quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Mini- Fanfic: Um presente para Lauren ( Conto de Natal)



Autora: Marícia Jackson

Lauren


     Meu nome é Lauren Banks.Tenho 28 anos e sou gerente do Hotel Imanzen,um dos hotéis mais famosos da Califórnia.Minha vida se resume em trabalho,trabalho e trabalho.Eu acabo me tornando uma mandona,porque minha profissão pede que eu seja firme e exigente.
 Estamos no natal de 1996,e nessa época do ano,os meus funcionários se tornam mais preguiçosos do que nunca.Sim,é natal e eu não vejo nada demais nisso.É uma data como outra qualquer.
      As pessoas dizem que eu sou insensível.Mas acontece que meu pai morreu quando eu tinha 11 anos,na noite de natal,então não vejo motivos pra comemorar.A única coisa boa é que faturamos o triplo nessa época.Pelo menos isso!

-Lauren!! - gritou minha irmã Savanah. Puta que pariu,veio a família toda!

-Oi...querida! Não precisa gritar aqui no saguão do hotel.. - digo entre dentes

-Ah Lauren,qual é! Natal ta chegando,flor!

-Grande coisa..Cadê mamãe?

-Já está vindo! Quero saber de todas as novidades!

-Filha!! - chegou a outra escandalosa!

-Oi mãe! Saudade de você!

-Se não sou eu pra vir atras de você né? Vem,vamos tomar um lanche! - mamãe como sempre escandalosa

-Agora conta pra gente,princesa.E as novidades?

-Bem,meu trabalho está melhor do que nunca,as hospedagens melhor ainda..

-Ai mana,to falando da vida pessoal!

-Ah..não tenho tempo pra isso.

-Como não? Filha,já ta na hora de você encontrar um marido!

-Mãe! Falando assim parece que eu tenho cinquenta anos!

-Se continuar assim,vai acabar solteira.

-Mamãe,eu to feliz com a minha profissão,com a minha vida e eu não preciso de mais nada!

-E de amor,querida?

-Amor não existe mamãe,assim como o natal!

-Falando em natal,vai passar com a gente ne?

-Sinto muito meus amores,mas vou estar trabalhando.

-Na noite de natal?

-Sim,todos os anos é assim!

-Ai filha,não é justo..

-Mamãe,eu sempre passo o  dia 25 com vocês,sem drama!

-Tá ne?

-Muito obrigada pela visita,mas hoje o hotel ta agitado.Vamos receber um artista.

-Quem?

-Michael Jackson.

-Aaaaah!!! Não acredito! - gritou Savanah - Eu amo esse homem!

-Ai por favor! É só um cantor!

-Só o maior cantor do século ne?

-Tchau,meninas,tenho que trabalhar.Até mais!!

     Sempre que posso,tento me esquivar das duas,pois é sempre o mesmo sermão de sempre.

-E então Roger,o digníssimo Michael Jackson já chegou?

-A limousine acabou de chegar.

-Ótimo! - a agitação tomou conta do lugar,o que me deixou bem irritada!
 
  O Popstar entrou no saguão acompanhado de três seguranças.Ele vestia calça preta,mocassins,um blazer vermelho,óculos escuros e um chapéu fedora.
Olha,tenho que admitir que o "King" é charmoso e bem bonito.

-Olá senhorita.. - Michael de dirigiu a mim,sua voz era mais doce do que imaginei.

-Banks.Lauren Banks. - apertei sua mão

-Prazer,Michael Jackson! - ele tirou o óculos e revelou seus olhos grandes e negros

-Bem,vou mostrar suas instalações

-Tudo bem. - ele sorriu timidamente e me acompanhou. Pegamos o elevador e paramos no último andar que foi todo reservado pra ele e sua equipe.

-Pretende passar o natal no nosso hotel?

-Provavelmente sim.Estou iniciando uma turnê e bem,é muito trabalho sabe..

-Ah sim.

-E a senhorita?

-Vou passar aqui mesmo,trabalhando.

-Não vai aproveitar o natal com a família?

-Não gosto do natal.Muito menos comemorá-lo.

-Uma moça tão jovem e já pensa desse jeito?

-Creio que isso cabe somente a mim,Senhor Jackson.

-Claro.. - deu de ombros

-Espero que goste dos nossos serviços.Tenha um bom dia.

-Igualmente.

      Definitivamente não fui com a cara desse sujeito.O natal é daqui a quatro dias,esse hotel ta uma loucura.Ainda mais agora que os fãs já sabem que ele está aqui
 Passei o dia todo andando pra lá e pra cá para satisfazer os desejos do Rei do Pop.Mas que porra! Ele liga pra cá de hora em hora.Custa ficar quieto no quarto dele?
    Estava andando tão apressada que nem reparei quem vinha na minha direção e .. ótimo,o infeliz entornou milk shake no meu vestido branquíssimo!

-Me desculpa! - tinha que ser ele?

-Michael.. Precisa de alguma coisa? - disse para controlar a raiva

-Só que me desculpe! - disse com um leve desespero em seu tom de voz

-Tudo bem,acontece ..

-Aceita almoçar comigo? Assim vou saber se me desculpou ou não.

-Eu to ocupada ..

-Ah,por favor! É uma forma de eu agradecer pela hospitalidade.

-Tudo bem,deixe eu tomar um banho então.

-Te encontro no restaurante?

-Sim.

-Até mais! - ele abriu um sorriso angelical,mordeu o lábio e se afastou dando uma risadinha abafada 

     Oi? É isso.Eu vou almoçar com Michael Jackson.Mas que porra eu fui fazer? Cheguei no restaurante,numa área reservada para Michael e ele já estava lá a minha espera. Como sempre muito elegante e quieto,mas assim que me viu ele logo se levantou e acenou para mim.

-Que bom que veio! - disse sorridente

-Eu disse que viria.

-Sente -se. 

-Então..está gostando do hotel?

-Sim! É muito confortável aqui,parabéns.

-Obrigada.

-Trabalha aqui a muito tempo?

-Desde os meus 18 anos.Como gerente,à cinco.

-Nossa,você parece ser bem competente.

-Minha vida é esse hotel,me orgulho dele.

-Não namora?

-Não tenho tempo pra isso

-Mas é tão bonita.. - reparei que, ao dizer isso, seu rosto ganhou um tom de vermelho e eu confesso que achei adorável

-Obrigada,mas não tenho paciência pra namoro.

-Bem,ainda não encontrou o homem certo.

-Pode ser.. - Michael não tirou os olhos de mim - É.. e você,só trabalha?

-Bem,depois do fim do meu casamento com a Lisa Marie,eu foquei somente na minha carreira.

-Ah sim.. Trabalhar é sempre bom pra distrair.

     O almoço foi bem agradável.Ficamos horas conversando,Michael é um homem inteligente e muito engraçado. Não imaginava que teria tanto assunto com uma pessoa que mal conheço,mesmo ele sendo o artista mais famoso de todos os tempos. É surreal que eu me sinta tão leve na sua presença.
  Após o almoço continuei meus afazeres,mas esse bendito almoço não saía da minha cabeça,e pra piorar passei a noite toda pensando nele.Droga,por mais que eu evitasse,ele vinha na minha mente o tempo todo.
 Os próximos dias foram bem tranquilos.Sempre que tínhamos um tempo livre,conversávamos bastante.

-Hoje é 23 de dezembro. - disse Michael.Estamos deitados na varanda no hotel,olhando as estrelas.

-Amanha é véspera de Natal.

-Por que não gosta do Natal?

-Eu perdi meu pai no dia do Natal quando era criança.Desde então eu não vejo motivos para comemorar..

-Eu passei a comemorar o natal depois de adulto.Também pensava como você,mas depois que abri meu coração Lauren,eu me sinto tão feliz.Dê uma chance pra você também..

-Vou pensar nisso.É melhor eu ir embora.  

-Então tá.  - Michael foi me dar um beijo na bochecha,mas eu juro que sem querer eu desviei e acabei beijando Michael.

     Deus, eu nunca beijei uma boca tão gostosa como a dele.Seus lábios eram tão macios que eu me senti nas nuvens. E o que eu senti foi algo que jamais experimentei na minha vida. Uma  mistura de alegria, ansiedade.. Nem preciso dizer que tremi dos pés à cabeça.

-Nossa me desculpa Michael! - disse envergonhada

-Não precisa se desculpar,a culpa também foi minha..

-É melhor eu ir embora,boa noite!

     Saí dali com o rosto vermelho de vergonha,mas arrependida eu não fiquei não.Foi incrível!
  
             Michael
  
   Eu não sei o que essa mulher tem,mas desde o dia que a conheci não consigo tirá-la da minha cabeça.Eu sei que é muito cedo para isso,mas acho que estou me  apaixonando. Pode ser coisa da minha cabeça,mas não há outra explicação. Cada dia que se passa eu me sinto mais dependente da sua companhia, da sua voz e do seu sorriso fácil. Consigo enxergar seu coração,não me perguntei como. Nunca acreditei em amor a primeira vista,mas acho que o cupido acertou em cheio dessa vez.. rsrs
 (...)
 É véspera de natal.O dia ta cheio de coisas para eu fazer.Tenho que visitar orfanatos,sessão de fotos para fazer e um show.Vai ficar difícil ver ela hoje..

-É quase onze da noite,Teddy!

-Já estamos voltando pro hotel,Michael. 

    Finalmente chegamos.O hotel tava bem agitado,tentei encontrar Lauren,mas parecia impossível.

-Senhorita,sabe onde está a gerente Lauren?

-Hm ela tava aqui agora.Procura no salão de festas.

-Obrigado! -  Corri até o local indicado. Eu já tinha planejado com quem passar meu natal..

-Lauren! - gritei chamando sua atenção

-Michael? - Lauren largou os papéis em cima do balcão e veio até mim, assustada com a minha atitude - Achei que nem voltaria hoje.

-Pois é,fiz de tudo pra chegar a tempo. - sorri tentando esconder minha ansiedade

-A tempo de passar o natal nesse hotel? - ela riu, levando uma mecha dos cabelos loiros para trás da orelha

-Nesse hotel com você. - Lauren arregalou os olhos 

-Que?

-Aceita passar a noite de natal comigo? Eu estou sozinho e você também..

-Nossa..Mas,eu não queto te incomodar.. Imagino que deva estar cansado e prefira o recolhimento.

-Eu insisto! Gosto da sua companhia e eu..espero que também goste da minha..

-É claro que sim.. - ela sorriu - E fico feliz por estar se sentindo confortável aqui.

-Ficarei mais ainda se aceitar jantar comigo.. E então ?

-Tudo bem,eu aceito..

-Ótimo! Te espero no meu quarto.

-Ok! - lhe dei um leve beijo na bochecha e rumei para o meu quarto

   Eu já estava devidamente arrumado.Mandei colocarem a ceia na varanda do meu quarto. Queria que tudo fosse perfeito para dar à Lauren o melhor natal de sua vida,o que provavelmente também será o natal mais especial que já vivenciei.
   A campainha tocou e eu corri pra atender. Fiquei ainda mais encantado com a sua beleza. Lauren possui traços finos e delicados que nunca vi em nenhuma mulher, e agora diante de mim comprovo que essa é a garota mais bela e encantadora que conheci em toda minha vida.

-Que bom que veio! - apressei em dizer

-Espero que goste! - Lauren me entregou uma caixa

-O que é isso?

-Um presente.Quer dizer,era meu.Tenho certeza que vai gostar!

-Oh Meu Deus! Coletânea do James Brown!! Eu sou fã dele!

-Imaginei!

-Eu amei,sério!

-Ai que bom!

-Bem,eu também tenho um presente pra você! - entreguei uma caixinha pra ela

-Nossa que lindo!!  - ela abriu um sorriso iluminado ao abrir a caixinha de veludo

-Achei sua cara esse cordão.

-Estrela de Davi.Muito obrigado! - ela me abraçou

-Bom,já é quase meia noite e confesso que estou morrendo de fome! - ela riu

-Bom, então o que estamos esperando para cear? 
   Sorrimos  quase que ao mesmo tempo. Deixei o presente em cima da mesinha e peguei na sua mão, levando-a até a varanda. Dessa vez me pareceu que estávamos mais abertos um para o outro. Lauren me contou os planos que ainda pretende realizar e insistiu para que eu fizesse o mesmo. Revelei segredos e sonhos que imaginei que ficariam para sempre enterrados no meu coração. E o que mais me encantou é que ela realmente queria me escutar.Para ela eu não sou apenas Michael Jackson, sou uma pessoa comum,não somente um ídolo a qual ela deve reverência.

-Bem,obrigada Michael.

-Pelo que?

-Por ter me dado um natal tão perfeito!

-Eu que te agradeço! - me aproximei dela

-É.. feliz natal,Michael.

-Feliz Natal,Lauren.. não resisti e acabei beijando-a novamente.

    Dessa vez não tínhamos vergonha.O beijo foi ainda melhor do que o primeiro.Nos deixamos levar pelo momento e terminamos nossa noite fazendo amor de uma forma única, intensa e apaixonante. Momento que com toda certeza ficarão gravados na minha mente e coração.
   
 Lauren


    Esse sem dúvida,foi o melhor natal da minha vida! Ainda não acredito que dormi com Michael Jackson! Essa noite que tivemos,não só o sexo,mas todos os momentos me deram a triste convicção de que me apaixonei por Michael. Eu sei que é loucura, e também sei qual será o final dessa história. Foram lindos momentos que se transformaram em uma doce lembrança.
    Pra me deixar pior do que estava, ele vai embora hoje e definitivamente não quero que esse momento seja quebrado.Peguei minhas roupas,dei um beijo nele e sai.

 * * *
 

    Hoje é feriado,então não precisei trabalhar.Fui pra minha casa arrasada.Era como se tudo isso fosse um sonho.Michael está indo embora sabe-se lá pra onde e o que vivemos vai ficar apenas na memória.

   Tinha acabado de sair do banho quando a campainha tocou. Quase caí para trás ao ver Michael parado com um buquê de rosas vermelhas nas mãos. Ele tirou os óculos e sorriu para mim.

-Michael?O que faz aqui?

-Bem,você sumiu então pedi seu endereço.Por que fugiu de mim?

-Eu não fugi.Só não gosto de despedidas..

-E quem disse que quero me despedir de você? 

-Oi?

-Olha,pode parecer loucura.Mas Lauren,eu estou apaixonado por você!

-O que? - perguntei para ter certeza de que havia escutado direito

-É isso mesmo. Você deve estar achando que enlouqueci,mas só sei que não quero ficar longe de você, que não conseguirei apagar você do meu coração. Me desculpe por isso ..

-Shi.. Michael,devo te dizer que também me sinto exatamente assim.Você deu um novo sentido pro meu natal,e consequentemente pra minha vida.É estranho sentir isso,pois não acreditava que alguém pudesse se apaixonar tão rápido,mas eu sou a prova viva de que o destino nos prega essa peça.. - Michael sorriu e agarrou minha cintura. 
   
  Nossos lábios estavam a centímetros um do outro,eu estava perdida na escuridão dos seus olhos negros. Um arrepio perpassou meu corpo quando senti seu lábio molhado tocar em mim,meu corpo amoleceu ao sugar sua língua quente que se movia em sincronia com a minha. Nos afastamos para regular a respiração,mas rapidamente Michael me puxou para um abraço apertado.

-Quero passar muitos natais com você Lauren. Acharia estranho se.. eu te pedisse em namoro?

-Ta falando sério?

-Estou. Sei que é cedo,mas quer saber? Eu não ligo. Estou escutando meu coração e tudo que ele mais quer é que você continue na minha vida.

-Eu nem sei o que dizer.. Meu Deus .. - ri abobalhada. - Pela primeira vez vou arriscar,sabe? Cansei de afastar a felicidade de mim, e algo me diz que você tem a ver com ela..

-Isso é um sim?

 - Ainda pergunta? - Michael sorriu aliviado - Eu aceito,Michael. E se isso for loucura, que seja! - Michael uniu suas mãos em meu rosto e o puxou delicadamente,depositando um beijo carinhoso em meus lábios

-Vamos fazer dar certo.. Abra seu coração e permita ser feliz.

-Você me ajuda?

-Só se você também me ajudar.. - murmurou roçando os lábios na minha bochecha 

-Estou aqui com você.. Sempre.

-Sempre..

   Certa vez meu pai me disse que quando sonhamos muito com uma coisa, dificilmente ela se realiza. Nunca entendi bem essa frase,mas hoje ela está mais clara para mim. Sonhamos tanto e temos uma certeza plena de que não passará de um sonho, apenas um desejo íntimo. Sempre pensei que o amor fosse apenas ficção, ou um desses sonhos que nunca saíram do fundo do coração. Michael,mesmo que de forma inesperada,me mostrou que nada nessa vida é por acaso. E recebê-lo na minha vida no dia de natal só confirma que a magia do amor pode tocar todos os corações, até mesmo os mais endurecidos. 

Fim..

Desejo a todas as leitoras um  natal repleto de felicidade e amor. Agradeço ao carinho que sempre recebo de vocês,do fundo do meu coração.
Que 2016 seja um ano ainda mais maravilhoso e que todos os seus sonhos se realizem. Que continuemos com esse contato e carinho tão bacana que fizemos durante esse ano. Fiz essa estória no ano passado e hoje compartilho com vocês. Espero que gostem desse presentinho e que a mensagem dessa Fic toque seus corações!
Um beijo enorme para vocês e feliz natal!!

By: Marícia Jackson


            

2 comentários:

  1. Obrigada! pela suas fics um Feliz 2016.

    ResponderExcluir
  2. História perfeita❤❤❤Marícia arrasa como sempre😍😍😍 amei muitão❤

    ResponderExcluir