todo seu rosto
  Aquilo não era mais um dos sonhos que eu tinha a noite.Nicole,mesmo com dificuldade levou sua mão até meu rosto,alisando e enxugando minhas lágrimas. Eu não tinha o que dizer,acho que nossos corações e olhares se encarregaram disso..

Capítulo 76 

Nicole


   Eu sentia uma sonolência fora do comum.Estava farta de tentar abrir meus olhos,tentar me comunicar,mas depois de tantos dias,finalmente consegui e era a imagem de Michael materializada na minha frente.
-Sr. Jackson,faremos alguns exames com ela. Pode esperar lá fora? - escutei o médico falar
-Espero sim! - Michael saiu puxando o carrinho de Max
-Consegue me ver Nicole? 
-Sim..
-Como se sente?
-Meio tonta..
-É normal. Acabou de acordar depois de dois meses. Vou fazer alguns testes com você ok?
-Ok.. - o médico fez diversas perguntas,me analisou,fez exames e finalmente deixou o quarto
Depois de alguns minutos,Nani entrou. A coitada já estava chorando e eu também me emocionei.
-Oh minha querida,graças a Deus você acordou! - Nani me abraçou com cuidado 
-Não chora não,Nani! Achou mesmo que eu deixaria vocês?
-Tivemos tanto medo..
-O que aconteceu comigo? 
-Não se lembra?
-Só me lembro de tentar tirar a arma do Matt. Ele me empurrou e acertou dois tiros em mim.. O resto é tudo vago..
-Não se lembra de quando o Michael chegou?
-Sim..ao mesmo tempo não..
-Eu entendo..Está confusa. Você teve que passar por um transplante de rim.
-O que? Mas eu consegui tão rápido?
-Conseguiu..
-Mas eu preciso agradecer a família dessa pessoa. Deus,salvaram minha vida! Quem foi Nani?
-Eu..eu não sei. Não nos deram essa informação. Mas não se preocupe com isso,precisa se recuperar!
-Certo..Mas eu vou querer saber!
-Nick.. Michael está lá fora esperando..
-Michael.. A voz dele sempre estava por perto..
-Ele esteve sempre aqui. Nicole você vai perdoá-lo?
-Ele já está perdoado..Mas eu tenho medo Nani. Michael quebrou a confiança,não quero viver com o medo de a qualquer momento ele se virar contra mim de novo..
-Oh Nicole..
-Poderemos ter uma relação amigável,mas voltar pra ele,não.
-Posso chamá-lo?
-Sim..
  Respirei fundo para conter o choro. É claro que eu queria me jogar em seus braços,esquecer tudo que passou,mas é difícil. Não sinto mais mágoa,mas tenho medo,insegurança. Só eu sei o que passei por todos esses anos.. Vai ver nós nascemos apenas para serem amigos e eu tentei manipular o destino em vão.
-Posso entrar? - Michael deu dois toques na porta
-Pode sim! - sorri
-Como se sente? - disse ao se aproximar
-Bem melhor.. Cadê o Max? 
-Pegou no sono. O doutor disse é melhor ele voltar na próxima visita.
-Ah sim.. E ele se comportou bem?
-Muito! Ele e a Nani estão comigo no apartamento,se você não se importar,claro..
-Imagina Michael.. Você é o pai dele,além do mais deu todo o suporte que eles precisavam. Obrigada..
-Não precisa agradecer.. - Michael acariciou meu rosto - Pensei que perderia você.. - seus olhos se encheram d'água,partindo meu coração
-Eu não poderia deixar.. o nosso filho.
-Nick você não me perdoou ne? - disse em tom de voz baixo
-Perdoei sim,mas eu percebi que não dá certo Michael,eu não quero viver nessa insegurança.
-Nicole,eu sei que te magoei,quebrei a confiança,mas eu aprendi!
-Michael,seremos amigos.Apenas isso.. Vai ser melhor assim,terá Max sempre ao seu lado,mas entre nós dois é só amizade..
-Tudo bem.. Vou fazer o que me pede. Desejo que seja feliz e saiba que eu vou estar sempre aqui.
-Eu também quero que seja muito feliz.. - Michael beijou minha testa e saiu do quarto completamente arrasado. Assim que a porta se fechou,coloquei todas as lágrimas pra fora,praguejando por tudo terminar dessa forma..

Um Mês Depois


  Depois de algumas semanas,recebi alta e finalmente já posso andar de um lado para o outro. Michael veio me visitar algumas vezes,mas passava mais tempo com Max. A saudade dele doía mais a cada dia e eu já sabia o erro grotesco que eu cometi ao afastá-lo de mim.
-Ué,não vai fazer sua caminhada hoje? - Nani me perguntou ao me ver sentada na minha poltrona
-Não estou animada..
-É saudade do Michael não é?
-Cometi o maior erro da minha vida..
-Finalmente percebeu que nasceram para ficar juntos..
-Acho que o magoei muito.. Ele sumiu daqui!
-Michael foi embora..
-Pra onde?
-Não sei.. Ele falou que ia tirar um tempo pra ele..
-Não disse quando volta?
-Não..
-Cacete! - me levantei rapidamente,andando de um lado para o outro - Preciso achá-lo Nani!
-Não chora meu bem,quando ele voltar vocês conversam..
-Já esperei tempo demais! Eu vou atrás dele!
-Nicole,ainda está fraca!
-E vou continuar se não tiver meu homem aqui comigo! Liz Taylor.. - pensei em voz alta
-O que?
-Vou ligar pra Liz. Ela é a amiga do Michael,alem do mais foi na Costa Rica que encontrei ele na época da acusação,lembra?
-Acha que ele está lá?
-Conheço Michael como a palma da minha mão.. Arrume o Max,vamos atrás do pai dele agora mesmo
!


Último Capítulo

Nicole



-Nicole,não pode viajar sem saber quem doou o rim.
-Nani,eu juro que essa informação é muito importante,mas agora preciso ir atrás do Michael!
-Foi ele..
-Ele o que ?
-Michael foi o doador.
-Tá brincando ne?
-É sério Nicole. Foi Michael quem doou o rim para lhe salvar.
-Não.. - sentei na cama para absorver a notícia. Meus olhos encheram-se d'água,eu fiquei atônita - Ele não fez isso..!
-Ele fez.
-Por que ele me escondeu isso?
-Michael não queria que você soubesse, ele tinha medo de você ficar com ele por gratidão.
-Eu jamais faria isso.. Droga,eu fui uma idiota,insensível!
-Nicole para! Você não sabia de nada.. O importante é que você decidiu voltar atrás por ouvir seu coração.
-Eu amo esse homem Nani,não posso perdê-lo!
-Então vá logo encontrar seu amor,menina! - Nani riu e me abraçou. Ela arrumou uma pequena mala para nós
  Eu liguei para Liz e ela acabou confessando que Michael realmente estava em sua ilha,mas que logo ele irá viajar para a Arábia Saudita. Me desesperei só de pensar nessa possibilidade.Agora é rezar para encontrá-lo a tempo..

Michael


-Tem certeza que vai fazer essa viagem? - Liz perguntou
-Tenho sim. O Sultão de Brunei me convidou para passar um tempo com eles e nas condições que eu me encontro,eu vou mesmo.
-E a Nicole?
-Ela deixou bem claro que entre nós acabou tudo e eu não quero atrapalhar a vida dela..
-Acha mesmo que a história de vocês acabou?
-Por que fala assim?
-Por nada.. Bem,o helicóptero está me esperando. Pense bem querido..
-Boa viagem Liz!
 É claro que eu não queria viajar para ficar longe dela,sempre amarei Nicole,mas aceito sua decisão. Ela tem direito de seguir a vida dela em paz..

Nicole


  Já  estávamos há horas no jatinho. Parecia que o caminho até a Ilha se estendia a cada minuto que passava.
-O motorista já está nos esperando. - avisei a Nani.Max já havia caído em um sono profundo.O jatinho aterrizou no aeroporto local da cidade. Se eu tivesse de helicóptero,seria mais rápido,mas tive medo de que Michael pensasse que era algum paparazzi.
 Assim que chegamos na cais,a lancha que Liz preparou pra mim já estava  à nossa espera. Eu tava tão ansiosa que meu coração sairia pela boca a qualquer momento.
-O que vai fazer quando ver ele? - Nani perguntou
-Nossa Nani,eu vou pular no pescoço dele,vou abraçá-lo tão forte..Não,eu vou desmaiar,isso sim! - Nani riu
-Sabe o que está me lembrando?
-O que?
-Da época que vocês se conheceram. Estava tão apaixonada,passava a noite toda no meu quarto falando sobre o Michael..
-Eu lembro disso.. Caramba eu cheguei a pensar que entre nós só existiria amizade mesmo..
-O destino não falha meu amor..
-Chegamos! - o piloto nos avisou
 Abri um largo sorriso ao rever a Ilha,a mesma na qual eu cheguei as pressas para ver Michael há dois anos atrás. Perguntei a uma senhora que trabalha na casa,se Michael estava. Ela disse que não,me deixando preocupada.
-Nani,leve o Max lá pra dentro enquanto eu procuro o Michael.
-Certo. Boa sorte!
-Obrigada!

 
  Respirei fundo e segui atrás dele. Olhei em todos os cantos e nada. Deus,será que ele foi embora mesmo? A Liz disse que ele iria o mais rápido possível. Senti as lágrimas molharem meu rosto,logo eu começaria a chorar feito criança.


        

Decidi voltar pela praia,quem sabe se por um milagre eu o encontrasse lá? Ri ao pensar nisso. Continuei andando de cabeça baixa,mas desviei para olhar a imensidão azul. Apertei meu olhos umas três vezes para ter certeza do que eu estava enxergando.

-Michael? - disse em um ruído de voz


  Puta merda,Michael estava na areia observando o por do Sol. Eu podia jurar que aquilo fosse uma miragem,mas quanto mais eu me aproximava,mais eu tinha certeza que era ele sim.

-Michael! - gritei o mais alto que pude
 
Assim que ele se virou eu tratei de correr em direção à ele. Corri tão rápido,que acabei perdendo o fôlego e trombando em cima dele,fazendo com que caíssemos na areia. Michael me olhava assustado ao me ver em cima dele.

-Juro que nosso reencontro não era para ter sido assim! - ri ao notar que eu fui uma estabanada como sempre
-Nick,é sério que você tá aqui?
-É claro que sim! Não está sentindo a dor do meu peso em cima de você? - Michael riu e me ajudou a levantar


 Não esperei muito para abraçá-lo com toda minha força,agradecendo a Deus por ter me ajudado. Minhas lágrimas molhavam a lapela da sua camisa social,Michael puxou meu rosto para me encarar.

-Por que está chorando? - perguntou ao enxugar meus olhos
-Porque eu achei que tinha perdido você.. - voltei a abraçá-lo - Me perdoa Mike,me perdoe por ter sido uma idiota e deixado você sair da minha vida. Esqueça tudo que eu falei,eu amo você e é ao seu lado que eu quero passar o resto da minha vida!
-Nick..
-Não. - pousei meu dedos em seus lábios - É a minha vez de falar. Michael você foi o maior presente que eu recebi nessa vida,e eu percebi que ela perde o sentido se você não estiver nela. Amo você com todos os seus defeitos,seu orgulho,sua teimosia.. Não me deixe por favor! - implorei
-Acha mesmo que eu seria capaz disso? Ainda mais vendo uma loirinha  completamente pirada na minha frente? Amo você,pequena.. Amo! Eu sei que errei muito,mas eu aprendi,eu juro!
-Não tem que jurar nada.. Ainda mais depois do que fez.
-Como assim?
-Quando eu estava indo atrás de você,a Nani me contou que o doador foi você.
-Nicole..
-Por que escondeu de mim?
-Tinha medo de você ficar comigo por pena..
-Amor,olha pra mim. Eu jamais ficaria com você por gratidão,logo eu que sou louca por você a mais de treze anos! -  ele riu
-Me desculpe..
-Vou agradecê-lo pro resto da minha vida!
-A única forma de me agradecer é sendo essa mulher maravilhosa que você é,que me encantou desde o primeiro dia que te conheci..
-Tenho uma coisa para te mostrar.
-O que? - abri minha bolsa e tirei de dentro dela a antiga garrafinha,que Michael com certeza se lembrou
-Nick.. Essa garrafa..?
-Essa garrafa foi a mesma que você me vendeu naquele sinal. Eu sei que fui careta em guardar,mas nunca tive coragem de jogar fora..
-Oh Nick.. -  Michael se emocionou e me puxou pela cintura

 
Nossos lábios se encontraram rapidamente,a saudade era tanta que joguei tudo no chão e me entreguei ainda mais às suas carícias e ao beijo cada vez mais profundo. Michael me colocou em seu colo e voltou a beijar meus lábios.

-Não acredito que está aqui comigo! - Michael ria feito criança
-Pode acreditar amor.. E tem mais uma coisa.
-Ah meu Deus,o que?
- Feche os olhos- tirei do bolso de trás da calça uma caixinha preta. 
-O que está aprontando Nicole Maria? 
-Pode abrir.. - Michael arregalou os olhos ao me ver segurar um par de anéis de noivado
-Nick.. O que é isso..? 
-Aceita se casar comigo? - fui direta
-Tá falando sério?
-Claro que estou! Vamos logo,não me deixe esperando!
-Ainda tem dúvidas? Caramba era para eu estar fazendo isso! - ele riu
-Quem te amou calada por anos fui eu e quem rodou o mundo atrás de você também foi eu,então por favor,aceite ser meu marido! 
-Fazendo essa carinha,é claro que eu aceito..
-Então me dê sua mão. - percebi que Michael estava trêmulo. Coloquei o anel no seu dedo e ele fez o mesmo comigo
-Agora é pra sempre! - ele disse ao beijar minha mão
-Pra sempre! - Michael me pegou no colo e seguiu comigo para a casa - Mike,tem gente ai..
-Não tem não..
-Seu filho está ai Michael! 
-Max veio?
-A família toda veio atrás de você!

 
Michael apertou minha mão e seguiu junto comigo para o chalé. Nani estava sentada no sofá embalando Max,que estava chorando. Michael foi imediatamente pegar o filho no colo,que milagrosamente parou com a birra.

-Viu? Isso é saudade do paizão! - nos entretemos com Max,que ria para nós dois. Nani piscou pra mim e nos deixou a sós. Logo Max acabou dormindo e Nani o levou para um dos quartos.
-Acho que estamos a sós.. - Michael disse ao fechar a porta do quarto e  me abraçar por trás.
-Estou com tanta saudade..
-Do que exatamente? - disse ao apertar minhas coxas
-De fazer amor com você.. - Michael me virou para encará-lo. Seus olhos queimavam de desejo.Suas mãos logo encontraram o zíper da minha calça,retirando-a lentamente,assim como minha blusa.
-Vou te amar bem gostoso.. Será a melhor transa da sua vida..- me arrepiei ao ouvir sua voz rouca rente ao meu ouvido. Michael mordeu meu pescoço me arrancando um gemido
-Amo quando fala assim comigo.. - ajudei Michael a se livrar da sua roupa,não demorou muito para nossos corpos fundirem
 Michael estocava com força,tocando meus pontos mais sensíveis. É incrível como ele conhece cada parte do meu corpo,cada forma de me dar prazer. Seus lábios cheios preenchiam minha boca,era impossível não estar grudada nele.
-Amor eu vou gozar.. - anunciei ao sentir todo meu corpo tremer
-Goze comigo princesa..Estou pronto pra você.. - Michael sussurrou
Abri mais minhas pernas para acomodar seu membro grosso e a ponto de explodir em um êxtase. Michael penetrou mais fundo, me levando à um intenso nível de prazer. Permanecemos abraçados aproveitando o orgasmo que nos invadia.
-Agora é pra valer,nada vai nos separar.. - Michael me apertou em seus braços
-Nada,meu amor. Eu serei sua pra sempre!
-É a número um,sempre foi.. - ri - E continuará sendo até o fim das nossas vidas.. 


Epílogo


Michael


  Sabe quando você olha pra sua vida e percebe como ela está perfeita? É assim que me sinto ao lado da minha garota. A cada dia que passa eu descubro novos motivos para me apaixonar ainda mais.
 Principalmente agora que nossa filha está para nascer. Mal completamos dois anos de casado e Nicole descobriu que estava grávida. Eu quase morri de felicidade, pois dessa vez eu iria acompanhar a gestação e não tem presente melhor que esse.
 Minha relação com Max nem se fala.. Ele está crescendo saudável, esperto e diga-se de passagem,um garotinho muito charmoso. Nicole disse que terá problemas com as "noras". Eu disse que é exagero,mas é só ela falar de quando a Summer entrar nessa fase,que eu me preocupo.
                              
-Nicole Maria!
-O que é?
-Já disse que quando quiser descer as escadas tem que me chamar!
-Não se preocupe amor..
-Como não? Nossa filha pode nascer a qualquer momento!
-Ela não vai nascer enquanto você não voltar.
-Nem me fale nisso..
-Amor,é só um concerto!
-Brunei fica em outro continente, já pensou como vou me preocupar? Não devia ter aceitado o convite do Sultão.
-Devia sim,é seu amigo! Nós vamos ficar bem..Se eu pudesse eu iria com você,mas nas condições que eu estou..
-Está uma barriguda lindíssima!
-Barriguda não! Já vi que vou ficar uma baleia depois da gravidez.. - choramingou
-E dai? É bom que tem carne para apertar.. - falei ao massagear seu traseiro deliciosamente enorme
-Não vou cair na sua conversa fiada!
-Papai,você já vai embora? - Max segurava uma bola em suas mãos. Todas as manhãs,eu e ele jogávamos uma partida de futebol
-Não antes de bater uma pelada com meu filhão!  - Max se alegrou
-Então vamos logo! Vem ver eu ganhar do papai,mãe!
-É claro que eu vou! - ajudei Nick a ir para o jardim e a sentei no balanço
 Infelizmente já estava na hora de partir. Dei ordens expressas para ficarem de olho em Nicole,o que me tranquiliza é saber que Nani está ao seu lado.
-Michael não se preocupe,eu vou cuidar dela!
-Eu sei Nani,mas você ouviu o que o médico disse. A gravidez tá complicada,além do mais eu queria estar com ela,caso a bebê nasça.
-Querido,vá fazer o seu show e confie em mim. Você virá a tempo de ver sua menina nascer!
-Prometo que volto assim que acabar o concerto!
-Vá com Deus.. - abracei Nani e voltei para me despedir de Nicole
-Já está na hora ne? - disse com um olhar triste
-Infelizmente,mas eu prometo que em dois dias eu estarei de volta!
-Promete?
-Prometo! Amo você.. Quer dizer,amo os três! - Nick riu e me deu um cálido beijo nos lábios
-Deus te proteja.. - ela me abençoou e me beijou novamente


* * * *


-Mais rápido Bill! - implorei ao motorista para chegarmos logo no hospital. Assim que o avião pousou em NY ,Nani me ligou dizendo que Nick entrara em trabalho de parto. Eu me desesperei,precisava chegar lá o mais rápido possível!
 Quando estacionamos no lado de trás do Hospital,saí correndo e fui direto atrás de um médico,qualquer um que me desse informação.


-Michael! - Nani me chamou
-Oi Nani,como ela está?
-Ainda não sei.. Ela sentiu fortes contrações e a trouxemos pra cá imediatamente
-Fizeram certo. Deus,preciso de notícias!
-Com licença..
-E então doutor? - Nani perguntou
-A bebê acabou de nascer!
-Meu Deus! E como elas estão? - perguntei
-Estão ótimas! Tivemos que fazer uma cesária,por conta dos riscos. Mas felizmente deu tudo certo.
-Posso ver a Nick?
-Ela está dormindo,mas venha conhecer sua filha..

Nicole


-Acorda mamãe,estamos aqui para te ver.. - escutei a voz suave de Michael próxima de mim. Abri meus olhos e ele estava sentado segurando nossa filha
-Bom dia.. - ele olhou pra mim e sorriu - Michael ela é tão linda! - eu estava encantada com minha pequena garotinha,pequena não,pois ela é bem gorduxinha
-Ela é sim,linda como a mãe.. - Michael se aproximou de mim e me beijou - Obrigado por mais esse presente..
-Eu que te agradeço,nossa família está completa..Mas cadê o Max?
-Ele não pode entrar,mas está te esperando em casa.
-Vou ter alta hoje?
-Sim senhora! E logo voltaremos para Neverland.
-Sinto falta de lá..
-Não se preocupe.. Neverland sempre esteve à sua espera.. - ele riu
-Amamos você!
-Eu também sou loucos por vocês,minha loirinha..


       

* * * *


Michael

 
 Depois de alguns dias,voltamos para Neverland. Agora com mais uma integrante no time,a farra estava completa. Procurei Nicole por todos os cantos e a visão que tive desmanchou meu coração.
 Nick estava no jardim, deitada de lado com Summer ao seu lado e Max cochilando nas suas pernas. 


-Quer se juntar à nós? - Nick perguntou ao me ver parado olhando pra ela
                               

-Claro.. - me deitei ao seu lado e acariciei a bochecha rosada de Summer,que sorriu de leve
-O que está passando na sua cabeça?
-Tantas coisas que se resumem a uma certa pessoa,pois tudo que eu tenho devo a você. E não digo em relação a minha carreira e sim a tudo isso que você me deu,felicidade,paz,nossos filhos..
-Eu sei que sou seu anjo.. - disse brincando
-Não tenha dúvidas disso,garota..
-Sabe,se fosse pra eu passar por tudo que vivemos,eu viveria novamente..
-Tivemos tantos desencontros,mas olha pra nós.. Você nunca desistiu de mim,sempre ao meu lado,acreditando em mim, me dando seu amor..
-E você sabe que eu farei isso para sempre.. Nós salvamos um ao outro e se isso não é amor,que nome posso dar? - ela riu
-É amor sim,pois quando amamos, nós cometemos erros,damos mancadas,magoamos..mas no fim,ele fala mais alto e nos faz enxergar que,mesmo que o mundo lá fora desmorone,nosso amor é capaz de reerguer os destroços e tudo se converte em felicidade e paz..
-Eu sabia,desde o dia que bati o olho em você,que Deus não tinha te colocado no meu caminho atoa.
-Ele sabia que essa loirinha seria minha,devo agradecer à ele novamente!
-Seu bobo.. - Nick apertou minha mão - Viu como elas se encaixam?
-Sim.. É as mãos do destino,Senhora Jackson!
-Seria muito clichê dizer que te amo?
-Hmm nunca será clichê,porque cada vez que você diz isso,é mais uma centelha de vida despertando em mim. Eu amo você,mocinha .. 


 Selamos aquele momento com mais um beijo. Eu não tenho 
muito o que dizer,pois esse amor é tão forte que palavras não são o bastante quando se escuta o coração.
  E desde o dia que eu aprendi a ouvi-lo,percebo como minha vida mudou e se tem uma coisa que eu aprendi é que terá momentos em que tudo vai parecer sem sentido,o desespero vai tomar conta,mas é só eu olhar para minha garota que tudo ganhar cor,vida ,energia.. E eu não nunca cansarei de dizer que Nicole e eu somos e para sempre seremos,um só..
FIM

Continua..

23 comentários:

  1. Que lindoo !! O Michael volta com a Nick ela te ama tanto ! E você tbm ama ela ! Continuaa

    ResponderExcluir
  2. OMG! que lindo; Ah o Michael tem que voltar pra Nick! Coooooooontinuuuuuaaaaa flor...

    ResponderExcluir
  3. Atualizado meninas! Será que a Nick vai perdoá-lo??
    Ate mais!! Bjoos! <3

    ResponderExcluir
  4. Vamos orar que sim ! Continua *..*
    Ai Nick perdoa o Michael ele tbm foi vítima .

    ResponderExcluir
  5. Aii Nick perdoe esse cabeça dura do Mike
    Continua flor anciosa pra saber oq vai acontecer amando a fic

    ResponderExcluir
  6. Atualizado meninas, capítulos finais! Bjoos <3

    ResponderExcluir
  7. Cada vez amando mais
    Só espero que dessa vez eles fiquem juntos de uma vez por todas ta bom de tantos desencontros e mal entendidos ta na hora de se amar e serem felizes continua flor

    ResponderExcluir
  8. Atualizado meninas,Falta pouco para o final.. Bjoos <3

    ResponderExcluir
  9. Meu deus *~~~* . Eita Michael é super fofo . Espero que dê tudo certo ! E que eles voltam a ser feliz ! Continua

    ResponderExcluir
  10. Atualizado meninas! Quando eu voltar serão com os capítulos finais. Um beeijo e até mais! <3

    ResponderExcluir
  11. Que lindos! Apesar do Acidente eu sabia que a Nicole iria se recuperar! Continua ♥

    ResponderExcluir
  12. Aiii que lindo to chorando aqui e to muito triste pois já está no final que pena
    Faz a segundq temporada linda pois eles ficaram muito pouco tempo juntos iria amar uma segunda temporada pensa nisso ta bjs e parabéns amo de paixão sua fic

    ResponderExcluir
  13. Ai que lindo! ❤ Faz a segunda temporada por favoooor! Ta maravilhosa continua! ;)

    ResponderExcluir
  14. Meninas, chegamos ao fim de mais uma Fanfic. Quero agradecer muito o carinho de todas vocês! Escrever essa estória foi uma delícia e saber que ela emocionou vocês,me deixa ainda mais feliz.
    Obrigada por tudo mesmo, fiz esse final com muito carinho,espero que gostem!!
    Ainda não pensei numa segunda parte,mas quem sabe um dia? kkk
    Muitíssimo obrigada por tudo!
    By: Marícia Jackson

    L.O.V.E

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei!! obrigada a você por escrever essa historia linda.

      Excluir
  15. Que lindo eu amei o final muito lindo ñ poderia ter ficado melhor
    Mais por favor faça a segunda parte ainda ñ estou pronta pra deixar a Niky e o Mike continua eu amo esses dois
    Parabéns pela fic flor ele mim emocionou me deixou triste na expectativa em fim de tudo um pouco senti ao ler essa história linda e por favor continue bjs flor
    (GEANE)

    ResponderExcluir
  16. Me emocionei nesta historia desdo começo e confesso sempre que leio seja qualquer historia eu entro profundamente nos personagens,imagino cada cena, é muito gratificante ter pessoas como vocês para escrever lindas historias como esta.
    Obrigada de coracão bjs.

    ResponderExcluir