quinta-feira, 11 de junho de 2015

FanFic: "O Melhor Encontro da sua Vida" (+18)

Autora: Marícia Jackson





Sinopse:


  
 Ela nunca foi o tipo de garota perfeita,nunca se deu bem com os homens e não existe outra mulher na face da terra que seja tão desastrada quanto Michelle Willows.     
 Mas apesar de tudo, ela é a garota mais encantadora que possa existir e só precisa de alguém para lhe mostrar ,mesmo que tenha que passar pela maior decepção da sua vida.



Ele nunca se apaixonou,nunca fez esforço para isso. E ganhar dinheiro fácil é com ele mesmo. O que Michael Jackson não esperava é que a vida lhe daria uma rasteira,se apaixonando justamente pela mulher mais esquisita que ele já conheceu,mas é essa mulher que vai lhe mostrar que o amor não é uma coisa de outro mundo. Ambos irão conhecer juntos esse sentimento tão difícil de se explicar.



Obs: Oi meninas!! Aqui estou eu novamente kk Como disse antes,trago pra vocês uma nova Fanfic do nosso Michael Jackson! Antes de começar, vou explicar como funciona o enredo. Essa estória terá comédia, romance e tudo isso que vocês gostam. Mas quero que não encare os futuros acontecimentos como um drama,e sim como uma reflexão. A mensagem da fic é justamente mostrar que o amor é capaz de transformar e o mais importante,resistir a qualquer imprevisto do destino. 
Bem, eu do fundo do meu coração espero que gostem e que acompanhem mais esse projeto. Um beeeijo e até breve!! 



Capítulo 1 

Michelle


 Férias. Por que elas têm que acabar? Você pode guardar o relógio no fundo da gaveta,dormir horrores até esquecer a sanidade. Mas não ha nada melhor do que voltar para os meus amores.

-Tia Michelle,você voltou!

-Rayden! Que saudade meu amor! Se comportaram bem com a professora Giulia?

-Sim,mas prefiro você!

-Já disse que você é um pequeno galanteador? 

-Eu sou! E quando crescer,vou me casar com você! 

-Aah! Mal posso esperar! - lhe dei um abraço apertado e o deixei seguir com os colegas

 Eu sou Michelle Willows,tenho vinte e sete anos e sou professora para crianças excepcionais,desde autistas à deficientes. E se tem uma coisa nessa vida que me dá gosto de fazer é estar em contato com elas,não há nada mais gratificante que fazê-los felizes e especiais.

-Bem vinda de volta! Como foram as férias?

-Deu pra descansar..Bom te ver,Paloma! - abracei minha amiga 

-Namorou bastante?

-Nada.. Só descansei mesmo. Acho que vou desistir Paloma..Todo carinha que eu me interesso não rola!

-Você também não ajuda né?

-Como assim?

-Olha pra você Michelle. É mais sem graça do que o lápis de cor branco.

-O que? 

-Você sabe que sou sincera e só quero o seu bem. Chelle,o príncipe encantado não vai bater na sua porta ok?

-Eu sei que não! Mas o que você me sugere? Que eu saia toda noite procurando por um namorado? 

-Sim!

-Você sabe que eu não consigo..Eu sou tímida,e quando fico nervosa estrago tudo!

-Vamos fazer assim,sexta feira tenho uma festa pra ir. É aniversário do meu amigo que é dono de uma boate super badalada de Nova York, e a senhorita irá conosco!

-Eu? 

-Você mesma! Vai se produzir,ficar bem bonita.. E duvido que não saia da festa com um gatinho a tira-colo!

-Ai..só você Paloma..

-Muda essa carinha e animação!
* * *

 Passei os últimos três dias pensando no convite de Paloma,se deveria aceitar ou não. Mas ela está certa,ou eu saio do meu casulo ou ficarei solteira por mais longos anos.
 Eu nunca me dei bem com os rapazes. Desde pequena sempre fui muito espevitada,desastrada e hiperativa,e isso acabava assustando os pretendentes. Mas tudo mudou quando conheci Ferdinand. Fiquei tão apaixonada que três meses depois estávamos noivos! Poderia ser uma linda história de amor se não fosse o fato de eu ser largada no altar.
 Mas tudo bem,se passaram sete anos,eu superei e rapidamente voltei a ser a Michelle que sempre fui. Eu prometi a mim mesma que jamais mudaria meu jeito de ser por ninguém,mesmo que isso custe anos sem um amor na minha vida.
 Mas essa noite a sorte vai virar pro meu lado,tenho certeza! Comprei um vestido novo,fiz uma maquiagem bem simples e esperei por Paloma.
-E então? - dei um giro para ela me analisar



             


-Está linda como sempre,mas..

-Mas..?

-Devia ter ousado mais..Está parecendo uma virgem de quinze anos! Cadê o decote,o batom vermelho e os cabelos jogados pro lado?

-Aí você já está querendo demais né? Isso é o máximo que eu consigo..

-Tudo bem..Está linda de qualquer jeito! Agora vamos,minha querida, a noite é sua!
* * *

-Ah eu adoro essa música,vamos pra pista! - já estava eufórica com a música da boate

-Calminha Michelle.. Primeiro  senta,beba alguma coisa e fica de olho!

-De olho em quê?

-Em quem. - me corrigiu - Olha quantos caras tem aqui,já reparou?

-Mas eu acabei de chegar!

-Meu Deus do céu, Michelle.. Olha aquele cara no balcão!

 Meu bom Deus,aquele homem era um monumento! Lindo,perfeito, parecia um príncipe! Nossos filhos nasceriam loirinhos de olhos verdes,assim como ele..Eu e essa mania de idealizar meu futuro em tempo recorde!

-Vai lá Chelle.. - Paloma e James,seu namorado, me incentivaram a me aproximar do rapaz

-Ah não.. É melhor eu ficar aqui. Ele vai achar que sou atirada!

-Faz o seguinte..Vai lá no bar, pede uma bebida e puxa uma conversa com ele..

-Acha que vai dar certo?

-É claro que sim.. Peça uma tequila!

-Ok! - respirei fundo e fui até o bar

 Me aproximei do balcão e fiquei a alguns centímetros de distância do rapaz. Ele olhou pra mim e sorriu educadamente, senti minhas pernas fraquejarem.

-Tequila,por favor! - pedi ao garçom

-Bebida quente.. - ele comentou




                     

-É..ah..Sim,ela é.. - ri de nervoso. Maldição,por que eu tenho que gaguejar?

-Aguenta?

-Sim.. Eu aguento tudo!

-Uou! - ele riu

-Qual seu nome? - merda,eu fui muito direta

-Jordan e o seu?

-Michelle. Jordan é um nome muito bonito.. - fiquei igual uma bobada quando ele passou a mão nos cabelos sedosos

-Obrigado..Então é bonito assim como você.. - ele piscou. Meu Deus!

-Ah.. Ob-obrigada.. - ri novamente  chegando mais perto dele

-Hmm olha ela lá! - ele olhou para a pista e sorriu

-Ela quem?

-Liv,minha namorada! Aqui,amor! - ele chamou ela

-Oh.. Uau! Hmm estão me chamando ali,com licença..

 Saí dali o mais rápido possível. Puta merda,minha cara queimava de vergonha! Nunca paguei um mico tão grande quanto esse. Merda,mil vezes merda, vou anotar o nome dessa boate para não voltar aqui nunca mais!



Capítulo 2 


Michelle



-Amiga,sério que vai ficar debaixo dessa coberta o fim de semana todo?

-Eu quero sumir Paloma,paguei o maior mico da minha vida!

-Ai,relaxa.. Ele nem deve mais lembrar de você..

-Não tá ajudando! - falei com a voz chorosa

-Desculpa gatinha..

-Eu vou morrer solteira,essa é a verdade!

-Ou não..

-Que cara é essa?

-Eu tive uma ideia!

-Estou fora! Nunca mais vou pra boate nenhuma!

-Hey..Espera eu falar! Tem uma maneira de você encontrar seu príncipe encantado,do jeitinho que você quer!

-Como? Por milagre?

-Sim,uma milagre chamado internet!

-Explique,por favor..

-Nunca ouviu falar em sites de relacionamento?

-É claro que sim,mas.. não, você não está pensando no que eu acho que está pensando..Você está pensando?

-Não é óbvio? Michelle, pensa bem.. Lá tem diversos carinhas que assim como você não têm sorte no amor. Eles estão a procura da mulher ideal. E você é essa mulher!

-Eu não vou sair com um homem que eu mal conheço! Existem tarados e psicopatas nesses sites,não sei se você sabe..

-Para de pensar negativo! Eu conheço sites muito seguros,não se preocupe!

-Isso é loucura!

-Vamos fazer só um teste! Vai ver como choverá homens na sua horta!

-Tá certo.. Mas se não der certo eu desisto de tudo,ouviu?

-Como quiser.. Agora levanta dessa cama e vamos fazer o seu perfil. - disse ao me levantar da cama

-Como assim?

- Chelle,você precisa de um perfil. Como os caras vão te achar lá,me diz?

-E..eu vou ter que por foto minha?

-Evidente! Vai levanta dessa cama..

* * *


-Certo,não acredito que estou fazendo uma coisa dessas! É humilhante! - estávamos de frente ao notebook

-Não é humilhação,é modernidade! Hmm,ok vamos começar pelo seu nick.

-Meu o quê?

-É tipo seu nome, mas como se fosse um apelido.

-Não faço ideia..Hmm Michelle Pfeiffer!

-Tá brincando?

-O que? Ela é linda..

-Outro! - descartou

-Mas..

-Já sei Devil Woman!

-Pirou? O que vão pensar de mim?

-Para de ser histérica, eles vão adorar! Agora é só colocar sua foto, idade, profissão e foi!

-Quer dizer que eu já estou nessa coisa?

-Sim, Michelle meu amor, agora é só esperar!

-E como eu vou saber se alguém gostou de mim?

-Você vai receber uma mensagem a qualquer momento. Prepare-se!

-Oh meu Deus,que loucura! - ri,pois realmente me animei com a possibilidade de encontrar o homem da minha vida de uma vez por todas

-Agora eu vou dormir, qualquer coisa me chame ok?

-Certo..Paloma,obrigada viu!

-Não precisa agradecer. Sabe que quero sua felicidade.. Vai encontrar seu príncipe encantado logo logo!

-Acha que ''ele'' vai gostar de mim? Eu sou tão esquisita, digo coisas sem sentido..

-Quem não se apaixonaria pelo seu jeito de ser? Michelle,é a mulher mais divertida,generosa e linda que eu conheço. O homem que te amar,vai amar também todos os seus defeitos e qualidades,que são bem maiores!

-Quem sabe né?

Eu sou uma mulher romântica,tenho meus sonhos e planos,mas sei que dificilmente vou ter a mesma sorte que Paloma e James. Mas eu sou feliz do mesmo jeito e é claro que serei muito mais se tiver um amor na minha vida. Quem sabe a felicidade não bate na porta me surpreendendo?



Capítulo 3 

Michelle


  Puta merda,passei a noite toda atualizando o site que meu dedo criou calo. Eu prometi pra mim que não ia ficar criando expectativas,mas cara..eu to ansiosa pra caramba!
Me virei na cama de um lado para o outro e nada do sono vir. Já eram três horas da manhã e eu decidi atualizar de novo o site. Vibrei por dentro ao ver o envelopinho piscando. Oh my god, eu tenho um pretendente!
   Peguei meu celular na mesma hora e liguei para Paloma. Em outras circunstâncias eu não ia ligar e acordar ela no meio da noite,mentira eu ia sim!

-Alô.. - escutei sua voz sonolenta no outro lado da linha

-Paloma,é a Chelle. Você não vai acreditar no que aconteceu!

-O envelopinho piscou?

-Sim! - gritei de felicidade

-Sabia que era isso.. Você não seria louca de me acordar de madrugada!

-Sorry,mas eu preciso da sua ajuda!

-Já abriu o e-mail?

-Não tive coragem..

-E porquê não? Anda logo Michelle!

-Ok. Eu vou ler,mas o que eu faço?

-Nada! Me espera que amanhã cedo eu tô em casa..

-Desculpa te atrapalhar com o James..

-Relaxa amiga.. Tá tudo certo. Amanhã cedo tô ai ok?

-Ok.

Assim que desliguei o telefone,voltei minha atenção para o notebook. Respirei fundo e cliquei no envelope.



                        

" Uma mulher tão bonita merece uma companhia à altura. Me faria um homem imensamente feliz se aceitasse jantar comigo na próxima quinta feira. Estarei te esperando no Roit Club Restaurante,mesa seis, meu número da sorte.
De um homem completamente hipnotizado pela sua beleza..

El Mago Seductor "
* * *


-Oh meu Deus! Esse homem realmente é muito sedutor,misterioso.. - Paloma estava maravilhada

-Mas ele não tem foto!

-É pra dar mais mistério.. E então você vai?

-Não sei..

-Michelle,não pode ter medo. Cadê minha amiga corajosa que topa qualquer parada?

-Está aqui.. - levantei meu braço

-Hmm olha ela aí! Aceita?

-Aceito!

-Assim que se fala garota! - me abraçou

-É na próxima quinta..

-Bem,temos quatro dias para te preparar!

* * *

O tão esperado dia chegou feito uma bala. Eu estava muito ansiosa e ao mesmo tempo nervosa. Estou há poucas horas de conhecer o possível futuro homem da minha vida!

-Ok. Está entregue. Qualquer coisa me liga,tá?

-Pode deixar..Obrigada amiga!

-Vai lá querida..

Entrei no restaurante com meus olhos fixos na mesa seis. Ainda não tinha ninguém sentado,me senti aliviada. Sentei na cadeira e o garçom veio me atender.

-Quer fazer o pedido,senhorita?

-Oh não..Eu estou esperando uma pessoa! - sorri educadamente

-Certo!

 Depois de alguns minutos um homem entrou no restaurante. Imaginei na hora que poderia ser ele. Tinha um olhar compenetrado e sedutor. Assim que me viu,ele sorriu e se aproximou. Senti minhas pernas bambearem. Ele se sentou ao meu lado e fez menção para eu estender minha mão,e logo ele a beijou.

-É ainda mais linda do que na foto..

-Nossa.. obrigada..

-Não fique envergonhada,bela dama!Qual o seu nome?

-Michelle.. e o seu?

-Lorenzo.. - ele sorriu

O jantar foi tranquilo,quer dizer, tirando o fato de eu engasgar três vezes com a comida,mas de resto deu tudo certo. Ao terminarmos, Lorenzo me convidou a dar um passeio. Eu fiquei um pouco receosa,mas poxa ele foi tão gentil,cavalheiro.. quem sabe não encontrei o cara certo?

-Adorei a noite Lorenzo..

-Eu também,agora pra ficar perfeito falta só uma coisinha..

-O que?

-Passa toda a grana donzela!

-Tá brincando né? - ri de nervoso. Na certa era uma piada

-Tô com cara de quem tá brincando,dona? Passa tudo e caladinha! - quando ele mostrou o revólver a primeira coisa que fiz foi passar minha carteira pra ele.

-Uhuul..Cheia da grana ein gatinha? - Lorenzo tirou o dinheiro e jogou minha carteira no chão

-Amei o encontro boneca! - Lorenzo saiu correndo. Pisquei duas vezes e comecei a gritar feito uma louca por socorro

Paloma


- Eu sinto muito amiga..Jamais poderia imaginar que esse cara era um bandido!

-Toma,beba a água.. - James lhe entregou o copo

-Foi horrível! Por que tudo de ruim tem que acontecer comigo,por que?

-Amiga não chora.. Foi tudo culpa minha..

-Eu que fui uma idiota! - limpei seu olho borrado de rímel

-Vou deixar você descansar um pouco ok? Fica calma..

  Saí do quarto depois de dar um calmante para Michelle. Eu estava me sentindo culpada por ter feito ela passar por isso,mas eu só queria ajudar. Michelle sempre sonhou em ter um amor e isso foi acontecer logo com ela..

- Ela vai ficar traumatizada James..

-Logo ela melhora amor,relaxa..

-Eu estraguei tudo! Ela nunca mais vai confiar em homem nenhum. Eu só queria que ela tivesse um encontro perfeito.

-E se nós fizéssemos isso por ela?

-Como assim?

-A gente dá de presente pra ela um encontro perfeito. Aí ela vai se sentir melhor..

-Deixa eu ver se eu entendi.. Vamos fazer uma encenação? Contratar um cara para dizer que achou ela no site e gostou dela?

-Isso amor.. E eu já sei quem vai ser essa pessoa!

-Quem? Tem que ser de confiança James!

-Relaxa.. Eu tenho um amigo que vai adorar fazer esse favorzinho para nós..

-E qual o nome dele,posso saber?

-Calma amor.. Você vai conhecer ele..



Capítulo 4 

Michael



           

   Maravilha voltar para Nova York depois de tanto tempo. Quer dizer,eu nunca tive parada. Aos dezessete anos eu e meus amigos decidimos montar uma banda de hard rock nos anos 90. Por conta disso rodamos o mundo viajando sem parada,cantando em qualquer lugar.
    Eu nunca tive o sonho de ser um cantor famoso e tal.. Meu negócio é fazer a minha música e estar cada dia em uma cidade, conhecendo novas pessoas,ou melhor,novas mulheres.. Nasci livre,nada me prende,nem trabalho ou paixonites agudas. Mas uma hora a gente cansa e nada como voltar pra casa e recarregar as energias.
  Ao chegar,encontro meu apartamento tá todo empoeirado. Detesto sujeira,mas também detesto limpar. A única coisa que fiz foi tomar um banho e cair na cama,estava exausto.
* * *

Acordei depois de umas cinco horas. Me levantei com dificuldade e fui olhar o que tinha para comer na geladeira.

-Cacete,que fedor essa geladeira. Tá parecendo a caixa de pandora!

Pelo menos a cerveja que eu trouxe estava geladinha. Me esparramei no sofá e dei um longo gole na bebida. Não demorou alguns minutos para o meu celular tocar.

-Alô?

-Jack, é você? - só pode ser James. Ele que vive me chamando de Jack por conta do meu sobrenome

-James? Ah como adivinhou que eu estou em NY?

-Pera ai,você está aqui?

-Cheguei nessa manhã.. Saudade de você meu amigo,como está?

-Muito bem.. Paloma está quase me levando ao altar!

-Quer dizer que o namoro rendeu?

-E como..

-Não acredito que vai cometer a loucura de se casar! James eu vou bater sua cabeça na parede até voltar a sanidade!

-Relaxa Mike.. Casamento não é um bicho de sete-cabeças!

-Vai nessa.. Depois não diz que eu não avisei..

-Certo.. Mas então,temos que nos encontrar,relembrar os velhos tempos!

-Mas é claro,meu amigo! Hoje mesmo pra mim tá de boa!

-Fechado,MJ!

* * *

-Cara.. Não sabe como senti falta de Nova York.. E das garotas daqui..

-Porra,você mal chegou e já tá de olhos nas meninas?

-Eu não sou algemado que nem você,meu amigo! - James riu

-Cara..foi muito bom você ter voltado.. Já sabe quanto tempo vai ficar?

-Ainda não sei.. Alguns membros da banda se casaram, outros namoram ou decidiram por outra profissão..

-E você, não pensa em se endireitar na vida? Já está com quase trinta e seis anos!

-Tá me chamando de velho,rapaz?

-Não,só acho que podia sossegar.

-Ah sai fora..

-E se eu te fizesse uma proposta. Sei que gosta de um dinheiro fácil..

-Opa.. - já abri um sorriso - Mas que história é essa?

-Eu vou te explicar direitinho,mas só posso te adiantar que vai levar uma grana boa!

-Seja lá que porra é essa,tô dentro!



Capítulo 5 

Michael



-Tá,me explica direito essa história.

-É coisa simples. Você só tem que sair com uma amiga da Paloma.

-Só? Ah já sei..É uma baranga,é isso?

-Claro que não!

-Se você quer me pagar pra sair com essa moça,algum problema ela tem!

-Não tem problema nenhum Mike, é que ela é muito tímida, não tem sorte em relacionamentos..

-E eu com isso?

-Eu vou te explicar melhor. Acontece que eu e a Paloma  incentivamos ela a sair com caras da internet, mas ela se deu muito mal e agora está deprimida.

-Ah então vocês querem reparar o erro me usando? - perguntei rindo com a ideia que James teve

-É só pra ela ter um encontro perfeito, aí ela esquece esse trauma e pronto. Cada um vai pro seu canto e fim de papo.

-E o que eu tenho que fazer?

-É muito simples. Você vai se cadastrar nesse site e mandar um e-mail pra ela,dizendo que gostou do seu perfil e quer marcar um encontro.

-Certo. E depois?

-Você a convida para jantar, será um cavalheiro,deixa ela feliz e pronto!

-E quanto tempo vai durar isso?

-Sei lá..Algumas semanas, depois você arruma uma desculpa,diz que vai viajar..

-Hmm tô me interessando por isso..

-E vai se interessar muito mais quando receber a grana.

-E de quanto é?

-Cinco mil dólares,por enquanto..

-Cinco mil? - arregalei meus olhos com o valor da quantia - Meu amigo,pode contar comigo. Será o melhor encontro da vida dessa donzela! - James apertou minha mão e celebramos o plano entornando o caneco

Michelle


 Já se passaram seis dias do episódio com Lorenzo. Deus,só de lembrar a vergonha que eu passei dá vontade de ficar pra sempre trancada no meu quarto.
 Mas eu não posso parar minha vida por conta disso. Como sempre eu dou a volta por cima e me recupero com um sorriso nos lábios. É a melhor terapia que existe.
 Outra coisa que, com certeza muda o meu dia pra melhor são os meus alunos. Eles sim são capazes de me fazer esquecer qualquer problema.

-Oi Chelle..Como está? - Paloma me  olhava receosa

-Agora estou bem ..

-Me perdoa?

-Não foi culpa sua. Eu que não devia ter ido nesse encontro..

-E você desistiu?

-Mas é claro que sim! Hoje mesmo vou excluir minha conta no Almagêmea.net !

-Amiga,você não acha que está sendo precipitada?

-Precipitada? Paloma eu fui assaltada!!

-Eu sei,eu sei! Mas todo mundo que entra nessa,passa por algo assim.

-Sim,mas eu não quero passar por isso de novo!

-E se você tentasse pela última vez?

-Paloma,desista!

-Por favor amiga..O raio não cai duas vezes no mesmo lugar!

-Comigo cai quatro!

-Você está sendo muito pessimista!

-Realista. - a corrigi

-Vamos fazer o seguinte, a gente entra no site e se tiver pretendente, eu pesquiso a ficha completa desse cara. O que me diz?

-Ah não.. De novo não..

-Eu juro que se dessa vez não der certo,eu nunca mais falo sobre isso!

-Tá bom! Mas é última vez!

-Ai eu sabia que você ia pensar melhor! - Paloma deu um gritinho e me abraçou - Vamos pra casa e ver como anda o envelopinho!

-Vamos.. - revirei meus olhos rindo da animação da minha amiga

* * *



-Michelle,tem muitos caras loucos por você! - disse ao conferir meu envelope

-Que são loucos eu não tenho dúvidas!

-Hmm vamos ver a foto desse aqui.. M.J , 36 anos..Cantor de rock, solteiro há mais de três anos..e o melhor,sem filhos!

-Ah não,isso é trote,só pode! Ele é lindo.. Olha a foto dele! - fiquei hipnotizada com tamanha beleza

-Vamos ver a mensagem que ele deixou.



                       

" Sempre acreditei que sites de relacionamento eram furada,mas mudei totalmente de ideia ao ver sua foto. Claro que na hora pensei que se tratava de um fake,mas seus olhos..
 Garota,você tem os olhos mais sedutores que já vi nessa vida.. Se não for pedir demais,gostaria de sair comigo? Serei paciente..
   Beijos,branquela.."


-Oh meu Deus! Você leu isso Michelle?

-Eu.. não..estou..crendo..no que.. estou vendo!

-Esse homem é um t-u-d-o!!!

-Deus,ele quer me conhecer?

-Uhum! Não está vendo?

-Mas e se for uma cilada?

-Não acho que seja. Pelo que olhei na internet,ele se chama Michael Jackson..Cantava numa banda de rock chamada The Rippers e sim as informações que ele colocou no perfil batem!

-Isso quer dizer..

-Quer dizer que você vai nesse encontro de qualquer jeito! - sorri ao pensar nessa possibilidade. Deus,esse homem  não é desse mundo!!



Capítulo  6


Michelle


  Faltavam poucas horas para o meu encontro com Michael Jackson. Sentia um constante frio na barriga,mas não de medo. Era como se um novo ciclo na minha vida se iniciaria a partir daquele momento.
  Fechei meus olhos pedindo a Deus para que pelo menos não passasse pelo susto do último encontro. Terminei de me maquiar e respirei fundo observando minha imagem refletida no espelho. Pela primeira vez na vida eu estava me sentindo bonita.
                         




-Uau! Michelle, dessa vez você arrasou! - Paloma estava admirada com meu visual

-Só caprichei um pouquinho.. Ficou muito chamativo?

-Olha, se eu fosse você,teria ousado mais. Mas o que importa é que você está deslumbrante!

-Obrigada..Até agora não acredito que vou cometer essa loucura!

-Loucura que vai valer a pena,tenho certeza! - disse convicta - Agora vamos,está atrasada!

-Certo..

* * *
 
  O restaurante ficava no centro da cidade. Era bem agradável,com um ar de discoteca dos anos 80. Pelo que pude ver,é a cara desse tal de Michael.
  Pairei meus olhos por cada mesa daquele lugar. Meu coração ribombou quando notei um certo homem sentado na mesa ao fundo perto de uma jukebox.
Tinha os cabelos negros e cacheados na altura do ombro. Uma jaqueta preta bem estilosa e um óculos escuro lhe dando um ar mais misterioso.
 






   Minhas pernas fraquejaram,meu corpo gelou, o ar se ausentou. Eu nunca vi uma divindade como aquela. Respirei fundo e obriguei minhas pernas a se moverem. Acho que ele notou minha presença e se levantou calmamente.
Deus,o sorriso dele.. O que dizer desse sorriso? Seus lábios são cheios,bem desenhados e convidativos;os dentes incrivelmente brancos e alinhados. Seu rosto tem um formato perfeito,parece ter sido esculpido minuciosamente.
   Ele estendeu a mão e eu fiz o mesmo. Me arrepiei quando seus lábios frios e molhados tocaram no dorso da minha mão. Em seguida ele deu um beijo em minha bochecha. Quase caí para trás quando seu perfume levemente adocicado adentrou minhas narinas. Era uma fragrância oriental abaunilhada,de cara eu percebi.
   Michael puxou a cadeira para que eu sentasse. Logo depois ele também se sentou de frente para mim. Seus óculos atrapalhavam minha visão. Queria enxergar seus olhos, só assim você conhece verdadeiramente a pessoa.

-E então Devil Woman..qual o seu nome? - sua voz ressoou sensualmente em meu ouvido

-Michelle..Meu nome é Michelle Willows e você, MJ? - joguei uma piada

-Michael Jackson.- sorriu novamente

-Hmm é.. se importaria de tirar os óculos? Parece que eu estou falando com a jukebox! - ele gargalhou e em seguida tirou os óculos e jogou ao chão. Fiquei boquiaberta com sua atitude. Ele sorriu e piscou para mim

-Consegue me ver agora? Está melhor assim? - disse com o sorriso ainda estampado no canto dos lábios

-Sim..Obrigada. - um par de olhos negros me olhavam fixamente.


  Me senti prisioneira do seu olhar. Tem alguma coisa nesse homem que nem eu mesma consigo explicar. Uma força que me fez intimidar por ele desde quando minha visão o encontrou e eu não faço ideia do que fazer a partir de agora. 


Capítulo 7 

Michael


  Até agora está tudo na perfeição. Até que a moça é uma gata,mas esse estilo celibatária não faz o meu tipo,não mesmo!
Como tudo que é bom dura pouco,logo a moça desgraçou a falar como uma maritaca. E o pior, a cada cinco minutos é uma crise de riso voltando toda a atenção das pessoas para nós.

-Olha que loucura! Michael e Michelle, veja como combina!! - dizia admirada

-Uau! Que coisa, não? - de uma coisa eu digo. Vou socar a cara do James por me fazer sair com uma louca !

-Você é tão simpático..

-Não tanto quanto você, Miss Simpatia!

-Hahahaha! - ela ria batendo palmas,parecia uma foca

-Coma querida..

-Oh sim! Nem reparei que já tinha chegado!

-Claro,você não parou de falar um minuto! - disse em tom de brincadeira,com um fundo de verdade e novamente ela gargalhou alto

-Você é tão engraçado,Mike!

-Não imagina o quanto! - finalmente meu balde de frango frito chegou. Quem sabe comendo ela não fica quieta? Peguei o frango com a mão e lambi a gordura dos meus dedos

-Come com a mão?

-Algum problema?

-Nenhum! É que eu também adoro! Hey garçom! - ela gritou

-O que está fazendo? - sussurrei quando o rapaz se aproximou

-Pois não?

-Hmm eu vou querer uma porção de batatas fritas,x-bacon, hmm e cerveja. Ah depois traga um bolo de chocolate! - arregalei meus olhos com seus pedidos

-Sim senhora! - o rapaz sorriu e voltou a atender outras mesas

-Vem cá..Como consegue ser tão magrinha comendo desse jeito?

-Deve ser a genética. - deu de ombros
* * * *

Ela já estava no segundo x- bacon,depois de ter devorado o bolo e as batatas fritas com cerveja.

-Me fala mais de você Michael.. O que faz da vida atualmente?

-Nada..

-Como nada? - me olhou espantada

-Eu cantava numa banda,mas cada um foi pro seu lado..

-E você vai ficar nessa até quando?

-Até achar alguma coisa que me interesse.

-Você tem cara de que gosta de aventuras..Viver no limite! - ela riu

-Exato! - me aproximei dela com um guardanapo para limpar o canto da sua boca. Ela paralisou com minha atitude. Me senti vitorioso por saber que estava seduzindo a garota

-E..o que mais você gosta de fazer?

-Mexer com carros. Restaurar, reformar..

-Vai abrir uma oficina mecânica? - ela praticamente gritou

-Pode ser.. Não gosto de ter chefes,sacou?

-Saquei.. - deu mais um gole da sua bebida

Algum infeliz colocou uma moeda na jukebox e uma música começou a tocar. Por quê digo isso? Simples. A louca da Michelle deu um grito,se levantou e começou a cantar e dançar

-Meu Deus,eu amo essa música!!

Oh, we're half way there 

Whoah, livin' on a prayer 

Take my hand, we'll make it, 

I swear Whoah, livin' on a prayer

-O que está fazendo?

-Cantando! Essa música é ótima,vem canta comigo!

-Você tá um pouco alterada..Vem cá,senta aqui.. - peguei ela pela cintura ,mas ela se afastou

-Espera! - ela estava pálida - É melhor se afastar..

-Mas por.. - antes que eu pudesse completar a frase,fechei meus olhos sentindo os jatos de vômito atingir minhas botas - Oh meu Deus.. - Michelle estava agachada terminando de vomitar

-Me perdoa..- murmurou

-Imagina! - disse o mais calmo possível - Está melhor?

-Uhum!

-Vá ao banheiro e beba uma água,ok?

-Ok! - eu aproveitei para também ir a banheiro lavar minhas botas

* * *

-James,seu desgraçado. Eu vou te matar! Aah que nojo..Cacete!

Saí do banheiro e Michelle estava me esperando com a cabeça baixa. Ela segurava uma garrafa de água e me olhou envergonhada.

-Michael,mil desculpas..Eu exagerei na bebida..

-Shi.. Não se preocupe,princesa. Incidentes acontecem..

-Foi nojento!

-Bonito não foi mesmo não! - ela riu -Vamos?

-Uhum..

Deixei ela na porta da sua casa. Tive que ir com um dos carros de James,ele disse que a moto ia assustar a garota,mas na verdade quem ficou horrorizado foi eu!

-Amei nosso encontro.. - menti,menti feio!

-Sério?Eu só paguei mico! Me desculpa,é que fico nervosa e estrago tudo!

-Tsc tsc.. Você é uma garota adorável..Obrigado pela noite..

-Eu que agradeço! - lhe dei um beijo na testa e ela destravou a porta

-Eu te ligo! - ela sorriu com o que eu disse

-Vou esperar ein! Boa noite Michael.

-Boa noite flor.. - esperei ela entrar e liguei o carro - Desculpa moça,mas você vai ficar esperando!



Capítulo 8

Michael


 Sete horas da manhã e eu já estava na porta da casa de James com o pacote de dinheiro que ele me deu. Eu ia desfazer esse acordo agora mesmo!

-O que faz aqui a essa hora Michael? - James abriu a porta com a cara sonolenta

-Eu desisto! - falei de uma só vez

-Entra aí e me conta ..

-Foi o pior encontro da minha vida! Agora entendo porquê essa maluca não arruma um namorado!

-Michael pega leve.. Eu avisei que ela daria trabalho..

-Mas não avisou que seria uma mulher esquizofrênica e descomplexada!

-Foi só um encontro ruim!

-Foi um pesadelo James! Terrível..terrível! - andava de um lado para o outro controlando a raiva

-E você vai desistir de primeira?

-Ela vai acabar me matando! Pra mim já deu. Toma o seu dinheiro e fim de papo!

-E se eu oferecesse o dobro..? - estreitei meus olhos com sua oferta

-Dez mil?

-Exato.. Você sabe que dinheiro pra mim não é problema..

-Eu..aceito,mas com uma condição.

-Pode falar.

-Eu quero um tempo.. Estou traumatizado com essa garota!

-Certo.. Vou te dar uma semana para ligar para Michelle, uma semana Michael! - James pegou seu talão de cheques e preencheu um para mim

-Tá..eu vou criar coragem!

- E vai mesmo com essa bolada que eu tô te dando!

-Não vejo a hora desse pesadelo acabar! - bufei - Mando notícias se eu sobreviver!
* * *


Michelle


-Foi horrível Paloma..Acho que ele nunca mais vai me ligar!

-Você mesma disse que ele foi gentil..

-Já se passaram sete dias,sete dias!

-Ele deve tá ocupado,pensa positivo.

-Eu sei quando um cara não está afim de mim. Quer saber, eu mereço morrer encalhada!

-Hey,olha pra mim, eu sei que Michael vai ligar pra você..

-Como pode ter certeza?

-Por..porque você é uma garota perfeita,não como essas mulheres superficiais e o Michael sabe disso!

-Eu tenho que parar de pensar nele ou vou enlouquecer!

-Está apaixonada?

-Cada dia que passo tenho mais certeza.. - suspirei - Eu vou almoçar, depois volto. Minha vida tá uma loucura!

-Relaxa amor,vai dar tudo certo!

   Tenho que me conformar que Michael é passado. Depois da vergonha que eu passei nesse encontro,capaz de não vê-lo tão cedo. O pior é que ele não sai da minha cabeça, seu sorriso,sua voz.. Mas graças a minha falta de sorte eu perdi um homem tão maravilhoso.
  Depois do almoço, decidi passar em uma loja de discos, precisava arrumar alguma coisa para me distrair. 
Ao responder uma mensagem no meu celular, acabei esbarrando em um rapaz,derrubando os discos que estavam em suas mãos.

-Nossa..Me desculpa, eu estava distraída.. - quando o rapaz se levantou meu coração acelerou. Deus,era o Michael!

-Michelle? - ele me olhou surpresa

-Oh meu Deus..Eu não espera vê-lo aqui..

-Pois é.. Mundo pequeno! - ele riu timidamente. O silêncio entre nós dois me deu a certeza de que ele estava extremamente desconfortável

-É.. eu vou indo. Foi bom te ver Mike.. - sorri e me virei para ir embora. Tava na cara que Michael não queria me ver, eu não sou idiota

-Espera! - ele gritou

-Han?

-Você gostaria de sair comigo outra vez?

-Tá falando sério?

-E por que não estaria? - ele sorriu novamente

-Depois daquele dia..

-Hey,ainda está pensando naquilo? Bebê, eu amei nosso encontro,não me divertia assim há meses! - ele tocou no meu queixo e eu fechei meus olhos

-Você só pode ser maluco por ter gostado de sair comigo..

-Sabe o que falta em você?

-O que?

-Confiança,Michelle. Confiança em si mesma.. - Michael beijou minha bochecha - Esteja pronta hoje, as oito! - ele piscou pra mim e se virou para ir embora.

  Minha vontade era de gritar de felicidade. Michael realmente gostou de mim,e o melhor ele quer sair comigo de novo! Mas dessa vez eu vou fazer tudo diferente,tenho certeza que Michael terá outra impressão de mim!



Capítulo 9 

Michael


    Decidi levar Michelle ao cinema. Pelo menos lá ela não pode fazer escândalo,ou um dos seus ataques histéricos. Dessa vez iremos de moto.
    O porquê disso? Simples. A única forma de me livrar de Michelle e ainda ficar com a grana que o James me deu é fazendo com que ela perca o interesse por mim. Ora, a culpa não será minha se ela desistir!
   Estacionei minha BMW S1000, único bem de valor que me restou, na porta do seu prédio. Em poucos minutos ela apareceu sorridente ao me ver.
                  

-Olha.. você veio mesmo! - disse ao me abraçar         


-Eu disse que viria.. - depositei um beijo em sua testa

-E pra onde vamos?

-Hmm pensei em ir no cinema,o que acha?

-Aah!! Adorei! - mal sabe ela que iremos assistir um filme de terror..

-Opa! Então vamos antes que comece! Ah não se importa de ir na moto né..?

-Claro que não, eu amo motos! E cara, uma BMW S 1000 é só pra quem pode! - engoli em seco

-Você sabe o modelo? - perguntei abismado

-Mas é lógico! Você deve voar com essa máquina, motor 4 cilindros.. Parabéns!

-Meu Deus..

-O que?

-Não..nada! - ri - Vamos?

-Uhum! _ ela sorriu e montou na garupa

Enquanto Michelle comprava a pipoca e o refrigerante, fui para a fila do ingresso. Ela que pense que vamos assistir uma comédia romântica..

-E aí, já comprou? - Michelle se aproximou

-Quase..

-E o que vamos assistir?

-Tava pensando em "Noite Horrenda" .. Mas claro,se quiser o outro filme..

-Perfeito! Amo filmes de terror! É 3D?

-Como?

-O filme é em 3D? Imagina que massa seria..

  Cacete e agora? Achei que ela ia ter um ataque e acabaríamos vendo um filme sem graça.. Acontece que a única coisa que me faz ter medo nessa vida é filme de terror. Pode parecer ridículo um homem da minha idade ter pavor disso,mas puta que pariu, é um segredo meu. Cada vez tenho mais certeza que Michelle é uma alienígena!

-Tá tudo bem Michael? - já estávamos sentados esperando o filme começar

-Claro.. Tem certeza que quer ver esse filme?

-Relaxa Michael,eu não tenho medo! - ela riu - Pipoca?

-Ah sim,obrigado!

   Durante todo o filme mantive meus olhos fechados. Deus, era o filme mais apavorante que já vi na minha vida. Daria tudo para estar assistindo um filme da Disney do que estar nessa sala! 
Quando o serial killer ligou a motosserra e esquartejou a vítima lentamente eu não aguentei a apertei forte a mão da Michelle. Ela me olhou surpresa e confesso que eu também fiquei,e muito!
   Finalmente o filme acabou. Me encontrou neste momento morto de vergonha por ter demonstrado o cagão que eu sou. Perguntei se ela queria jantar,mas Michelle preferiu comprar uma paleta mexicana e sentarmos na pracinha.

-Acho que agora dá pra gente conversar.. - ela riu

-Concordo..Me fale de você,Michelle. Não sei quase nada!

-Ok.. Eu sou professora.

-Sério?

-Uhum! Eu dou aula para crianças especiais.

-Não entendi..

-Crianças com deficiência mental.

-Oh sim! - achei que ela mesma já tinha .. - Nossa, isso é tão diferente!

-Até que não. Depois de um tempo você vai se acostumando,entende?

-Pode ser.. Hmm agora eu queria saber..O que levou uma mulher tão bonita à se inscrever em um site de relacionamentos?

-Uau! - suspirou - Eu sempre fui o tipo de garota torta..

-Como? - ri

-A estranha,entende? Meus pais sempre falavam que eu era especial,ingênua e com coração de criança. Eles sabiam que esse meu jeito me faria sofrer,então eles sempre fizeram de tudo para me proteger. E quando minha mãe morreu,meu pai acabou adoecendo e eu fiz de tudo pra retribuir essa proteção e carinho.. Eu saía da faculdade e do trabalho e ia direto pra casa ficar com ele e não teve um dia em que eu me sentisse entediada ou irritada por fazer isso,pelo contrário,fazia de coração. Cuidei dele até o último dia da sua vida..

-Caramba.. É tão raro ver uma pessoa abrir mão da sua juventude para cuidar de alguém..

-É verdade.. E então quando ele morreu foi como se meu mundo tivesse virado do avesso. Meus pais eram minha fortaleza, as únicas pessoas em que eu podia confiar. Mas aí eu pensei, ou eu transformo as lágrimas em sorrisos,ou vou continuar uma garota medrosa,solitária e depressiva. E é por isso que eu pareço ser tão bizarra. Porque eu encontrei uma forma de ser feliz, e é desse jeito sabe? Mas nem todo mundo entende,principalmente meu ex- noivo! - ela riu

-Ex-noivo?

-Isso.. Depois que ele me largou no altar,eu o procurei. Ele disse que não poderia se casar com uma mulher imatura,infantil e que só o fazia passar vergonha.. Na verdade eu não julgo sua atitude. Ninguém é obrigado a ficar com uma pessoa contra sua vontade. - eu não conseguia formular uma frase. Parecia que a cada palavra que saía da sua boca,era um soco no meu estômago

-E desde então você não namorou mais?

-Não. Foquei no meu trabalho e nos meus amigos. Mas a Paloma disse que poderia me fazer bem conhecer alguém ..

-Entendo. Os amigos sempre querem dar um empurrãozinho!

-E como.. E você? Por que decidiu se inscrever?

-Eu me inscrever?

-Sim, ué. Você não me achou no site?

-Oh..Nossa, desculpa, tava desligado! - ri para disfarçar - Eu sempre tive ..curiosidade sabe.. ? Então eu decidi fazer meu perfil lá..

-Ah sim.. Já está tarde. Michael eu adorei a nossa noite. Espero que dessa vez eu não tenha pagado mico!

-Imagina! Foi uma noite incrível,princesa.. Vou te deixar em casa.

-Obrigada!

  Michelle estava abraçada à minha cintura enquanto eu conduzia a moto. Quando eu ultrapassava um carro,ela gritava "Uhuul" em meu ouvido me fazendo rir e me sentir o cara mais foda do universo. Sei lá..Parece que Michelle me faz enxergar que minha existência faz diferença na humanidade, como se eu fosse especial de alguma forma..




Capítulo 10 

Michelle


   Graças a Deus eu não passei nenhum mico perto de Michael. Eu achei que depois do nosso primeiro encontro,Michael não ia nem querer saber de mim. Caramba,depois de ontem eu estou ainda mais apaixonada, quando fecho meus olhos só lembro do seu sorriso, da sua voz.. Eu vou acabar enlouquecendo!

-Hmm se está sorrindo atoa é porque o encontro foi bom..

-Paloma foi perfeito! Nada de escândalos,vômitos,nada!

-Ah eu não disse que ia dar certo? Me conte como foi!

-Ele me levou no cinema,depois saímos para dar uma volta e conversar mais sobre nós..

-E rolou?

-Rolou o que?

-Como o quê Michelle? Beijo, amassos,sexo..?

-Paloma! -a repreendi - Não rolou nada ok? Mas não importa..O que eu mais gostei foi estar perto dele..

-Está apaixonada? - perguntou apreensiva

-Sim. Estou completamente apaixonada pelo Michael!

-Você..não acha que é muito cedo pra isso?

-Como assim? Paloma,pensei que ficaria feliz, você mesma disse que ele parecia ser um homem incrível..

-Eu sei,mas vá com calma. Sabe que eu quero o seu bem.

-Oh amiga,eu sei disso e te agradeço! Mas não se preocupe, Michael não é esse tipo de homem cafajeste.

-Eu espero.. Bem, a aula começou. Depois nos falamos. Ah,Michelle?

-Sim?

-Recebi ingressos para um show que vai ter na boate do centro. Você quer vir comigo?

-Ué não vai com o James?

-Está viajando a trabalho. Por favor amiga, sinto falta de sair só com você..

-Hmm olha a chantagem.. Tá bem,eu vou!

-Amo você!! - ela me abraçou

-Também te amo, sua chata!
* * *


Michael


  Felizmente a noite de ontem tranquila. Ainda não tive coragem de beijar Michelle,tenho medo de deixá-la apaixonada e depois quem vai sofrer é ela.
Mas porra, eu sou homem! Já tô cansado de ficar em casa, e pior na seca! Liguei para alguns velhos amigos e combinei de sairmos hoje para uma boate.

-Cacete,só tem mulher gostosa aqui! - falei ao observar as mulheres dançando na pista

-Já vai atacar,Mike? - Pitt falou

-Vamos iniciar os trabalhos,meu caro.. - me aproximei de uma ruiva que dançava sensualmente olhando para mim

-Olá.. - ela disse - É novo por aqui?

-Cheguei a pouco tempo.. Vou parecer metido se disser que a senhorita não tirou os olhos de mim?

-Hmm então você é um observador.. É claro que eu estava olhando, um homem tão..

-Tão..? - beijei seu pescoço

-Tão sexy.. - ela apertou meu membro me fazendo gemer

-Como se chama?

-Rainy.. e você..?

-Michael..Rainy, que tal se fôssemos para lugar mais reservado..?

-Aquelas mesas lá trás estão vazias..

-Me acompanha? - enlacei sua cintura

-Mas é claro..

  Nos sentamos na mesa mais afastada. Rainy estava sentada no meu colo me beijando com vontade,sem nenhum pudor. Faríamos sexo ali mesmo se fosse possível. Ela era fogosa demais,o tipo de mulher que sempre me satisfaz..

-Gostosa.. - espalmei suas nádegas

-Gostou é? Vou pegar uma bebida para nós.. Me espere! - ela saiu do meu colo e em poucos minutos voltou com dois copos - Vem dançar comigo..

-Só se você dançar bem sensualmente para mim..

-Então deixa eu te mostrar..

  Eu alisava seu corpo enquanto Rainy rebolava sugestivamente para mim. Vez ou outra nos beijávamos calorosamente, eu estava excitado demais,não via a hora de estar na cama fodendo Rainy do jeito que eu gosto.
  Quando separei nossos lábios novamente, ela passou a morder o lóbulo da minha orelha. Me petrifiquei ao piscar duas vezes e dar de cara com Michelle e sua amiga. Ela sorria incrédula até ter certeza de que era realmente eu que ela estava encarando.

-Michelle? - gritei assustado

-Que? - Rainy perguntou. Praticamente a empurrei para eu ir atrás de Michelle

-Espera! - segurei seu braço

-Tá tudo bem Michael.. Volta pra pista, não se preocupe comigo! - disse convicta

-O que você viu..

-Foi um homem solteiro se divertindo.. Já está tarde pra mim, boa noite Michael! - ela saiu apressada e eu a perdi no meio da multidão

-Merda Michael,olha a porra que você fez! Meu Deus e agora? - eu estava aflito e desesperado demais, e isso me assustava..



Capítulo 11

Michael


  Passei uma hora na porta do apartamento de Michelle tocando a campainha. Ela precisava me ouvir, Deus eu nem sei porque quero me explicar tanto,mas não posso deixar que ela pense que sou um canalha. Na verdade eu sou um canalha!Toquei a campainha mais cinco vezes e nada!

-Porra,para de tocar essa merda! - uma senhora,moradora do outro apartamento berrou - Ela não está em casa!

-A senhora tem certeza?

-Querido eu sou os olhos desse prédio! Agora vá embora antes que eu chame a polícia!
* * *

- Dois dias James. Dois dias que eu não a vejo. Ela não atende minhas ligações,nem responde as mensagens..

-Porra Michael,eu não gastei essa grana toda pra você melar tudo!

-Eu sei que mandei mal ok? Mas eu vou consertar essa burrada!

-Acho bom! Ela trocou de número.

-O que?

-Michelle trocou de número,por isso você não consegue falar com ela.

-Ela trocou por causa de mim?

-Cara você não é o centro do universo! O chip dela deu problema!

-Ah sim.. E você vai me dar o número?

-Vou,mas escuta bem. Você vai consertar essa merda e vai se afastar dela.

-Como assim? - perguntei assustado

-Michael eu te pedi um favor e você cumpriu,ponto. Só quero que reverta a situação e depois fim de papo.

-Tão rápido?

-Pra quem não queria nem um dia.. Relaxa, não vou pedir o dinheiro de volta! - James piscou e deixou minha casa

  Acho que pela primeira vez eu pensei em tudo,menos na grana. Mas eu tinha uma dívida com Michelle, e eu prometi a James que iria levar a garota nas nuvens e é isso que eu vou fazer.
Depois de alguns minutos peguei o papel que estava o número do celular de Michelle. Abri um sorriso de alívio ao ouvir sua voz.

-Alô..?

-Chelle? É o Mike! - falei com entusiasmo

-Ah Michael? Como arrumou meu número? - merda,e agora?

-Eu.. fui na escola.. e pedi pra sua amiga..

-Ela não me disse nada .

-Michelle,eu sei que está super chateada,mas eu queria te ver.

-Ah você quer me ver?... Olha nas fotos.

-Quero te ver mais de perto.. - falei com a voz mansa

-Mais de perto? Dá zoom nelas. - porra, cadê o amor próprio pra desligar o telefone?

-Michelle,por favor. Me escute! Nem que seja por cinco minutos!

-Está bem Michael. Estou nesse momento almoçando, faltam vinte minutos para acabar..

-Isso quer dizer que..

-É o horário que posso te encaixar. - disse com uma tranquilidade espantosa

-Me passa o endereço, chego aí na velocidade da luz!

Troquei de roupa rapidamente e saí de casa correndo. Quando montei na minha moto notei que não tinha trocado a calça do pijama. Foda-se, dessa vez Michelle não me escapa!




Capítulo 12

Michelle


   Sim,eu fiquei estarrecida ao ver Michael dançando daquela maneira com outra mulher, e eu sei que o lance não tinha ficado só na dança. Eu sei que não tenho motivos para socar sua cara,afinal eu não sou nada dele. 
  Não passou nem dez minutos da ligação e já pude ouvir o ranger da sua moto.Engasguei com o suco ao ver Michael se aproximando.

-Mentira..! - falei abismada.

  Michael vestia sua costumeira jaqueta de couro com fivelas,mas o que me chocou foi vê-lo com uma calça de pijama,e puta merda, ela moldava muito bem seus "atributos". As pessoas que estavam sentadas nas outras mesas focaram seus olhos em Michael, que não parecia nenhum pouco envergonhado.
   Quando ele se aproximou de mim eu me levantei rapidamente. Eu que não ia ficar perto de um tarado que anda com esses trajes.

-Michelle,eu posso explicar!

-O que especificamente? - olhei em direção ao seu pijama e Michael percebeu do que eu estava falando

-Prefiro não comentar sobre.. isso.. Será que podíamos conversar em outro lugar?

-É melhor mesmo,seu maníaco sexual! - uma senhora indignada disparou contra nós. Tive que conter o riso - Falta de vergonha ..

-Chelle,por favor! - Michael choramingou

-Tá bom! - deixei o dinheiro em cima da mesa e pedi Michael para me seguir até meu carro. Dirigi em silêncio até a escola,e logo estávamos na minha sala

-Michelle, eu não tenho cara pra olhar pra você.. - murmurou

-Então por que me procurou? - fui direta

-Porquê preciso pedir perdão. Eu fui um idiota, um mulherengo..

-Por que está me dando explicações? Afinal,não temos nada um com outro!

-Michelle, eu agi sem pensar.. Não sei o que me deu pra ficar com aquela moça,eu juro que foi no automático..

-Michael você não é moleque,é um homem que sabe exatamente o que faz!

-Está coberta de razão,mas eu só fiz isso porque tenho medo..

-Medo por que?

-Porque estou perdidamente apaixonado por você,garota!

-Então você pega essa paixão e enfia..O que disse?

-Eu disse que estou louco por você Michelle.. -Michael se aproximou me olhando com desejo - Você não sai da minha cabeça nem por reza brava!

-Michael,você tá tirando com a minha cara?

-Olhe bem nos meus olhos,Michelle Willows. Acha mesmo que estou brincando com você? Deixe eu te provar então. - Michael enlaçou minha cintura e sua outra mão pairou na minha nuca

    Seus lábios roçaram lentamente na minha bochecha e logo encontraram minha boca. Meu corpo todo amoleceu quando nossos lábios se conectaram; meu coração batia tão veloz que parecia que a qualquer momento ele sairia pra fora. 
  Sua língua aveludada acariciava meus lábios delicadamente e logo pediu passagem para ir mais fundo. Michael me sentou em cima da mesa e separou nossas bocas para podermos recuperar o fôlego. 
  Foi a coisa mais linda desse mundo o sorriso de satisfação que vi brotar em seus lábios. Não demorou muito para Michael me beijar novamente,agora com mais intensidade. Gemidos escapavam da sua boca,e isso me deixava ainda mais enlouquecida por ele.

-Michael.. - murmurei ao me afastar dos seus lábios - O que você fez comigo..?

-Acho que o mesmo que você fez.. Se me disser que não sente nada por mim,eu entenderei.. - interrompi Michael com mais um beijo ofegante

-Será que eu não pareço uma mulher apaixonada? - vi seus olhos brilharem - Você não sai da minha cabeça desde aquele maldito encontro! - ele riu

-Bom.. Qual o próximo passo..? - Michael mordeu o lábio inferior

-Não faço ideia.. - rocei a ponta do meu nariz no seu pescoço

-Então deixa comigo.. Eu seria muito brega se te pedisse em namoro? - Michael se ajoelhou aos meus pés,me fazendo rir

-Michael,o que é isso?

-É o resultado de um homem apaixonado por uma mulher tão linda como você! E então, vai continuar me torturando? - ele riu

-É claro que eu aceito.. Acho que podemos tentar. Vai que cola? - ele riu novamente

-Ah Michelle, só você mesma.. - Michael me abraçou de uma forma tão carinhosa que me senti extremamente em paz nos seus braços. Ele me segurava com firmeza,era como se eu tivesse perambulado por tantos lugares e finalmente encontrado o meu caminho.



Capítulo 13 

Michael


  Quando eu acho que já aprontei todas,eu vou lá e faço mais uma merda. O que é que eu tinha na cabeça pra dizer que estou apaixonado por Michelle, e pior pedi-la em namoro?
   Agora estou num beco sem saída. Mas poxa vida, ela ficou tão feliz que eu sei que vou magoá-la de qualquer maneira. Só preciso de um tempo para consertar mais essa burrada em que eu me meti.

-E então Michael? Já conversou com a Chelle? - James perguntou

-Sim.. - murmurei

-O que você tá escondendo? Eu te conheço Mike..

-Eu pedi a Michelle em namoro..

-Você o que? - gritou - Michael você é louco? O que te deu pra fazer isso?

-Eu não sei.. Mas quando vi já tinha me declarado e pedido ela em namoro..

-Porra Mike..

-Mas é só por um tempo,é sério!

-Michael,olha a proporção que esse rolo está tomando! Era só pra você ter saído algumas vezes com ela,não para pedi-la em namoro! - disse enfurecido

-Deixa comigo ok? Têm namoros que não duram nem um mês, vai esfriando.. O nosso será assim também, e de quebra ainda curo esse trauma que ela tem para relacionamentos!

-Olha aqui Michael, eu conheço a Chelle há anos e ela é a garota mais especial e incrível que eu conheci na minha vida, e eu não vou deixar que você magoe ela,tá ouvindo?

-Eu não vou magoá-la, eu juro pra você! Farei de tudo pra deixá-la feliz por esse tempo.. Depois cada um segue sua vida!

-Eu espero Michael,eu realmente espero! - James saiu nervoso do meu apê,me deixando ainda mais encurralado

-Deus,me ajuda!! - me joguei no sofá me sentindo o maior canalha da face da terra
* * * *


Michelle


   E eu que pensei que nunca teria sorte no amor. Não sai da minha cabeça a cena de Michael ajoelhado ao meus pés se declarando para mim. Nem nos meus mais secretos sonhos poderia ser tão lindo como a realidade foi. 
   E agora eu sou a namorada de Michael. Deus, isso é melhor do que eu poderia querer. Meu coração parece que está flutuando nas nuvens e nada será capaz de tirar a minha paz.

-Michelle..Michelle acorda! - Paloma chamou minha atenção

-O que foi?

-O que foi é que estou te chamando tem quase dez minutos!

-Desculpa.. Eu tava pensando na vida..

-Pensando na vida ou no Michael?

-Ai eu preciso mesmo dizer..?

-Chelle.. Me conta agora mesmo o que aconteceu!

-Ele se declarou pra mim!

-O que? - Paloma deu um grito que me assustou

-É.. ele se declarou pra mim, disse que está perdidamente apaixonado e me pediu em namoro, e o melhor, ajoelhado!

-Mas isso é uma loucura! Michelle vocês se conhecem a menos de dois meses!

-Eu sei amiga, mas o que podemos fazer se nos apaixonamos?

-Você confia nele Michelle?

-E por que eu não confiaria? Que motivos o Michael teria para mentir pra mim?

-Eu ..não sei.. Mas você não pode confiar cem por cento num sujeito que você mal conhece!

-Qual o seu problema? Foi você que me deu força pra sair com Michael, você me deu a ficha completa dele, você insistiu para eu prosseguir com a relação e agora quer que eu desista?

-Por Deus,não é isso! Só que uma coisa é vocês saírem as vezes e outra completamente diferente é assumir um relacionamento sério com ele!

-Eu não sou uma criança indefesa, Paloma. Posso parecer uma mulher infantil, ingênua,mas burra eu não sou. Eu sei o que estou fazendo.. - a tranquilizei

-Ai Michelle..

-Não se preocupe comigo,ok? Agora está na minha hora. Até amanhã. - lhe dei um beijo e segui para a saída

  Já estava acenando para o táxi quando escutei uma buzina conhecida. Michael estacionou sua moto a centímetros de mim, ele riu com o susto que eu tomei.

-Hey princesa, pensou que eu ia te atropelar? - disse sorridente ao tirar o capacete

-Você é maluco Michael, desde que te vi de pijama eu não tenho mais dúvidas!

-Bem.. acho que foi por esse mesmo motivo que me apaixonei por você.. - Michael apertou minha cintura me arrancando um gemido. Em seguida,me deu um beijo demorado terminando com dois selinhos

-Pra onde você vai me levar?

-Pra qualquer lugar que a madame quiser..

-Hmm eu preciso ir pra casa,tomar um bom banho.. Se quiser me acompanhar..

-No banho? -perguntou com malícia

-Não Michael! - ele riu - Seu bobo, só quero que conheça minha casa..

-Só isso?

-Só! E mais nada..

-Nem um beijo? - Michael acariciou meus braços

-Raios, por que é tão irresistível?

-Hmm bom saber disso, agora vem comigo! - gritei de susto quando Michael me pegou no colo no meio da rua

-Michael,me põe no chão!

-Senhor, que mocinha escandalosa! - Michael gargalhou e me sentou na garupa da moto e aos risos fomos direto pro meu apartamento.



Capítulo 14 



Michelle


-Seja bem vindo! - abri a porta para Michael entrar

-Definitivamente essa casa é a sua cara! É linda,parabéns!

-Obrigada..Mas nem sempre foi organizada. Quando a Paloma morava aqui era uma zona!

-Xii.. então quando se casar comigo,você vai enlouquecer!

-O que disse? - Michael parecia ter se assustado com seu comentário

-É.. eu sou muito bagunceiro entende?

-Ah sim.. Mas tudo nessa vida tem jeito!

-Tem razão.. - Michael encarou o chão

-Eu vou tomar um banho,mas fique a vontade ok?

-Pode deixar. Não demora se não vou lá te buscar!

-Eu tranco a porta!

-Eu arrombo!

-Deus! Me dê licença.. -

   Depois que voltei do banheiro,percebi que Michael estava dormindo no meu sofá. Acho que fiquei uns dez minutos só admirando sua beleza. Parecia que ali ele era só uma criança e isso contribuiu ainda mais para amolecer meu coração.
  Ergui suas pernas cuidadosamente para cima do sofá e ajeitei seu corpo. Michael se remexeu e logo abriu os olhos.

-Desculpa..Não queria te acordar.. - falei acariciando seu rosto

-Não precisa se desculpar,eu que durmo atoa..

-Pode dormir aqui se quiser.

-Tá falando sério? - ele sorriu

-Uhum. Você está cansado e eu morro de medo dessa moto!

-Não se preocupe baby, ela me obedece direitinho,mas.. eu gostei da sua proposta..

-Eu sabia que ia gostar..

-Mas eu vou dormir onde? Esse é o detalhe mais importante!

-Você pode dormir comigo,mas vai ter que se comportar!

-Deixa comigo! - Michael me agarrou e me colocou em cima dele

   Vesti minha camisola e arrumei a cama para deitarmos. Michael estava parado apoiado na parede me observando. Eu sabia que era tentação demais e que provavelmente será difícil resistir a seus encantos.
   Michael tirou a jaqueta,ficando apenas de calça jeans e blusa de algodão. Virei meu rosto quando ele desabotoou o botão da calça e a despiu.

-Pra ficar mais confortável entende? - explicou 

-Sei.. - Michael se deitou e eu fui logo em seguida.

  Meu corpo vibrou quando ele me puxou,ficando mais próximo de mim. Ele segurou minha perna para encaixá-la na sua cintura,e começou a alisar minha coxa,me deixando ainda mais arrepiada.

-Você é tão cheirosa.. - murmurou com o rosto enterrado no meu pescoço. Michael deu uma leve mordiscada no local e aquilo foi o ápice pra mim

   Me ajeitei no seu colo e comecei a distribuir beijos no seu pescoço, queixo,até chegar na sua boca, onde demorei bastante tempo ali.

-Está me deixando viciada em você..

-E isso é bom? - perguntou 

-Agora é,mas no futuro.. E quer saber,eu gosto de viver o presente, o agora.. - falei ao entrelaçar nossos dedos

-E esse agora eu quero viver com você,Michelle.. - Michael apertou minha cintura e se levantou minimamente para me encaixar em seu colo

   Eu sabia qual seria o próximo passo e não estava nenhum pouco receosa. Nunca senti por homem nenhum o que sinto por Michael. A felicidade bateu na minha porta e eu não serei egoísta de impedi-la de entrar.
   Ajudei Michael a retirar sua blusa e pela primeira vez pude contemplar seu corpo. Ele é ainda mais gostoso sem roupa! Os ombros são largos, os músculos bem definidos. Seu corpo, assim como seu rosto,parecem ter sido bem desenhados. 
   Passei minhas mãos por sua pele branca e quente,o olhando com admiração. Michael também foi descendo a alça da minha camisola, beijando e mordendo meu ombro.

-Não precisa sentir vergonha, princesa.. Mas preciso dizer isso..

-O que?

-Você é muito gostosa! - Michael sussurrou no meu ouvido me fazendo tremer e rir ao mesmo tempo - Vou entender se não estiver pronta..

-Eu quero você Michael, agora.. - ele me olhou e me deu um beijo carregado de desejo e paixão.

   Logo senti minha camisola sendo puxada,revelando meus seios para Michael. Ele ficou um tempo os fitando e não demorou muito para começar a massageá-los. Senti minha intimidade pulsar pelas suas carícias.
   Michael arqueou meu corpo para trás e começou a pincelar meus seios com sua língua. Foi impossível não gemer quando Michael os sugava com mais força. Minhas mãos foram parar na sua cabeça,implorando para que ele continuasse.

-Oh Mike..

-Está gostando,princesa? Porque eu estou amando e vai ser difícil parar.. - Céus, só com suas palavras eu poderia gozar. Como um homem consegue ser tão sexy sem o mínimo esforço?

-Muito.. Se quiser não pare.. Temos a noite toda! - Michael sorriu com minha provocação

-Então amanhã não reclame,pois pretendo te deixar muito cansada..

   Michael me deitou no colchão e ficou por cima de mim. Senti seu membro roçar na minha barriga. Já me perguntava quando ele iria tirar a cueca. Ele terminou de descer minha camisola e seus dedos tocaram a minha calcinha de renda.
    Gemi baixinho quando ele também a retirou e com dois dedos passou a massagear meu clitóris e minha entrada molhada. Michael mordeu o lábio ao me ver pronta pra ele.
Assim que ele abriu minhas pernas,pensei que iria tirar a cueca e logo me penetraria. Mas ele foi se abaixando para mais perto da minha intimidade. Deus, eu nunca fiz sexo oral,e muito menos recebi um. Michael notou meu nervosismo e olhou pra mim.

-Confie em mim.. Não imagina como pode ser prazeroso minha língua aqui.. - disse tocando na minha intimidade.

-Vá em frente,baby. Confio em você.. - Michael riu e voltou sua atenção para o meu sexo

   Um arrepio me fez contorcer quando senti sua língua tocando minha intimidade. O prazer foi aumentando na medida em que a língua de Michael me explorava . Deus, a sensação é mil vezes melhor do que eu imaginava, e Michael faz isso tão bem que sei que com homem nenhum ficaria tão excitada.

-Isso.. Continua.. - implorei

-Você é deliciosa Chelle.. Goze para mim ok?

  Não foi preciso pedir,pois eu já estava sentindo espasmos no meu corpo,anunciando meu primeiro orgasmo. Michael me chupou mais algumas vezes e logo me desmanchei na sua boca. Minha respiração estava ofegante,minhas unhas doíam por agarrar o lençol da cama. Acho que nunca tive prazer igual,nem transando normalmente,e se Michael me proporcionou isso apenas com sua língua, imagino como será a partir de agora.

-Isso é muito bom Michael..

-Sabia que ia gostar, agora vem cá. Não terminamos,baby. Te darei mais orgasmos como este.. - Michael tirou sua cueca revelando seu membro.

  Meu Deus! Precisei piscar duas vezes para cair em si. Seu membro é incrivelmente grande, grosso e estava ereto,duro e molhado. Senhor, Michael é um homem completamente abençoado!

-Serei bem carinhoso ok? - disse com a boca colada na minha. Enquanto me beijava,Michael vestiu a camisinha e encaixou seu membro na minha entrada, que por estar molhada,entrava com facilidade. Caso contrário seria difícil caber tudo isso dentro de mim

-Ooh.. - gemi sentindo seu membro entrar mais um pouco,me alargando e aumentando meu prazer

-Você é muito gostosa,cacete! - gemi ainda mais alto quando Michael me penetrou até o fundo - Te machuquei? - perguntou preocupado

-Não,não.. Continua.. - Michael me beijou novamente e começou a se mexer

   Ele começou com calma,rebolando devagar,mas logo foi aumentando as investidas,estocando com força. Minha unhas arranhavam suas costas, e com toda certeza ficariam marcas. 
Me sentei no seu colo e comecei a quicar no seu membro. Nossos gemidos ecoavam no quarto e eu sabia que ele estava adorando.

-Isso meu amor, bem gostoso.. - Michael espalmou minha nádega,mas nada me deixou mais feliz do que ouvir o "meu amor". Rebolei mais rápido e Michael gemia completamente satisfeito

-Quero que goze comigo Mike.. - perdi,mordendo seu queixo. Michael sorriu ainda mais

-Você quer,baby? - suas mãos apertaram minha cintura me ajudando a subir e descer. Os movimentos se tornaram mais velozes por conta do orgasmo se aproximando

  Gememos juntos sentindo todo o prazer se explodindo em um êxtase maravilhoso. Michael continuava estocando enquanto ainda gozávamos. 
  Ele se deitou ao meu lado completamente exausto. Estávamos suados e ofegantes. Michael foi ao banheiro se livrar do preservativo e logo voltou para a cama. Vê-lo caminhando nu pelo meu quarto era a visão dos deuses.

-Vou te dar um babador ok? - disse rindo

-Você é convencido assim mesmo ou fez cursinho?

-Não sou convencido,mas seus olhos te denunciaram,assim como os meus.. - Michael se deitou abraçado a mim - Obrigado Michelle..

-Pelo que?

-Por essa noite.. por tudo,e principalmente por ter entrado na minha vida! - Michael me olhava com firmeza e eu fiquei emocionada ao ouvir suas palavras sinceras.



Capítulo 15 


Michael


  Michelle estava dormindo tranquilamente nos meus braços. Sua pele branquinha e cheirosa tão perto de mim me deixava louco,na verdade,acho que já estou enlouquecendo..
Sua mão foi parar no meu pescoço,me acariciando. Sorri por saber que ela já estava acordando.

-Bom dia,branquela.. - sussurrei no seu ouvido

-Bom dia Mike.. Dormiu bem?

-Maravilhosamente bem! E a senhora?

-Não muito.. Fiquei com medo de te incomodar.

-Mas por que?

-Eu sou muito espaçosa,Michael.. Vá por mim,você não ia conseguir dormir! - ela riu

-Com você grudada em mim eu durmo como um anjo,sua boba! - lhe beijei -Está com fome?

-Uhum.. Você abriu meu apetite!

-Então deixa comigo.. Já volto!

  Enquanto preparava seu café,senti um peso na consciência. Não, eu não me arrependi de transar com ela,pelo contrário, passei a noite toda me lembrando de cada momento. Teria sido melhor se eu não estivesse a enganando, se eu realmente estivesse apaixonado por ela. Agora eu já não tenho noção de como vou sair dessa confusão que me meti.

-O cheiro está ótimo! - Michelle estava com uma toalha enrolada no corpo

-Agora você vai ver o chefe em ação..

-Uau.. Meu Deus! - ela levou as mãos à boca

-O que foi?

-Eu esqueci completamente! Hoje o Raimond chega de viagem e eu prometi que ia esperá-lo no aeroporto!

-E quem é Raimond? - franzi o cenho

-Raimond é um amor de pessoa! Somos carne e unha!

-Desde quando?

-Há uns dez anos.. Ai que saudade do meu melhor amigo! - disse emocionada

-Então ele é gay? - perguntei rindo

-Não. Por que seria? - disse tranquilamente

-Pera ai, ele é seu melhor amigo e é hétero?

-Sim Mike.. Qual o seu problema? - ela riu - Você vai adorar conhecer ele. Agora vou me arrumar, fique a vontade e deixe a chave debaixo da porta!

-Vai me deixar sozinho?

-Você sabe se virar,amor! - Michelle me beijou e subiu correndo para se arrumar - Tchau Mike!

-Tchau.. - ela nem esperou eu responder - Esse Raimond só pode ter vindo das profundezas do inferno!

Michelle


  Estava ansiosa com a chegada do meu amigo. Conheço Raimond na época do ensino médio e desde então não nos desgrudamos mais. Sempre nos demos bem,e hoje vou revê-lo depois de seis meses.

-Chelle! - Raimond me gritou
                            
-Oh meu Deus, Raimond é você mesmo? - praticamente pulei em seu colo, e ele me recebeu com um abraço apertado


                           

-Princesa! Que saudade, está tão linda,Chelle!

-Você também está meu amor! Quero que me conte tudo sobre sua estadia na Patagônia!

-Pode deixar! Teremos muito tempo pra isso,e eu quero me conte as novidades!

-Você vai amar a notícia que eu vou te dar!

-Fala..

-É surpresa! A Paloma vai fazer uma festinha de boas vindas pra você e vou te apresentar a "surpresa"..

-Ah Michelle, o que está aprontando?

-Já vai saber,agora me abrace de novo!!

* * *

   Liguei para Michael o convidando para ir na festa da Paloma. É até bom porque assim ele o conhece e vai tirar essa impressão ruim que tem do meu amigo. Michael aceitou depois de muito insistir,ele parecia estar com medo de ser apresentado,e eu achei engraçada a sua insegurança.
   Decidi também mudar um pouco o visual. Pela primeira vez depois de muito tempo,me sinto bem comigo mesma e mudar por fora acaba aumentando a autoestima. Mas estou tão feliz que   aparência é um mero detalhe quando o seu coração está em paz.
  Michael estacionou a moto,mas parece não ter notado minha presença. Deus,ele estava ainda mais lindo!

-Psiu, não tá me vendo aqui?

-Mi..Michelle,é você? - disse boquiaberto
                   

-É claro que sou eu!

-É que você está tão.. diferente,conseguiu ficar ainda mais linda.. - percebi que seus olhos brilhavam,então me senti confiante

-Se você aprovou,então está ótimo! Podemos ir?

-Claro,mas antes vem aqui dar um beijo no seu namorado! - Michael me agarrou com firmeza e me deu mais um dos seus beijos que me deixam fora de órbita



Capítulo 16 

Michael


  Merda, mil vezes merda! Fui convidado justamente para ir na casa da mulher que me contratou para sair com Michelle. Imagino o clima que vai se instalar quando chegarmos nessa festa, e o pior disso é que vou conhecer o tal amigo da Chelle..

-Relaxa Michael.. A Paloma vai adorar te conhecer! - Michelle tentava me tranquilizar

-Tomara, gata.. - entramos de mãos dadas na casa da sua amiga

  James arregalou os olhos quando me viu. Droga,se ele der bandeira todo o plano irá por água a baixo. Michelle me levou até os dois para me apresentar.

-Oi pessoal.. Bem, esse aqui é o Michael. Michael, apresento Paloma e James,meus amigos! - foi a cena mais desconcertante do mundo cumprimentar os dois como se jamais tivesse os conhecido

-Prazer em conhecê-los.. -murmurei

-O prazer é todo nosso! Então é você o cara que roubou o coração da Chelle? - James disse me alfinetando

-Na verdade foi Michelle quem roubou meu coração..

-Você é tão fofo,meu amor! - disse emocionada. Ela parou de me beijar quando avistou alguém entrando,e se afastou

-Michael, você disse que ia dar um jeito nisso! - James me repreendeu

-O que você quer que eu faça? Que termine com ela agora?

-Você sabe muito bem do que estamos falando! - Paloma interferiu - Espero que não magoe ainda mais a minha amiga!

-Michael? - Michelle voltou acompanhada de um rapaz - Deixe eu te apresentar, esse é o Raimond!

-Prazer em conhecê-lo! - ele disse ao apertar minha mão

-O prazer é meu. - tentei soar educado

-Então Raimond.. essa é a novidade que eu te falei. Michael e eu estamos namorando! -percebi que seu sorriso se desfez minimamente

-Isso é sério,Chelle? - disse surpreso

-É sim! É difícil me imaginar comprometida ne? - ela riu

-Engano seu,princesa! Eu sabia que uma hora você encontraria alguém. Só um idiota poderia desperdiçar uma mulher tão linda e maravilhosa como você! - poderia muito bem ter sido uma indireta para mim

-Mas não precisa se preocupar, farei Michelle muito feliz! - disse com firmeza,enlaçando a cintura dela

-Eu sei que vai, amor.. Vamos sentar?

-Uhum! - finalmente!

-Depois senta com a gente,Ray!

-Já estou indo! - ele piscou para ela e se afastou

-Nossa.. - digo ao me sentar

-O que foi Mike?

-Pensei que ele não ia te soltar mais! - ela riu

-Que bobagem! Sempre fomos grudados e como ele passou seis meses fora,a saudade é grande!

-Espero que matem essa saudade logo!

-Você está com ciúme?

-Que? Eu? Não, eu não sinto ciúmes!

-Ah sei.. Então muda essa cara,baby se não vou pensar que é ciúme mesmo.. - Michelle apertou minha bochecha

-Com licença! - lá vem o "amigo" torrar minha paciência..

-Ray! Está gostando da festa? - Michelle perguntou sorridente

-Muito! Mas agora quero convidá-la para uma dança. Aceita?

-Claro! Eu já volto amor! - Michelle me beijou e pegou na mão de Raimond

   Puta que pariu! Ela quer me testar,só pode! O jeito como ele a aperta amigo nenhum faria. Minha vontade é de tirá-la de perto dele e sair logo daqui. Raimond começou a alisar seu rosto,rindo sem parar. Aquilo foi o fim pra mim. Amassei a lata de cerveja e me levantei furioso.

-Será que pode desgrudar da minha namorada? - falei o tirando de perto dela

-Michael! - Michelle me olhou assustada

-Pera ai cara.. Nós somos amigos, esqueceu?

-Amigos não ficam dançando desse jeito. Se for pra agir assim com ela,é melhor se afastar! - gritei

-Michael,para! - Michelle entrou na minha frente - Vamos embora!

- Está avisado! - repeti mais alto

-Vamos Michael!

  Michelle puxava minhas mãos trêmulas até a saída da casa. Meu corpo ainda estava eletrizado por tamanha raiva que eu estava sentindo!

-O que foi que deu em você? - Michelle disse indignada

-Como o que deu em mim? Viu o jeito que estava dançando com ele?

-Eu já te falei que somos amigos, eu não vi nada demais, ninguém viu nada demais, só você!

-Você quer que eu confesse não é? Quer me ver rastejando? Sim, eu estou morto de ciúmes desse cara e sinto raiva só de lembrar dele tocando seu corpo! - despejei tudo apertando Michelle contra mim. Ela me olhava apática

-Michael..

-Me desculpe,mas não consigo imaginar na hipótese de outro homem te tocando.. te abraçando.. te cheirando.. Você é minha Michelle, e eu não posso e não quero te dividir com ninguém! Você é a minha mulher,ouviu? - Michelle ainda estava chocada e eu aproveitei para tomar seus lábios para um beijo profundo, urgente e sim, um beijo completamente apaixonado.




Capítulo 17

Michelle


 Michael me guiava pelo corredor do seu apartamento. Sua boca não desgrudava da minha e suas mãos apertavam firmemente minha cintura.

-Gostaria de lhe apresentar meu apartamento de outra maneira,mas não vou conseguir.. - disse ao separar nossos lábios

-No momento eu quero só você.. - Michael me pegou no colo e me levou para o seu quarto

-Seja bem vinda à nossa cama!

-Nossa?

-Nossa.. Agora ela é sua também,princesa.. - Michael começou a se despir e eu já me queimava de desejo

 Aproveitei para também tirar meu vestido. Eu precisava senti-lo dentro de mim o mais rápido possível. Michael depositou seu corpo em cima do meu,roçando sua ereção em mim. Decidi criar coragem para ousar também.

-O que foi? - perguntou quando eu me afastei

-Quero que se deite..

-O que vai fazer ein..? - me olhou com curiosidade

-Quero que sinta prazer da mesma forma que me fez sentir ontem..

-Você já me deixa muito excitado, baby..

-Mas quero deixar muito mais.. - sussurrei no seu ouvido

  Michael se recostou na cabeceira da cama e eu rapidamente tirei sua boxer. Seu membro estava duro e molhado,e eu salivei com a visão. Envolvi meus dedos em torno do seu sexo e o movi lentamente. Michael me olhou admirado e começou a gemer alto a medida que eu acelerava a fricção em seu membro.

-Oh Chelle.. - depois que seu membro estava úmido, o introduzi na minha boca

  Michael se contorceu quando comecei a lamber seu membro,que pulsava dentro da minha boca. Michael induzia minha cabeça para ir sugar mais fundo seu pau.

-Cacete..Você faz isso muito bem.. Oh continue,amor.. - pelos seus gemidos,Michael estava prestes a gozar. Ele me puxou para perto dele e invadiu minha boca com um beijo sedento - Gostosa..Você foi perfeita!

-Foi você que provocou isso em mim..

-Então agora é a minha vez de te enlouquecer!

  Michael montou em cima de mim e me penetrou.Aos poucos,os movimentos se tornaram mais rápidos. Michael estocava deliciosamente e foi nesse ritmo até gozarmos juntos.
* * *

  Acordei me sentindo extremamente cansada. Depois de termos feito amor, repetimos a dose no meio da noite. É incrível como estamos sempre prontos um para o outro.
Olhei ao meu redor e não vi Michael, mas escutei um barulho vindo da cozinha. Me espreguicei na cama e me levantei para tomar um banho. 
   Decidi vestir uma blusa do Michael, já que o meu vestido era bem desconfortável. O cheiro que vinha da cozinha estava maravilhoso, realmente Michael é perfeito em todos os quesitos.

-Bom dia! - falei chamando sua atenção

-Bom dia,gata.. Uau! Você ficou muito sexy com a minha blusa..

-Desculpa,mas não tinha nada pra vestir..

-Poderia ficar nua..Não me importo.. - disse mordendo meu ombro

-Seu safado! Adorei sua casa..

-Gostou? Então vai ficar sempre aqui comigo ne?

-Me pedindo desse jeito é impossível dizer não.. - Michael subiu minha blusa e me beijou demoradamente

-Ah Michelle..

-Nossa, quantos papéis em cima dessa mesa!

-Nem me fale.. - Michael bufou

-O que você tem?

-São contas! Preciso calcular a grana que ainda tenho,mas tá difícil..

-Posso ver?

-Claro! - peguei seus papéis e vi diversas contas

-E onde está a dificuldade?

-São contas Michelle! E eu não consigo fazer!

-É aritmética! - ri - Pera ai..Michael você chegou a terminar seus estudos?

-Não.. Não concluí nem o ensino médio! - ele riu

-Mas por que?

-Porque eu comecei a cantar na banda e a escola não era importante..

-Não acredito nisso! E você nunca pensou em voltar a estudar?

-Não.. - deu de ombros - Por que eu faria isso? - riu

- Meu Deus! Se tivesse retardo mental eu entenderia,mas ser um jegue de quase quarenta anos é o cúmulo do absurdo!

-Calma,calma.. Merda, eu esqueci que você é professora!

-Não é só por conta disso! O estudo é importante Michael,não sei de onde tira dinheiro,mas uma hora ele vai acabar. Quer viver pra sempre desse jeito?

-Não.. - murmurou - Mas eu não tenho mais idade pra estudar!

-Não existe idade para aprender. E quer saber? A partir de hoje serei sua professora.

-É serio? - ele sorriu

-Sim! Mas vai me prometer que vai voltar a estudar, que vai concluir o ensino médio!

-Michelle..

-Michael! É importante pra você..

-Certo..Desde que me ajude e esteja ao meu lado.. eu aceito!

-Vamos fazer isso juntos, meu amor.. - Michael apertou minha mão

-Você é mais que um anjo, não faz ideia de como é especial pra mim..

-Eu te amo Michael, muito..

-Oh Michelle.. - não entendi porquê sua voz saiu embargada,mas receber seu abraço tão apertado me deixou ainda mais emocionada.



Capítulo 18 

Michael


   Outra coisa que descobri em Michelle é que quando ela põe uma coisa na cabeça,ninguém consegue tirar, e ela levou muito a sério esse lance de me dar aulas,tanto que ela só sossegou quando me inscrevi na prova do supletivo e agora ela está me ajudando a estudar, o que faz aumentar ainda mais meu remorso.

-Michael você está prestando atenção no livro ou nos meus seios? - disse ao perceber meus olhos no seu belo decote

-Ninguém mandou usar uma blusa assim..

-Minha blusa não tem nada demais!

-Então é você que é peituda mesmo.. - digo em voz baixa

-Michael! - ela acabou rindo - Vamos fazer o seguinte, se você se concentrar nos exercícios,eu te dou uma recompensa.. - disse ao morder meu queixo

-Ah é..? E o que seria?

-Só vai saber se fizer o que estou pedindo!

-Você venceu Michelle,você venceu..

-Agora conserta essa caligrafia, você não é médico pra fazer um garrancho!

-Mas eu só sei escrever assim!

-Não senhor! Sabe o que essa letra diz sobre você?

-Não, o que?

-"Olhe para mim, sou um homem lindo e gostoso,porém tão preguiçoso que não consigo nem pegar numa caneta!"

-Meu Deus! - gargalhei - Você não é desse mundo..

-Tô sabendo. Agora termine o dever e já venho corrigir.

-Sim senhora.. - bufei

-Nada de bufar ein? Quero animação,animação!
* * * *

  Depois de uma semana convivendo com Michelle o tempo inteiro,eu já estava me acostumando com sua companhia,e isso estava me deixando cada vez mais assustado.
Felizmente (ou não), Michelle teve que se afastar. Era semana de prova na escola que ela dá aulas e ela estaria bem ocupada, então decidi sair com meus amigos,voltar a minha "rotina". Eu precisava de uma gata para me distrair e trazer o verdadeiro Michael à tona.

-Não entendi porque sumiu. Por acaso está algemado,Mike?

-Não fala besteiras Pitt, só estava ocupado..

-Ok.. Bebida?

-Mas é claro! - abri um largo sorriso ao ver uma morena se aproximando da bancada

-Tequila,por favor! - ela disse e na mesma hora a reconheci

-Molly? - era uma velha "amiga" minha

-Michael Jackson.. Acho que faz uns cinco anos que não te vejo.. - ela sorriu

-Se me reconheceu é porque ainda se lembra muito bem de mim..

-Mas é claro que sim. Jamais esqueceria um homem marcante como você..

-Opa..Começamos bem! - digo ao me aproximar dela

-Adoraria continuar essa conversa em um lugar mais particular..

* * *

  Levei Molly para o motel mais próximo da boate. Eu precisava possuir essa mulher o mais depressa possível,para provar pra mim mesmo que eu continuava sendo o mesmo Michael de sempre.
  Ao deitar meu corpo por cima dela,foi o cheiro de Michelle que me veio a cabeça, foi a maciez da sua pele que senti encostar na minha,e foi seus lábios que senti tocar nos meus. 
Mas não, não era a Michelle ali,e sim mais uma vadia qualquer que eu estou acostumado a me relacionar.
   Eu não estava conseguindo prosseguir com aquilo. Merda,isso nunca aconteceu comigo!

-O que foi Michael? - Molly perguntou confusa ao me ver se afastar dela

-Eu não sei.. - digo atordoado - Me desculpe Molly, eu.. eu tenho que ir embora..

-Hey,calma.. Está tudo bem mesmo?

-Eu.. me desculpe por isso. - voltei a abotoar minha blusa e deixei o dinheiro em cima da cama

   Mas que inferno está acontecendo comigo? Eu nunca amarelei na minha vida,ainda mais com uma mulher como a Molly. Mas foi só fechar os olhos que a imagem de Michelle veio com tudo,me deixando sem ação,literalmente. E isso me deixou profundamente irritado.
  Cheguei em casa espumando de ódio,totalmente inconformado com minha desenvoltura na cama. Que diabos está acontecendo comigo? 
Escutei um barulho vindo da cozinha e logo a voz de Michelle ressoou na sala.

-Oi amor! Decidi fazer uma surpresa, espero que goste de panquecas..

- O que tá fazendo aqui?

-Como assim? Você me deu a chave e disse para eu vir assim que saísse do trabalho.. Não imaginei que me receberia assim..

-Ah eu to cansado disso tá legal? Se não gosta do meu jeito,dá o fora!

-O que deu em você? - perguntou assustada

-Nada Michelle, porra me deixa em paz,ok? Quero ficar sozinho ! - gritei. Michelle me olhava estática

-Certo.. - ela respirou fundo e pegou sua bolsa - Quando acabar a crise de grosseria e estupidez ,talvez eu estarei disposta a te ouvir. Boa noite! - Michelle tinha os olhos cheios de lagrimas e saiu batendo a porta

-Merda! - derrubei o que vi pela frente - Meu Deus,o que é isso que eu estou sentindo? Não faça ser o que estou pensando, por favor..



Capítulo 19 

Michelle


  Cheguei em casa me sentindo um lixo. Jamais foi minha intenção pressionar Michael, sinceramente não entendi sua explosão,mas se ele quer ficar sozinho,eu que não vou insistir.
Depois de tomar meu banho,decidi me enfiar debaixo das cobertas. O frio estava castigando e eu me xinguei por querer Michael ali comigo.
   Eu já estava quase dormindo quando a campainha tocou. Me levantei preguiçosamente,me preparando para soltar um palavrão,mas me surpreendi quando abri a porta e dei de cara com Michael.

-O que quer aqui? - perguntei seca

-Implorar por desculpas.. - murmurou

-Hmm só isso?

-Como só isso? Michelle,me perdoa. Eu fui um ogro com você..

-Eu não tô afim de te ouvir ok? Vai embora,por favor! - Michael forçou o pé na porta quando tentei fechar

-Eu não vou embora enquanto não consertar minha burrada!

-Então durma do lado de fora! - soquei a porta com força e só escutei seu gemido. Fiquei tentada em abrir a porta para saber se ele estava bem,mas eu estava magoada demais para isso.

  Acordei no mesmo horário de sempre para fazer minha caminhada matinal. Enquanto selecionava a música no meu celular,abri a porta sem prestar a atenção e acabei tropeçando em alguma coisa.

-Aah!! - era Michael dormindo do lado de fora da minha casa

-Bom dia princesa.. -disse sonolento

-Michael,o que está fazendo na porta da minha casa?

-Eu disse que só sairia daqui quando você abrisse a porta!

-Você é louco,Michael! Levanta desse chão frio, você vai ficar doente,perdeu o juízo? - Michael se levantou e rapidamente o ajudei a se sentar no sofá - O que aconteceu com nariz?

-Ah esse sangue? É resultado de uma porta na cara! - disse rindo

-Nossa.. Eu não queria te machucar! Espera,eu vou pegar um gelo.

  Voltei com um saquinho de gelo e coloquei no seu nariz. Michael gemeu pela dor,mas logo foi se acostumando e seu nariz só inchava mais,me fazendo rir.

-Está rindo da minha dor?

-Desculpa.. Mas está parecendo o Rudolph com esse nariz vermelho!

-Está me comparando com uma rena de natal? A culpa foi sua, mocinha! - Michael apertou meu nariz e foi ai que percebi que a raiva da tinha passado,mas me afastei

-Toma esse lenço pra limpar o sangue..

-Michelle,senta aqui. Me desculpa,de verdade. Eu não podia ter te tratado daquela maneira..

-Michael, eu não sou burra. Sei que tem alguma coisa te perturbando,mas fica a seu critério se abrir comigo ou não. Só lhe digo uma coisa,você pode e sempre terá uma amiga em mim,mas não um saco de pancadas que você desconta suas raivas e frustrações.

-Você tem me ensinado tanta coisa que me deixa abismado.. E você está coberta de razão. Não imaginei que me entenderia tão bem, apesar de eu não merecer nem um terço do que você faz por mim..

-Ah Michael.. Amor não se mede,nem se implora,não é egoísta. O amor faz compreender, esperar com paciência.. "Tarde demais o conheci, por fim; cedo demais, sem conhecê-lo, amei-o profundamente".

- William Shakespeare.. - sorriu - Eu preciso de você,Michelle. Preciso que me ajude.. - disse com a voz embargada

-E eu vou estar aqui, sempre.. - Michael me abraçou e deitou a cabeça na minha perna.

  Nunca pensei que veria Michael demonstrar fragilidade,ainda mais para uma mulher. Por mais que tenha me magoado no seu apartamento,eu o entendo,pois consigo enxergar seu coração e sei exatamente o que está acontecendo com ele..

Capítulo 20 

Michael


   Graças aos deuses,Michelle me perdoou. É incrível como meu coração ficou em paz depois de termos feito as pazes. Michelle se sentiu culpada pelo meu nariz machucado,então me paparicou de todas as formas possíveis.
   E para me retratar com ela,decidi fazer uma surpresa. Convidei ela para vir comigo passear em Nova Jersey. Michelle disse que faz tempo que queria ir na praia,embora não saiba nadar direito.Como Nova Jersey fica bem pertinho daqui, fomos de moto mesmo. E é uma delícia a companhia dela, sei lá.. parece que ao seu lado tudo ganhar cor,vida..

-Michael,esse lugar é lindo! - disse encantada com a visão. A brisa do mar já tocava nosso rosto.

-Vai adorar mais ainda quando pôr seus pés na areia. Vem, princesa! - peguei na sua mão e seguimos descalços à praia

 Michelle estava naturalmente linda dentro de um vestido branco de seda. Estava com os cabelos bagunçados por conta do vento. Parecia uma criança correndo pela praia.

-Hey, me espere aí mocinha! - corri para alcançá-la

-Amei esse passeio Mike.. É tão perfeito,dá vontade de morar pra sempre num lugar desse!

-Querer é poder,baby..

-Você tem razão. Quero passar os últimos dias da minha vida em um lugar tão mágico como esse..

-Não fala isso,por favor! - instintivamente a abracei forte

-O que foi amor?

-Não quero que fale sobre morte.. Gosto nem de pensar nessa hipótese!

-Relaxa Michael.. Pretendo morrer quando estiver bem velhinha!

-De preferência ao meu lado! - puxei seu rosto e depositei um cálido beijo em seus lábios

-Se Deus quiser,e você também..

-E eu quero muito! - me surpreendi com a seriedade em que eu lhe respondi

-Uau! Olha aquelas pedras! - apontou o dedo em direção às ondas que quebravam nas pedras

-Bonitas né?

-Muito. A visão lá em cima deve ser perfeita! Eu vou lá.. - Michelle se desvencilhou dos meus braços e correu para subir na pedra

-Michelle,volta aqui! É perigoso! - ela já tinha subido nas pedras e estava de braços abertos encarando a imensidão azul

-Michael,a visão daqui é perfeita!

-Chelle,vem pra cá.. - digo ao subir na pedreira

-Espera, olha essa onda quebrando! - Michelle se esgueirou para olhar e acabou se desequilibrando

-Michelle! - gritei aterrorizado ao ver ela caindo no mar

   Mais do que depressa tirei meus sapatos e pulei mar a dentro. Quando voltei a emergir,pisquei meus olhos repetidas vezes para encontrar algum sinal de Michelle. Meu coração estava quase saindo pela boca,mas me aliviei ao ver sua mão espalmando a água. 
   Mergulhei em sua direção e antes que seu corpo afundasse totalmente,consegui puxá-la de encontro a mim. Michelle já estava roxa e desacordada.Segurei ela firmemente nos meus braços e nadei de volta a praia. Peguei ela no meu colo e a deitei na areia.

-Meu amor,acorda! - fiz a massagem cardíaca dezenas de vezes e nada.Optei pela respiração boca a boca,e na terceira tentativa Michelle cuspiu a água que engoliu. Estava ainda mais pálida e tremia de frio.

-Michael.. - gemeu

-Graças a Deus! - deitei minha cabeça no seu peito controlando meu nervosismo, e sim eu estava chorando feito uma criança

-Tá tudo bem Michael.. - sua mão gelada pairou no meu rosto

-Pensei que tinha te perdido Michelle.. Nunca mais faça isso, por Deus!

-Calma.. Eu estou bem agora! - disse ao se sentar

-Meu amor, eu não sei o que seria de mim se não tivesse te encontrado..

-Não fique assim,me desculpe..

-Como não? Eu não posso perder a mulher da minha vida. Te amo tanto Michelle que estou a ponto de enlouquecer! - ela me olhou surpresa e eu fiquei mais ainda

  Mas não,dessa vez não foi uma encenação. Dessa vez deixei meu coração falar mais alto. Até quando ficarei escondendo esse sentimento? Eu amo essa mulher, não me restam dúvidas! E eu serei um homem digno de merecer o seu amor. Agora sim estou fazendo a coisa certa. É ao lado dessa mulher que quero passar o resto da minha vida,pois Michelle me fez ver que eu também tenho um coração e que não há nada mais precioso que o amor verdadeiro.




Capítulo 21 

Michelle


-Eu também te amo Michael, agora fica calmo,já passou.. - acariciei seus cabelos molhados

-Você vai me deixar de cabelos brancos,garota! - ele sorriu - Acho melhor nos hospedarmos em um desses hotéis beira-mar. Vamos acabar adoecendo!

-Você tem razão.. - tentei me levantar,mas as pernas falharam

-Hey, você ainda está fraca! - Michael me levou no seu colo até o hotel que ficava próximo da praia

  Michael me ajudou a tomar banho e me secar. Ele estava sendo um fofo comigo,tentando o máximo se controlar e focar apenas no banho. Logo depois vestimos o roupão enquanto nossas roupas secavam.

-Fica deitada e beba bastante a água que eu trouxe. Você precisa se hidratar..

-Ok Michael,agora senta aqui e relaxa um pouco..

-Depois dessa gracinha que você aprontou,está merecendo um castigo!

-Castigo é..?

-Sim,só vou quebrar seu galho porque precisa descansar,mas assim que voltarmos pra Nova York..

-O que vai acontecer?

-Você vai estar no aço Michelle Willows..

-Acha que mete medo em mim?

-Tenho certeza! - Michael deitou seu corpo por cima do meu - E agora,ainda tem dúvidas?

-Você é tão lindo.. - a declaração saiu no automático

-São seus belos olhos verdes,minha princesa..

-Adoro quando me chama assim..

-Mesmo eu não sendo um príncipe encantado?

-Você é o meu príncipe, um príncipe torto,mas continua sendo! - ele riu

-Como está se sentindo?

-Bem.. Por que?

-Porque quero fazer amor com você,agora.. - disse ao desfazer o laço do meu roupão

-Não estou afim.. - fingi

-Ah não? Eu posso persuadi-la.. - Michael apertou meus seios demoradamente me arrancando um gemido

-Oh Mike.. Isso é muito bom..

-E agora? Mudou de ideia..?

-Achou mesmo que eu não queria?

-Fazendo doce né Michelle? Agora quero sua boca trabalhando de um outro jeito!

 Michael terminou de arrancar meu roupão e atacou minha boca com um beijo demorado. Logo estávamos entregues um ao outro,mas dessa vez senti um Michael ainda mais intenso e amoroso.
Michael


  Depois de voltarmos para Nova York, pedi para Michelle ficar no meu apartamento,pedi não,implorei! Quero ficar de olho nessa garota, não só por isso,mas é que estou tão apaixonado,que não consigo ficar um minuto longe dela.
  E agora que coloquei meus sentimentos pra fora,preciso dar um jeito nas minhas atitudes. Não posso continuar agindo como se tivesse enganando Michelle.

-Michael? Ah que devo a honra da sua visita? - James me recebeu educadamente

-Quero ter uma conversa séria com você. Tá com tempo?

-Claro,pode falar!

-Tá aqui a grana que você me deu. Devo ter gasto uns dois mil,mas prometo que vou te devolver.

-Pera ai, você tá desistindo de novo?

-Sim, e é de uma vez por todas.

-Mas eu achei que vocês estavam se dando bem..

-E estamos..

-Já sei,você quer mais dinheiro? - riu

-Não James, eu estou desistindo dessa palhaçada porque eu..

-Você..?

-Eu descobri que estou apaixonado por ela. Eu amo a Chelle e não posso continuar com essa armação!

-Meu Deus! - James me olhava chocado - Quer dizer que tu tá de quatro pela Chelle? Quem diria.. O feitiço virou contra o feiticeiro!

-Eu poderia estar te xingando,mas tudo que eu posso fazer é te agradecer por me ter feito essa proposta!

-Imagina.. O destino prega peças na gente. E se tem uma coisa que eu posso dizer é que a Michelle vai te fazer muito feliz. Ela tem um coração enorme!

-Eu sei.. e tem sido ela a responsável por mudar minha vida.. Caramba,eu nunca senti isso,James!

-É o amor Jack! Mas você vai contar a verdade?

-Nossa.. nem me fale disso! Agora eu vejo a confusão que estou metido..

-Ela não vai reagir muito bem, fora que vai prejudicar a amizade dela com a Paloma. Você sabe,elas são amigas desde a adolescência..

-Se eu me ferrar,ferro todo mundo.. - passei as mãos nos cabelos

-Pensa bem cara.. Pelo menos dê um tempo,ok?

-Certo.. Eu vou pensar em como me abrir com ela. Bem,eu vou indo. Preciso cuidar da minha branca de neve!

-Puta merda,tá igual um carneirinho - James riu - Vai lá mano, e relaxa,vai dar tudo certo!

-Que Deus te ouça, se ele puder escutar!



Capítulo 22

Michael


  Depois de ter devolvido a grana do James,eu me sinto um pouco mais leve. Claro que isso não resolve tudo,mas só de saber que não estou mais com esse dinheiro sujo fico aliviado.
O foda que eu tinha planos para o dinheiro. Queria comprar um piano para poder trabalhar em casa, compor minhas músicas e continuar fazendo o que eu gosto.
Mas tudo bem, eu vou conseguir esse dinheiro de forma honesta,mesmo que demore um bom tempo pra isso.
   Mas hoje é um dia tenso pra mim. Daqui a algumas horas eu farei a prova do supletivo. Se eu passar na prova,começo a estudar. No início eu estava achando um saco,mas Michelle conseguiu me motivar e agora estou roendo as unhas de ansiedade.

-Michael você não pode ficar nervoso, se não vai atrapalhar tudo!

-Eu sei Chelle, mas tem vinte anos que eu não estudo!

-Tem pessoas bem mais velhas que você que estudam,fazem faculdade.. O início é difícil,mas você é um homem esperto,inteligente!

-Só você pra levantar meu astral..

-Sempre farei isso amor! Agora vai lá e lembre-se,concentração e calma! - Michelle me beijou e fez o sinal da cruz em mim,me abençoando

-Te amo tá?

-Também te amo, boa sorte!
Michelle


  Michael já está há duas horas na sala de aula e eu estou quase enfartando de ansiedade. O gabarito vai sair assim que terminar,ou seja, Michael vai voltar com o resultado. Peço a Deus que ele tenha conseguido. Michael merece mudar sua vida e realizar seus sonhos.
Depois de meia hora ele saiu da sala com a prova em mãos. Seu olhar estava indecifrável,então não tinha como eu saber se ele passou ou não.

-E então..? - perguntei temerosa

-Hmm..

-Michael fala logo!

-Eu passei Chelle,passei! - Michael quase me derrubou no chão quando me abraçou

-Oh Michael! Parabéns meu amor, estou tão orgulhosa!!

-Foi graças a você,minha princesa! Te amo tanto Michelle,puta merda!

-Hey,não precisa me xingar,boca suja! - Michael riu - Ainda bem que você passou,se não a surpresa ia melar..

-Que surpresa?

-Vem comigo que eu te mostro..

* * *

-Uma surpresa na minha casa? - perguntou desconfiado ao girar a maçaneta da porta do seu apartamento

-Sim..E eu sei que você vai adorar..

-Posso abrir meus olhos agora?

-Pode! - Michael perdeu a fala quando viu um piano na sua sala de estar

-Michelle,como..?

-Eu vi várias revistas de instrumentos musicais e tinham  modelos de pianos marcados,então..

-Você comprou pra mim?

-Esse piano era do meu pai. Ele amava tocar.. E depois que ele morreu eu não tive coragem de desfazer. Quando soube que você estava querendo um,eu mandei restaurar..

-Amor,você não imagina como eu tô feliz! Mas é do seu pai, eu não posso aceitar..

-Pode e deve! Sei que está em boas mãos!

-Muito obrigado Chelle.. Caramba, esse dia tá perfeito! E tudo graças a você.. - Michael se aproximou,mas me afastei

-Espera! - senti um líquido quente descer pelas minhas narinas. Corri até o banheiro para poder lavar,era sangue

-Amor tá tudo bem?

-Sim.. Expeli sangue, esse tempo seco é horrível!

-Pode ser alguma coisa séria! - me olhou preocupado

-Não é não amor, eu vou passar um remedinho e melhora. Agora vai aproveitar seu piano!

-Então vem aqui.. Vou tocar uma música pra você!

-Oba! - Michael me puxou pela cintura e me fez sentar no seu colo enquanto conferia os teclados. 

  Michael parecia uma criança com os olhos brilhando de felicidade e eu me senti ainda mais feliz de saber que contribui para isso..



Capítulo 23 

Michael


  Se eu for resumir minha vida nesses últimos meses, só posso dizer que tem sido os melhores da minha vida. A cada dia que passa,me vejo ainda mais apaixonado por Michelle, coisa que eu nunca pensei que fosse acontecer.
  Pedi para Michelle morar comigo, mas ela foi irredutível em não aceitar. Eu implorei,fiz chantagem emocional, puxei o saco dela e nada. Michelle não quer sair do seu apartamento de jeito nenhum.

-E ai Mike.. Como que anda a vida de casado? - James zombou

-Seria uma vida de casado se Michelle aceitasse morar comigo!

-Ih.. já tá assim é? Por que não pede ela em casamento logo?

-Casamento?

-Sim,você não pensa nisso?

-Pra ser sincero sim,mas sei lá.. eu tenho medo.

-Medo de que,rapaz?

-Eu não tenho noção de como é viver casado. E depois vem os filhos..Caramba,já imaginou eu pai de um filho da Chelle?

-Pô cara,se você já está pensando nisso, é porque no fundo quer uma relação mais sólida..

-Com Michelle eu quero tudo,James. Mas não posso construir uma vida com ela a base de mentiras! Mas me falta a porra da coragem..

-Eu andei conversando com a Paloma, e nós sabemos que uma hora a verdade vai ter que aparecer..

-Sinto que essa hora está pra chegar, mas só de saber que vou magoá-la,me dói tanto..

-É o risco que você tem que correr,meu amigo.. Se eu soubesse que vocês iriam ficar juntos de verdade, eu teria apenas te apresentado à ela.. - riu

-Infelizmente não dá pra voltar no passado.. Bem, deixe eu ir. Hoje consegui convencer a branquela de dormir lá em casa!

-Vai lá curtir sua namorada.. - me despedi de James e parti pra minha casa. Mesmo com o peso na consciência, eu conseguia me distrair só de saber que a minha garota está em casa me esperando

-Chelle.. Amor? - estava tudo em silêncio,nem sinal de Michelle

  Abri um sorriso ao parar na porta do meu quarto. Michelle estava deitada na cama, com uma lingerie branca de rendas, ela sabe que é a minha preferida. Ela me olhava sedutoramente com um sorriso torto. Rapidamente tirei a jaqueta e me aproximei da cama.

-Você tá querendo me matar,não é garota?

-Só se for de prazer,docinho!

-Eu gosto disso,minha criança.. Nem anjo,nem diabo.. - encaixei Michelle no meu colo e lhe beijei com vontade - Eu amo você Michelle..

-Também te amo muito! - estava quase tirando seu sutiã,quando a campainha tocou

-Eu espero que seja meu vizinho pegando fogo,só assim pra poder nos atrapalhar! - ela riu

-Calma amor, teremos a noite toda.. Pega pra mim o roupão.

-Certo, eu já volto! - fui até a sala bufando de raiva,mas fiquei ainda mais quando vi que a pessoa era Molly

-Michael! Que bom que te achei em casa.. - disse sorridente

-Molly, o que tá fazendo aqui?

-Eu queria te ver..Desde aquele dia você sumiu do bar..

-Eu ando ocupado..

-Não precisa sentir vergonha de mim, eu te entendi perfeitamente. Pode desabafar comigo, querido..

-O Michael não precisa desabafar com outra mulher, ele pode fazer isso com a namorada dele! - Michelle disse firme.Molly ficou surpresa,e eu mais pálido ainda

-Me desculpe,eu não imaginei que estava comprometido..

-Bem,acho que agora você já sabe. - disse com o tom de voz mais sério

-Eu vou embora, e mais uma vez,me desculpe o incômodo.. - Molly foi embora envergonhada. Fechei a porta e tomei coragem para me virar

-Michelle,eu posso explicar.. - ela riu e voltou pro quarto. Colocou o vestido e pegou a bolsa,mas eu segurei seu braço - Michelle,olha pra mim!

-Michael eu não quero brigar ok? Me deixe ir embora,eu não estou mais no clima..

-Ela é só uma velha amiga!

-Velha amiga que vem te visitar as onze e meia da noite? Vestida daquele jeito? Outra hora a gente se fala, me dê licença!

-Eu não vou deixar você ir! Não antes de termos uma conversa muito séria!

-Que conversa Michael?

-Coisas que eu devia ter falado há muito tempo. Você pode me escutar?

  Não dá mais pra adiar essa conversa. Eu não posso continuar escondendo a verdade,pois eu tenho certeza que essa bomba vai acabar estourando,e eu ainda tenho a chance de provocar menos estragos.

Capítulo 24 

Michael


-Tudo bem, fala.. - Michelle se apoiou em mim e se não a seguro rapidamente,ela tinha caído no chão

-Michelle? Fala comigo,por favor! - a coloquei no sofá desacordada. Estava pálida e com os batimentos fracos

 Michelle simplesmente não reagia e eu já começava a me desesperar. Peguei um copo de água e molhei seu rosto. Aos poucos ela foi despertando e abrindo os olhos.

-Michael.. - disse com dificuldade

-Estou aqui,meu anjo.. Consegue me ver?

-A visão tá um pouco embaralhada.. - Michelle apertou os olhos e voltou a me encarar

-Vamos para o hospital agora!

-Não precisa.. Já estou melhor. A minha pressão deve ter abaixado..

-Tem certeza?

-Tenho. - disse a se afastar de mim - Agora me diz o que tanto quer contar! -eu não poderia contar a verdade agora que Michelle está mal, seria desumano fazer isso com ele no jeito que ela está

-É que você precisa acreditar nos meus sentimentos. Se digo que te amo,é a mais pura verdade. Você é a única mulher que eu quero,entenda!

-Tem certeza disso?

-Absoluta! Eu posso ter demorado para perceber isso,mas hoje a única certeza que eu tenho é que você mudou minha vida! Eu quero você ao meu lado como minha mulher, a mãe dos meus filhos,quero viver pra sempre ao seu lado,sempre! - Michelle me olhava emocionada

 Embora eu não estivesse contando a verdade,cada palavra que eu disse foi sincera. Eu precisava dizer tudo que ainda estava guardado no meu coração

-Eu também quero viver ao seu lado pra sempre,mas não quero continuar insegura..

-Não tem motivos para se sentir assim. Por você eu deixei de ser um moleque e hoje sou um homem com responsabilidades, que pensa no futuro.. Você que provocou todas essas mudanças em mim,me mostrou o que é felicidade. E independentemente do que acontecer, você precisa acreditar no que estou dizendo..

-Eu te amo Michael.. Isso é tudo que realmente importa.. - lhe dei um beijo calmo e demorado.

   Michelle ainda estava pálida e se sentia tonta,mas não quis ir ao hospital, então achei melhor ela descansar. Eu estava preocupado com sua saúde e como eu não sabia o que fazer, liguei para Paloma e contei do desmaio de Michelle.
  Na manhã seguinte,acordei mais cedo que o normal. Paloma e James virão aqui para ver como Michelle está, e a me ajudar a resolver essa confusão.

-Bom dia Mike.. - dei passagem para os dois entrarem

-Bom dia Paloma,James..

-Como está a Chelle?

-Ainda está dormindo. Ela passou mal depois de uma discussão..

-Mas foi tão séria a briga? - Paloma perguntou

-Uma amiga veio me procurar e a Michelle não gostou..

-Amiga ou alguma amante? - Paloma disse furiosa

-Fala baixo! - disse James - Quer que a Chelle acorde?

-Ela é uma pessoa do passado.. Acontece que antes de eu perceber que estava gostando da Michelle, eu tentei me relacionar com a Molly,mas não deu certo..

-Por que será que os homens não podem sossegar com uma mulher só?

-Eu sei ok? Mas agora é diferente, eu a amo! Amo tanto que estou prestes a falar toda a verdade pra Michelle!

-Que verdade? - paralisei ao escutar a voz de Michelle - Me responda!

-Michelle.. - Paloma foi abraça-la,mas ela se afastou

-Quero a verdade Paloma! - gritou

-Tudo bem,não posso mais adiar! - falei decidido - Eu vou te contar tudo.

-Então comece! - pediu

-Eu não fui totalmente sincero quando nos conhecemos. Eu e James somos amigos há muitos anos ..

-Eu não estou entendendo..

-Deixa que eu explico,Michael. - James interferiu - Quando você passou por aquele pesadelo no primeiro encontro na internet,eu e a Paloma nos sentimos culpados pelo que aconteceu ..

-Então eu pedi a ajuda do James.. - disse Paloma - Não queríamos que você ficasse traumatizada pelo que aconteceu.. Eu queria que você tivesse um encontro perfeito,para que você se animasse..

-E o que o Michael tem a ver com isso? - Michelle perguntou com a voz trêmula

-O Michael havia acabado de chegar em NY. - James voltou a explicar - E como queríamos alguém de confiança, eu pensei que Michael pudesse nos ajudar.

-O James me fez a  proposta. Me ofereceu uma grana para que eu o ajudasse. Eu acabei aceitando.. Fiz o perfil e me passei por um pretendente do site..

-Ai meu Deus! - Michelle tampou o rosto com as mãos,horrorizada

-Tudo começou como um plano,mas depois..

-Chega! - gritou - Eu já escutei demais! Meu Deus, isso é tão cruel.. Como tiveram coragem de fazer isso comigo? Eu não pedi para fazerem nada por mim! Vocês se meteram na minha vida, não podiam ter feito isso! - Michelle correu para a porta e eu tentei impedir

-Michelle volta aqui!

-Me deixam em paz! - ela gritou e foi embora chorando copiosamente

-Deixa, Michael.. Eu vou atrás dela! - Paloma estava atordoada

-Não era pra ser assim.. Não era! - gritei

-Calma Michael.. Mandaremos notícias! - James e Paloma foram atrás de Michelle

-Meu Deus e agora? - me sentei no sofá e não consegui conter as lágrimas. Não posso perder Michelle, ainda mais agora que estou tão dependente dela. Deus precisa me ajudar..



Capítulo 25 

Michelle


    Eu esperava tudo de Michael. Esperava uma traição,ou até mesmo que ele ficasse comigo só para transar e dar o pé. Mas se prestar a um papel desse ainda mais com a participação dos meus melhores amigos foi demais pra mim.
   Na verdade eu fiz papel de trouxa porque eu quis. No fundo eu sempre soube que Michael não era sincero comigo. Uma mulher sabe quando um homem te olha com amor, e pra ser sincera, no início eu nunca vi esse olhar.
  Eu nem sei a quem devo ouvir, se eu quero ouvir alguém,no que é verdade ou mentira. Só quero sumir, desaparecer! Esquecer que um dia fui uma otária por completo.
Infelizmente senti outra tontura e fui obrigada a ir pra minha casa. A minha sorte é que deixo a chave no vaso de plantas que fica no corredor do meu apartamento. Tomei um banho demorado e me joguei na cama na tentativa de esquecer tudo que me aconteceu nesta manhã.

-Michelle?

-Paloma? O que está fazendo aqui?

-Esqueceu que dividíamos esse apartamento? -disse me mostrando a chave - Michelle,me escuta por favor,eu te imploro!

-Eu não quero ouvir nada que venha de você! - me levantei - Eu pensei que você fosse minha amiga!

-E eu sou! Eu sei que errei,mas eu só queria te ver alegre,feliz..

-Não passou pela sua cabeça que eu poderia sofrer com toda essa sujeira?

-Me perdoa,por favor.. Eu sei que nós erramos,mas precisa acreditar na minha intenção! O Michael ama você,de verdade..

-Não me fale dele! - cortei - Não quero ouvir nada sobre isso,respeite meu tempo!

-Michelle,eu amo você,é minha melhor amiga!

-Se diz tanto minha amiga e me colocou nessa cilada! Vocês devem ter zombado de mim até cansar,não é?

-Era pra ter sido só um encontro, mas vocês se apaixonaram..

-Eu me apaixonei. Não precisa dizer mais nada sobre isso, eu sempre soube que Michael não era verdadeiro comigo,tá legal?

-Como assim? Você sabia de tudo?

-Evidente que não! Eu me iludi porque quis,estava envolvida demais.. Só eu não quis enxergar óbvio..

-Michelle,o Michael pode até ter mentido pra você,mas ele te ama muito, você não vê?

-Eu já fiz papel de trouxa por tempo demais,cansei de ser masoquista,enten.. - novamente senti minha cabeça girar

-Michelle? - Paloma me segurou e me sentou na cama - Amiga, o que você tá sentindo?

-Tá tudo girando..

-Eu vou pegar uma água pra você,ok? - em alguns segundos ela voltou com o copo de água

-Eu já estou melhor..

-Claro que não está! Michael disse que desmaiou ontem,nós vamos para o hospital agora mesmo!
* * * *

  Infelizmente não pude contestar Paloma. Mesmo estando magoada, reconheço a preocupação da minha amiga. Ela sempre foi como uma irmã mais velha,cuidando de mim com muito carinho.
  O médico me examinou,fez perguntas e depois colheu meu sangue. Ficamos a sós quando o doutor saiu da sala.

-Chelle..?

-O que..?

-Você me perdoou?

-Eu não guardo rancor,mas ainda estou bem triste..

-Eu sei,mas prometo que nunca mais vou mentir pra você..

-Obrigada por me trazer aqui..

-Imagina.. Michelle,será que você está grávida?

- O que? - me assustei

-Esses enjoos, desmaios.. Amiga,você pode estar grávida do Michael!

-Não é possível.. Meu Deus! - apesar do susto,eu sorri pensando nessa possibilidade. Será que tem mesmo um bebê no meu ventre?

-Se você estiver grávida, vai ser tão perfeito!

-Eu não quero pensar nisso agora,ok? Nem sabemos se é gravidez mesmo..

-Mas pode ser.. - disse me fazendo rir - Olha aí o doutor!

-Se sente melhor? - ele perguntou

-Sim. O enjoo passou.. O senhor já sabe o que eu tenho?

-Olha Michelle,eu vou precisar que faça outros exames.

-Mas por que?

-Não tem chance dela estar grávida? - perguntou Paloma

-Eu fiz o exame justamente para saber se tratava de uma gravidez,mas o exame deu negativo.

-Então..o que eu tenho?

-Algumas dúvidas rondam a minha cabeça,mas eu preciso ter certeza. Você vai fazer um hemograma completo e alguns exames. Volte aqui amanhã,por favor. Faremos uma nova consulta,mas agora pode ir pra casa e se alimente bem,por favor.

-Tudo bem.. Até amanhã,doutor..

-Até amanhã. Vão com Deus.

  Chegamos em casa em silêncio. Tanto eu quanto Paloma ficamos preocupadas com o que o doutor disse. Se eu não estou grávida,que diabos eu tenho,afinal?

-Não fica assim ok? Ele deve tá desconfiado de uma anemia ou diabetes..

-É..deve ser.. Eu tô me sentindo muito cansada..

-Eu vou fazer uma sopa pra você ok?Deite aqui,eu já volto.

  Me deitei na cama e fechei meus olhos. Minhas vistas estavam pesadas e eu só conseguia fechar meus olhos. Esse definitivamente foi o dia mais tenso da minha vida. Minha cabeça e meu coração estão mais embolados que fones de ouvido e pra piorar minha saúde está dando piti. Como eu queria dormir e acordar e outra dimensão.
.



Capítulo 26 

Michael


   Tentei seguir o conselho de Paloma e dar um tempo para Michelle,mas eu já não estava aguentando mais a distância. Já são quase duas semanas sem falar com ela e se Michelle não ouvir o meu lado,ela jamais me perdoará.
  Pelo que Paloma disse,ela pediu um tempo longe dela, ainda está magoada com o que aconteceu,ou seja,não sabemos se ela está aqui,pois nem na escola ela está trabalhando.Mas criei coragem e fui até sua casa.
 Depois de alguns minutos a porta se abriu. Me alegrei só de ver seu rosto novamente,meu coração acelerou na mesma hora.

-Michael..

-Será que podemos conversar agora? - ela me olhou com frieza,mas deixou que eu entrasse

-Tudo bem Michael. Eu já ouvi a Paloma,James..Nada mais justo que ouvir você também.

-Michelle,eu imagino a dor que está sentindo,eu não tiro sua razão. Eu fui ambicioso,entrei nessa por dinheiro,somente isso que me interessava. Você foi parte de uma mentira,um negócio entre eu e James,mas eu fui me apaixonando sem perceber.. Quando me dei conta,toda minha vida,o meu ser, foram modificados por você. Eu sei que o que eu fiz não tem perdão,mas por favor acredita no meu amor,eu te imploro!

-Você foi pra mim um sonho, com você eu amei pela primeira vez. E agora sei que só fui sua aposta..

-Como posso demonstrar que é verdade o meu sentimento?

-E como volto a confiar em você,se eu não acredito mais nas suas palavras?

- Michelle eu não queria te machucar,juro que estou arrependido!

-Você deve ter rido de mim horrores  enquanto recebia seu prêmio não é?

-Michelle,o que eu preciso fazer pra te convencer que estou sendo sincero?

-Me dê um tempo,porque hoje te olho e só vejo um jogo.. - disse com os olhos marejados - Devemos deixar que o mundo gire até que nos encontremos novamente..

-Tudo bem, eu vou esperar. Mas jamais,escute bem, jamais desistirei de você! - saí do seu apartamento completamente arrasado

    Então é isso? Tudo acabou? Dei meu coração pra essa relação e agora toda nossa história e tudo que vivemos se resumem a pó!
 Voltar pra casa sabendo que não vou encontrar Michelle é a pior sensação que existe. Aos poucos sinto que seu perfume está se esvaindo,assim como sua áurea.
 Me sentei em frente ao piano,que com toda certeza me faz lembrar dela, na verdade qualquer coisa que eu faço me lembra Michelle, e eu não posso me conformar que ela se torne apenas boas lembranças.
 Comecei a tocar as primeiras notas da canção, daria tudo para que ela ouvisse,pois são meus mais secretos sentimentos gravados nesta letra.
 Aos poucos a voz saiu embargada,mas imaginei minha garota sentada ao meu lado,me  olhando com seus belos olhos verdes.



O que eu faria sem sua boca  esperta?
Estou me arrastando e você me está  me dispensando
Estou com a cabeça a mil, sem   brincadeira
Não posso te forçar a nada
O que está se passando nessa bela cabeça?
Estou passando pelo seu mistério mágico
E estou tão confuso que não sei o que me atingiu
Mas eu vou ficar bem
Minha cabeça está embaixo da água
Mas estou respirando bem
Você é louca e eu estou fora de
controle

Porque tudo de mim
Ama tudo em você
Ama suas curvas e todos os seus limites
Todas as suas perfeitas
imperfeições
Dê tudo de você para mim
Eu te darei meu tudo

Quantas vezes tenho que te dizer
que mesmo quando você está
chorando você continua linda?
O mundo está te massacrando
Estou por perto a todo o momento Você é minha ruína, você é minha musa
Minha pior distração, meu ritmo e tristeza
Não consigo parar de cantar
Está tocando uma música em minha  
cabeça para você

 Porque tudo de mim
 Ama tudo em você
 Você é o meu fim e meu começo
 Mesmo quando perco estou
 ganhando..


Michelle


   Finalmente o resultado dos meus exames saem hoje. Fiquei tão atordoada com a visita de Michael que quase me esqueci, se não fosse Paloma me avisando. Apesar de eu pedir um tempo,ela implorou para ir comigo na consulta.

-Por que está tão distante? - me perguntou

-Michael me procurou..

-E vocês conversaram?

-Sim,não podia continuar adiando a conversa. - por sorte o doutor apareceu na sala

-Bom dia! Como tem se sentido, Michelle?

-Bem, tirando o cansaço.. Doutor, você já tem o diagnóstico?

-Tenho sim. E infelizmente não tenho boas notícias..

-Pode falar..

-Michelle os exames apontaram uma anormalidade nas sua células que produzem os glóbulos brancos.

-O que isso quer dizer?

-Você foi diagnosticada com Leucemia Mielóide Aguda. Estas células imaturas, também chamadas blastos, continuam a reproduzir-se e a acumular-se. E esses blastos estão se espalhado com muita rapidez no seu organismo.

-Eu.. eu tenho leucemia? - rezei para que tivesse entendido errado

-Infelizmente,sim. Essas células estão  impedindo a produção dos glóbulos vermelhos, dos glóbulos brancos e das plaquetas . Essa doença progride rapidamente,então precisamos começar o tratamento o mais rápido possível!

-Eu quero ir pra casa.. Por favor, me deixe ir! - implorei

-Calma,Chelle.. Nós iremos, tá bom? Doutor..

-Tudo bem, eu entendo o choque..Vá pra casa,descanse..

-Obrigada,doutor! - ouvi Paloma dizer. Eu não tinha ação,minha cabeça parecia estar vazia e só as palavras do médico se repetiam no meu ouvido.



Capítulo 27 

Michelle


 Infelizmente depois do choque,tive que voltar a realidade. Sempre fui uma garota esperançosa e que ama a vida acima de tudo. E eu não posso me deixar abater pela doença, farei o possível para me curar.
 No dia seguinte,voltei ao consultório para iniciar o tratamento. Doutor Henri conversou comigo e me aconselhou a  fazer o tratamento em Nova Jersey. O clima na cidade é mais saudável, além do mais será preciso para eu seguir em frente.

-Não vai contar para o Michael? - Paloma disse ao me ver arrumando as malas

-Não. E se você contar pra ele, aí sim não olho mais na sua cara!

-Tudo bem! Amiga,você não pode ficar lá sozinha..

-Eu não vou estar sozinha. É só o tempo do tratamento,além do mais eu estarei no hospital com enfermeiros..

-Mas não será a mesma coisa! Michelle, eu estou tão desesperada! - disse em meio as lágrimas - Se você não tivesse sofrido pelo que eu fiz..

-Hey! Pare com isso! Deus não envia castigos e sim provações. E se esse é meu comprometimento,que seja!

-Como uma mulher tão especial como você pode passar por isso?

-Deus não envia fardos mais pesados do que podemos carregar.. Eu tenho fé, preciso ter.. - respirei fundo

-Eu te amo Michelle! Prometo que toda semana irei te visitar,ok?

-Certo.. Bem, antes de ir,quero que entregue essa carta para o Michael. Se ele perguntar, diz que eu estou de férias.

-Pode deixar..

-Me avise se conseguir vender meu carro, preciso pagar a outra metade do tratamento.

-Não se preocupe com o dinheiro,tá?

-Obrigada.. Eu te espero para viajarmos.

-Ok. Eu vou entregar isso para o Michael, e iremos.

Michael


  Está difícil viver sem Michelle. Eu sei que ela pediu um tempo,mas sinto que estou perdendo a minha garota, não consigo explicar. Já estava me dirigindo a porta,mas fui surpreendido por Paloma.

-Michael, que bom que te achei em casa..

-Aconteceu alguma coisa com a Chelle? - perguntei assustado

-Não.. ela está bem, quer dizer..

-Explica!

-Ela pediu para que eu te entregasse isso.. - Paloma me estendeu um envelope

-O que tem aqui?

-É uma carta da Michelle..pra você.

-Mas por que ela me deu essa carta? Por que ela não quer me ver?

-Eu não sei Michael, ela só pediu que lhe entregasse.

-Onde ela está?

-Viajando de férias. E nem me pergunte pra onde, ela não quis dizer!

-Mas eu vou descobrir!

-Olha,está na minha hora.. Nos falamos depois. - assim que Paloma se foi, abri o envelope imediatamente. Respirei fundo e comecei a ler

"  Qual a probabilidade de algum dia na sua vida você se apaixonar? Novecentas e noventa e nove chances em mil. Mas qual a probabilidade de você, em algum momento da sua vida AMAR verdadeiramente? Pois lhe digo que é em torno de uma chance em um milhão.

 Alguém uma vez disse: "Não é nas estrelas que deveríamos confiar nosso destino,mas sim em nós mesmos."Mas eu acredito que tudo que acontece... acontece por uma razão.

 Se almas gêmeas existem? Não,eu não sei lhe responder.. Mas uma coisa eu posso dizer, Deus foi extremamente generoso em cruzar meu caminho com o seu. Em algum momento do seu concebimento,Deus encontrou uma razão para escolher justamente o seu espírito para habitar a Terra. 

 Não foi pela beleza que você desenvolveria, nem pelo seu talento para cantar e encantar, seus dotes culinários ou, por quê não, sua demasiada falta de responsabilidade e infantilidade.

 O motivo é simples. Você,Michael Jackson, é maior que tudo isso. É preciso ter coragem de enfrentar os pais,abandonar os estudos e seguir a estrada rumo ao seu sonho; sabedoria para não se deixar levar pelas serpentes que encontrou no caminho; fé para acreditar que em algum dia sua voz seria ouvida e seu nome reconhecido; e principalmente, bondade para preencher de amor e serenidade suas pegadas deixadas neste solo.

 Você veio a Terra, Michael com um único propósito: compreender que a "casca" pode te levar a inimagináveis caminhos, mas somente o coração e a alma lhe levarão ao destino certo.

 No fundo eu sempre soube que você não havia dado seu coração à mim, que eu não pertencia à você. Eu não sou ninguém para julgar os motivos que lhe levou a agir desta maneira.
 Mas mesmo sabendo a verdade,eu estava envolvida demais. Michael,eu enxerguei sua alma, seus medos, seus temores,suas alegrias e suas atribulações. Enxerguei muito mais do que dois pares de órbitas negras. Eu enxerguei um homem,um rapaz,um menino. Eu enxerguei "O esperto", "O rebelde", "O indefeso".
  E eu aceitei você do jeito que veio para mim. Tentei o máximo que pude lhe ensinar como sobreviver neste mundo cruel e como absorver a magia deste mesmo universo.
  Eu sabia que seria um caminho sem volta.Mas Deus, como era bom te ver sorrindo, contando cada detalhe bobo do seu dia. Adormecer e acordar sentindo o suave aroma dos seus cabelos,que me faziam crer que a vida realmente vale a pena. 
 Jamais,leia atentamente, jamais lhe culpei pelo o que aconteceu, acredite! A luz que você acendeu na minha vida substitui as lágrimas que eu derramei,por sorrisos causados por momentos memoráveis.
 E eu, essa simples garota "esquizofrênica e descomplexada" lhe agradece do fundo da sua alma por ter dado a oportunidade de conhecer o amor de mulher para homem.
 Eu sei que o amo e que seria capaz de fazer tudo por você. E em parte,foi por isso que me doeu tanto continuar ao seu lado ciente dos fatos,pois eu sempre soube que esse era um tipo de amor raro que só os seres plenos têm a oportunidade de conhecê-lo.
 Não sei como me despedir de você,mas saiba que, eu dei tudo de mim. Mais do que isso, eu sempre estive e estarei aqui, e eu sempre amarei você.
 Deixe que o tempo diga se nossas estrelas se cruzaram novamente, mas eu sei que a sua não depende mais da minha para brilhar esplêndida. E agora eu me sinto em paz por saber que contribuí para o verdadeiro Michael habitar em seu coração..

Para o meu eterno amor, Michelle."



 Terminei de ler a carta aos prantos. Deus,não posso deixar a mulher da minha vida ir embora, preciso dela mais do que nunca, e eu sei que ela também precisa de mim. Vou encontrá-la de qualquer jeito, não importa o tempo que for.




Capítulo 28 

Michelle


" O tempo pode parecer lento para quem espera, rápido para quem tem medo,longo para quem lamenta, curto para os que festejam, e eterno para os que verdadeiramente amam."

  Respirar novos ares me faria bem, mas voltar à essa cidade me fez lembrar os momentos que tive aqui com Michael. Desde nosso passeio de moto à declaração de amor na praia. E agora são apenas lembranças.
  Eu achei que a ala em que eu ficaria internada seria monótona, ou tediosa. Senti medo. Mas ao chegar no hospital fui muito bem recebida. O doutor Morgam me tratou com muito carinho e me apresentou a todos os internados.
   Mas a ala que mais me entristeceu e ao mesmo tempo me esperançou, foi a das crianças. Mesmo ali naquelas condições, fracas, abatidas, e carequinhas elas riam com a inocência de uma alma pura, e aquilo realmente me emocionou.

-Está tudo bem,Michelle? - Morgam perguntou

-Sim.. Só que é tudo muito novo pra mim.

-Eu sei que é. Mas agora,mais do que nunca,você precisa estar bem emocionalmente. E aqui somos como uma família, vai se sentir confortável,querida..

-Obrigada..

-Vou te apresentar a enfermeira que cuidará de você. Meredith, essa é nossa amiga Michelle.

-Mas que bela garota! Me dê um abraço,boneca! - Meredith me pareceu muito simpática. Era uma mulher negra, de cabelos trançados,aparentado ter mais de cinquenta anos. Me senti extremamente acolhida em seu abraço

-Obrigada.. - sorri

-Vem, vou mostrar o quarto que você vai ficar!

-Eu vou ficar sozinha nele?

-Se você se sentir mais a vontade,pode ficar.

-Não, é que eu queria dividir com alguém. Não quero ficar sozinha..

-Você não estará sozinha aqui,boneca! Mas acho que vai gostar da sua amiga de quarto..

  O quarto nada se parecia com um hospital. Era bem iluminado, florido,todo decorado de tons rosa bebê e tinha um delicioso aroma de fruta adocicado.
   Tinham duas camas divididas por uma cortina branca,mas o quarto estava vazio. A cama ao lado era toda enfeitada. Tinha uma colcha rosa e vários ursos de pelúcia ao lado.

-Ela está na quimioterapia,daqui a pouco está de volta..

-É tão decorado o quarto..

-Jolie gosta do quarto alegre! Falando nela..

-E ai Meredith? - uma animada garotinha entrou no quarto. Deveria ter uns sete anos,era a coisa mais linda,apesar de estar bem pálida

-Princesa! Como se sente? - Meredith a abraçou

-Um pouco enjoada.. Quem é ela? - disse ao estreitar os olhos pra mim

-Essa é sua nova colega de quarto. Jolie, essa é Michelle.

-Prazer em conhecê-la, Jolie!

-Hmm. - ela se deitou na cama e fechou os olhos

-Ela só está enjoada por conta da quimio, além do mais ela não está acostumada com outra pessoa dividindo o quarto.. A última pessoa..- Meredith cochichou no meu ouvido

-Morreu.. - concluí

-Ela não aceitou muito bem..

-Entendo.. - sorri fraco - Deixa comigo, sei lidar com crianças.

-Vai conseguir. Jolie é uma garota amável!

-Eu sei que sim!

-Bem, vou deixar vocês a vontade. Amanhã começará sua quimioterapia. - disse com cautela

-Tudo bem.. Obrigada pelo carinho,Meredith.

-Imagina,boneca. Seremos grandes amigas! - ela beijou minha testa e saiu do quarto

  Fui ao banheiro e coloquei meu pijama. Percebi que Jolie estava acordada olhando pra janela. Me aproximei da sua cama e comecei a falar.

-Você quer conversar? - perguntei

-Não. - disse sem olhar pra mim - Quero ficar sozinha!

-Tudo bem! Só queria me apresentar, afinal agora somos colegas de quarto.

-Mas você vai embora, é sempre assim! - me encarou

-Estamos nessa juntas,e eu prometo que iremos sair daqui curadas.

-Todos dizem isso..

-Certo.. - não era o momento certo de conversar. Precisava dar um tempo pra ela , na verdade eu também precisava
* * *

  Infelizmente o dia amanheceu e eu teria minha primeira sessão de quimioterapia. Estava nervosa,com medo e insegura, fora a saudade de Michael que apertava cada vez mais. Queria saber como estava, se passou a noite bem, se está sentindo minha falta..
Dissipei os pensamentos quando Meredith me chamou.

-Vamos querida?

-Vamos. - Jolie ainda dormia. Respirei fundo e fui com Meredith

-Não vai doer, fica tranquila.. - me acalmou. A sessão não demorou muito. Logo já estava de volta ao quarto,agora com um terrível enjoo e fadiga.

-Será sempre assim? - perguntei depois de lavar minha boca. Havia vomitado todo o café da manhã. Meredith segurava meus cabelos

-Infelizmente.. O tratamento é muito agressivo..Mas você vai aguentar!

-Quero me deitar.. Não me sinto bem.. - não tinha forças nem pra ficar de pé

-Claro,boneca. Fique com essa bacia, caso queira vomitar.

-Obrigada. - ela beijou minha testa e se retirou. Fechei meus olhos na tentativa de controlar o mau estar

-Está enjoada? - ouvi a voz baixinha de Jolie se aproximando

-Um pouco..

-Você vai se acostumar. - não consegui lhe responder,pois a vontade de vomitar voltou. Assim que terminei, Jolie me deu um copo de água e um lenço para limpar minha boca

-Me desculpe por essa cena. Por que tenho sempre que vomitar no primeiro encontro? - ela riu

-Você é engraçada.. Deixe-me apresentar. Meu nome é Jolie e estou aqui faz oito meses. Qual seu nome?

-Michelle. E estou aqui há quase vinte e quatro horas. - ela riu novamente

-Gosto de você, se quiser pode ser minha amiga!

-Adoraria ser sua best friend!

-Ótimo! - ela apertou minha mão - Agora somos amigas. - sorri

-Sente falta do seu cabelo?

-No início sim. Mas a Meredith me deu uma peruca, incomodava muito,então ela me ensinou a usar lenços.

-Logo eu também terei que usar..

-Você é linda, e vai continuar linda!

-Obrigada..

-É melhor dormir um pouco. Precisa descansar. Vou te emprestar o Senhor Urso pra te fazer companhia.

-Que lindo é o Senhor Urso. Muito obrigada,é uma moça muito gentil!

-Obrigada.. Posso tirar a cortina?

-Mas é claro que sim! Assim poderemos conversar.

-Isso ae!

Michael


  James disse que Paloma foi viajar. Na certa deve estar com Michelle, então assim que ela voltar vou exigir que me conte onde a minha garota está. Fui até sua casa e por sorte ela estava.

-Michael..

-Não adianta mentir. Você sabe onde a Michelle está e te imploro para que me diga a verdade!

-Deixe ela em paz,Michael..

-Não deixarei enquanto não vê-la e dizer que a amo.

-Eu corro o risco de perder a amizade dela de vez, então foda-se. Ela precisa de você..

-O que aconteceu com ela?

-Michelle descobriu que está doente..

-Explica!

-Ela tem leucemia!

-O..o que? Não pode ser,Michelle é jovem,saudável...Deus, os desmaios,os sangramentos.. - passei a mão pelos cabelos

-Também estou chocada,Michelle precisa de nós e é por isso que teremos essa conversa. Você pode tomar a decisão de sumir da vida dela, Michelle não será a mesma de antes,ela vai precisar de alguém o tempo todo com ela,enfrentando a doença, então se não estiver disposto a viver isso,não a procure!

-Eu amo Michelle,não só pela sua beleza ou vitalidade. Ela me ensinou o verdadeiro sentido dessa palavra, por ela me tornei um homem, e eu não sairei de perto dela, nunca mais! - minha voz já saía embargada. Uma dor tão grande dilacerava meu peito. Minha Michelle está doente e eu não estou ao seu lado. Se Deus realmente existe, não pode deixar que ela morra!

-Eu acredito em você Michael, e também acredito que é o único que pode salvá-la. Precisamos confiar em Deus!

-Deus? Se Deus fosse bom e misericordioso não teria castigado Michelle dessa maneira!

-Michael, não diga isso! Se Michelle está enfrentando com força é porque tem fé. Se você não tiver,de nada adiantará..

-Estou desesperado Paloma,me diga onde ela está, por favor!

-Tudo bem.. Michelle foi para Nova Jersey fazer o tratamento. Faça a coisa certa,Michael..

-Eu vou fazer! Dessa vez será tudo diferente!

  Saí de sua casa confiante.Montei na minha moto e nem ao menos voltei pro meu apartamento. Abasteci a gasolina e segui pela estrada rumo ao encontro da minha garota.



Capítulo 29


Michael


  Não demorei muito para chegar em Nova Jersey. O hospital ficava alguns quilômetros do centro da cidade. Eu não poderia chegar lá todo empoeirado,por isso me instalei eu um simples hotel. Tomei banho e novamente segui para o hospital.
 Meu coração acelerava a medida que eu me aproximava do andar. São tantas coisas a serem ditas que eu nem sei por onde começar.

-Desculpe,o senhor está procurando algum quarto? - uma senhora me parou

-Ah..sim.. Estou procurando Michelle Willows.

-O que o senhor é dela?

-Na..namorado. - respondi

-Hm vem comigo.. Ela está dormindo. - disse ao pararmos na porta de um quarto - Não está se sentindo bem.

-Eu preciso muito falar com ela..

-Ela não comentou comigo que tinha mais alguém além da amiga.

-Eu estraguei tudo e é por isso que estou aqui! - ela sorriu

-Meu nome é Meredith,sou responsável pela Michelle. É uma mulher muito especial..

-Não imagina o quanto.. Será que posso vê-la um minutinho?

-Pode sim.. Só não faça muito barulho,elas estão dormindo.

-Elas?

-Sim. Ela e a Jolie,dividem o quarto.

-Oh sim..Não farei barulho. Obrigada Meredith..

-Por nada,querido! - ela sorriu e se afastou para entrar em outro quarto

  Abri a porta lentamente e o primeiro lugar que meus olhos pousaram foi na cama que Michelle estava deitada. Ela parecia estar dormindo profundamente. Estava pálida e ainda mais magra. Naquele momento minha ficha parecia ter caído. Michelle tem uma doença grave e se eu não fizer nada,posso perdê-la!
  Toquei na sua mão com cuidado para não acordá-la. Em seguida passei minha mãos por seus cabelos e lhe fiz uma delicada carícia.

-Eu estou aqui com você,meu amor. E eu nunca mais vou te deixar sozinha..

-U-uhm.. - a menina que dormia na outra cama pigarreou

-Me desculpe.. Eu te acordei?

-Não..Eu não estava conseguindo dormir..Você é namorado da Chelle?

-Eu?

-Hmm sim! - ela riu

-Eu..

-É meu ex namorado! - arregalei meus olhos ao ouvir a voz de Michelle

-Michelle?

-Acho que vocês precisam conversar.. Vou procurar a Meredith,depois volto. - a menina se levantou e logo saiu do quarto. Notei que minha mão ainda permanecia entrelaçada com a de Michelle

-O que está fazendo aqui? - sua voz estava fraca

-Estou procurando a minha namorada fujona. Você viu ela por ai?

-Deve estar em outra dimensão..

-Acho que não,pois ela está bem aqui na minha frente.

-Na sua frente está uma mulher doente,não percebeu? - seus olhos se encheram de lágrimas

-Não..Eu vejo uma mulher forte que vai vencer esse desafio!

-Por que está aqui? Pena, remorso?

-Amor. Estou aqui porque te amo e não adianta querer me expulsar da sua vida,porque eu não vou embora!

-Michael..

-Quantas vezes terei que pedir perdão?

-Você já está perdoado,Michael..

-Então por que não volta comigo?

-Olha pra mim,Michael. Estou doente e meu estado só tende a piorar! Juro que mantenho a fé,mas eu sou realista! Vou perder minha vaidade,minha saúde..tudo! Não quero que seja meu enfermeiro!

-Nunca mais repita isso! Michelle eu pouco me importo se perderá seus cabelos, se deixará de ter a pele corada,ou se perderá sua jovialidade,coisa que eu não acredito. A única coisa que quero é você ao meu lado,curada e saudável, a minha Michelle!

-Está disposto a enfrentar tudo isso?

-Eu já lhe disse uma vez que quero tudo ao seu lado. Na saúde ou na doença.. Me deixe cuidar de você, por favor.. - Michelle fechou os olhos e apertou minha mão

-Eu te amo Michael, e eu juro que não queria ter você nessas condições.. - disse chorando

-Não chore,baby. Eu sei como se sente por dentro,e esse é um momento que precisamos enfrentar juntos,por tanto não chore mais... - enxuguei suas lágrimas

-Acho que ainda temos muito o que viver juntos..

-Esse é só o começo da nossa história,meu amor.. - me aproximei dela e lhe dei um beijo, que se intensificou logo depois.

 Suas mãos pousaram nos meus cabelos e só tivemos que nos separar para poder respirar. Abri meus olhos e vi Michelle sorrindo lindamente para mim.

-Então.. eu mereço uma segunda chance? - perguntei

-Michael,eu não sei como sairei dessa..Não sei como será meu futuro,então eu não quero perder meu tempo. Quero viver o agora. Eu te amo e a última coisa que quero é ficar longe de você..

-Não fale como se não tivesse futuro..Nós temos a vida toda pela frente. Nós vamos nos casar, teremos nossos filhos e vamos olhar pra trás e encarar como uma batalha vencida!

-Você acredita?

-Acredito,e você?

-Eu também acredito..

-E no meu amor? Você também acredita? Você confia nele?

-Sim,Michael.. Vejo nos seus olhos que está sendo sincero. Tanto que chego a emocionar..

-Minha linda.. - acariciei seus lábios com meu dedo polegar - Confie em mim..

-Eu confio.. E te prometo que farei de tudo para me curar!

-E eu estarei ao seu lado em cada minuto,pra sempre! - nos beijamos mais uma vez e sorrimos um para o outro. Me deitei ao seu lado,com nossas mãos grudadas uma na outra e acabamos adormecendo.. 

Capítulo 30 

Michelle


  Quando eu vi Michael ali na minha frente pensei que se tratava de um sonho.Mas logo suas mãos firmes tocaram na minha pele. Eu abri meus olhos e o que era mágoa se reverteu a uma alegria imensa. 
  Eu tenho ciência de que minha saúde está cada vez pior e eu não posso perder tempo afastando Michael de mim,mesmo sabendo que trará sofrimento à ele.
  É notável que desde o dia que ele apareceu aqui,me sinto mais animada. Já fazem dois dias que não o vejo,pois Michael tem que ir a escola. Eu o fiz prometer que não iria largar os estudos,ainda mais agora que ele conseguiu emprego numa loja de instrumentos musicais.

-Está com saudades do Mike? - Jolie me perguntou ao me ver olhando para uma foto de Michael

-Muita.. Mas ele não pode vir todos os dias..

-Ele gosta muito de você! Ele me disse que assim que você receber alta,vai te pedir em casamento..

-Ele disse isso? - perguntei surpresa

-Aham. Quando você estava fazendo os exames, nós conversamos bastante..

-Já está de segredinhos com o Michael né? Como ele consegue cativar todo mundo?

-Porque ele é um gato! Fazem um lindo casal,Chelle!

-Obrigada,princesa.. - ao passar meus dedos pelo cabelo, notei que uma boa mecha havia ficado na palma da minha mão - Jolie..

-O que houve?

-Meu cabelo está caindo !! - estava totalmente assustada ao ver meu travesseiro lotado de fios de cabelo

-É a quimioterapia.. Chelle,acho que está na hora de raspar a cabeça..

-Não! Não posso ficar careca, Michael vai me achar horrível!

-Ele não vai te achar feia,Michelle.. Você é linda, ele vai achar a mesma coisa.. - disse ao enxugar minhas lágrimas

-Opa.. Atrapalho? - Michael olhou preocupado ao me ver chorando

-Chelle está assustada com o cabelo.. - Jolie respondeu

-Jolie,será que eu posso conversar com a Chelle um pouquinho?

-Claro! Fica calma,ta? - Jolie beijou meu rosto e nos deixou a sós

-Michael.. - não consegui evitar as lágrimas. Michael me abraçou e esperou até que eu me acalmasse

-Seu cabelo está caindo,não é? - perguntou pacientemente

-Sim.. E eu não consigo fazer nada para impedir!

-Eu sei querida.. Jolie tem razão, é melhor você raspar de uma vez..

-Eu vou ficar feia,Michael! Não me importo de cair um pouquinho..

-Olha o seu estado Michelle. Vai ser assim cada vez que cair uma mecha? Eu não vou te achar menos bonita se ficar careca..

-Tudo bem, você tem razão..

-Quer que eu faça isso?

-Não precisa,vou me sentir péssima!

-Hmm vamos fazer o seguinte. Eu raspo a sua cabeça e você corta meu cabelo. Que tal?

-Você vai desfazer dos cachos? -ri

-Já enjoei deles faz tempo! E então,o que me diz?

-Ok. Vamos ver se dá certo..

  Michael foi atrás de Meredith para pedir a máquina zero e tesoura. Fiquei apreensiva quando ele voltou,mas Michael me deu um demorado beijo,que foi me acalmando aos poucos.

-Posso começar,amor?

-Pode..

-Confie em mim,ok?

-Ok. - sorri transmitindo segurança

Michael partiu meu cabelo ao meio e começou a cortar as pontas. Logo meu cabelo estava na altura da minha orelha e eu já estava com os olhos marejados.

-Está ficando linda.. Podia adotar o corte chanel.

-Prometo que quando meus cabelos voltarem a crescer eu cortarei assim!

  Michael sorriu e voltou a cortar meus cabelos até ficar bem curtinho. Apertei meus dedos no lençol da cama quando escutei o barulho da máquina zero.

-Não vai doer tá?

-Uhum.. - Michael passou a máquina na minha nuca. Fechei meus olhos esperando que aquele momento acabasse o mais rápido possível

-Terminei,amor.. - Michael avisou

-Eu não quero ver como fiquei! - escondi meu rosto por entre as mãos

-Michelle,olha pra mim. Você está linda,meu amor! Acredite em mim.. Olhe no espelho. - Michael me entregou o espelho e eu abri meus olhos

-Meu Deus.. - fiquei abismada ao me olhar no espelho. Eu era outra pessoa,parece que a antiga Michelle havia desaparecido e dado lugar a uma mulher frágil

-Você vai aguentar mais essa,amor.. Estou aqui com você!

-Obrigada por tudo. Se não fosse você..

-Shii.. Estamos juntos nessa,gata! Agora é sua vez! - Michael me passou a tesoura

-Não precisa fazer isso,Mike..

-Eu quero! Quero ficar bonitão que nem você!

-Bobo.. Vem cá, sorte sua que eu sei cortar cabelo!

 Michael fez tanta palhaçada quando cortei seu cabelo que eu até me esqueci da tristeza por conta dos meus cabelos. Por fim até que eu mandei bem. Michael ficou ainda mais lindo com o novo corte.



                      

-Vê se gostou..

-Se fez besteira é melhor falar logo ou então eu terei um infarto!

-Dramático!

-Amor, você arrasou! Caramba..Eu pareço outro Michael Jackson!

-Tá com cara de homem sério..

-Está me chamando de infantil, garota?

-Eu? Imagina..

-Ah Michelle! - Michael me jogou na cama e iniciou uma série de cócegas me fazendo chorar de tanto rir. Por fim ele parou e ficou olhando fixamente pra mim - Você me faz tão feliz..

-Você também.. Eu te amo!

-Eu te amo muito,muito mais!

Michael me beijou com intensidade e ali eu vi que ele não me olhava com pena ou piedade. Seus olhos brilhavam de paixão,amor e felicidade. E eu não poderia me sentir mais plena e realizada como agora..



Capítulo 31


Michael


   Michelle ficou muito abatida por perder os cabelos. Eu imagino como deve ser difícil para uma mulher perder sua vaidade. Também foi estranho pra mim vê-la daquela forma. Não por conta da estética,mas pelo medo de perder Michelle pra essa doença, e isso me preocupa cada vez mais.
   Depois de três dias sem poder ir à Nova Jersey,finalmente consegui uma folga no trabalho e fui correndo viajar. Aproveitei para comprar alguns lenços para Michelle,pode ajudar a animá-la.
   Mas nada me irritou mais ao ver Raimond sentado na sua cama. Ele acalentava suas mãos como um gavião em cima da sua presa. Se eu pudesse arrancava ele de perto dela,mas me controlei em respeito à Michelle.

-Com licença. - pigarreei

-Michael? Vem cá amor,Raimond veio me fazer uma visita..

-Ah sim.. - sorri forçado

-Não nos vemos desde a festa da Paloma,não é Michael? - ele disse ao olhar pra mim

-Nem me lembrava dessa ocasião! - Michelle me repreendeu com o olhar

-Que pena..

-Hm está na hora de Michelle dormir um pouco. Vem,te levo lá fora!

   Assim que saímos do quarto,o pressionei contra a parede. Por mais que eu tentasse me controlar,eu vi nos olhos dele que Raimond queria provocar minha ira. E conseguiu.

-Escuta aqui,a próxima vez que ver você em cima da minha namorada eu quebro sua cara,ouviu?

-Você é um homem das cavernas! Como Michelle pode gostar de você?

-Pra defender a Michelle eu faço o que for necessário! Você quer se aproveitar da fragilidade dela,e eu não vou permitir!

-Tudo bem..Faça a porra que quiser,mas não vai me impedir de me despedir dela! - soltei seu colarinho e respirei fundo ao vê-lo entrar no quarto

  Depois de alguns minutos ele saiu. Eu já estava quase entrando no quarto para tirá-lo de lá. Raimond deu um sorriso cínico para mim e eu me controlei para não socar sua cara. Entrei no quarto e Michelle me olhava com a cara ruim.

-O que você tem? - perguntei

-O que eu tenho? Por que proibiu o Raimond de vir me visitar? - cruzou os braços em reprovação

-Ah mentira que ele veio me dedar! Que criança!

-Acho que a criança aqui é você! Que loucura é essa de expulsá-lo daqui?

-Não percebeu o jeito que ele tava te olhando?

-E dai? Eu estou namorando quem? Não foi uma pergunta retórica! Quem é meu namorado?

-Eu..

-Então? Tem motivo pra ficar com ciúmes?

-Me desculpa.. eu fiquei nervoso, você sabe que eu sou impulsivo..

-Tudo bem.Vem aqui.. - me aproximei da sua cama - Amo você, então chega de ciúmes..

-Eu prometo que vou me controlar.. - beijei sua testa

-Nem vai elogiar meu lenço?

-Oh..Está linda,azul fica perfeito em você! Falando em lenços,eu trouxe vários ..

-Sério? - Michelle adorou a surpresa,mas reparei que ela ficou bem pálida

-Amor,você tá bem?

-É só falta de ar.. Vem,senta aqui do meu lado.. - fiz o que ela pediu,mesmo preocupado com seu estado.

  Eu estava cada vez mais admirado com Michelle. Mesmo passando por tudo isso,sofrendo com a doença, Michelle faz questão de demonstrar que é forte e que nada vai lhe abalar. E a sua segurança me faz ter fé de que no final das contas, seremos felizes.

Capítulo 32 


Michael


   Recebi nesta manhã a ligação do médico de Michelle. O doutor disse que ela teve que se internar depois de uma crise de embolia pulmonar. Eu me apavorei quando recebi a notícia. O médico disse que ela foi internada imediatamente e está sobre efeito de medicamentos fortíssimos.

-Michael,onde vai? - Harry,dono da loja perguntou ao me ver tirando o uniforme

-Eu preciso sair mais cedo. A minha namorada..

-De novo isso? Michael você me pede folga todos os dias!

-Eu sei que tô pisando na bola,mas ela precisa de mim!

-E você precisa desse emprego! Se sair daqui,vou ser obrigado a te demitir..

-Entenderei suas razões,mas eu não posso deixar a minha mulher sozinha!

-Tudo bem.. Volte aqui pra buscar seu pagamento.

-Pode deixar.

  Perdi meu emprego,infelizmente. Eu sei que deveria implorar,mas porra, Michelle está com a saúde ainda mais comprometida e nada pra mim é mais importante do que ela.

-Como ela está? - perguntei assim que vi Meredith

-Não contávamos com isso.. Ela começou a sentir muitas dores no peito e levamos ela as pressas para a UTI.

-Droga! Isso que ela tem é grave? - perguntei aflito

-Sim,é grave. Por conta da quimioterapia,a Michelle está ainda mais fraca..

-Mas agora ela está bem?

-Não sabemos.. Ela está sendo administrada com oxigênio e com heparina, por via intravenosa, um medicamento de ação rápida que evita o aumento dos coágulos já existentes. Mas eu tenho fé que ela vai melhorar,Michelle tem uma força fora do comum!

-Eu sei..Mas eu tenho tanto medo. A maioria das pessoas que tem câncer não sobrevivem!

-Michael,eu trabalho nesse hospital há mais de trinta anos! E pra ser sincera já vi sim muitos pacientes não resistirem,assim como muitos que se curaram. Então tenha fé!

-Vou ter.. -limpei as lágrimas e respirei fundo - Posso vê-la?

-Pelo vidro.. - Meredith me levou até a UTI

Michelle estava ainda mais pálida deitada naquela cama. Não consegui conter o choro. Parecia que o fluido vital de Michelle se esvaía a cada dia.

-Ela só está sedada. Você vai ver,logo ela vai melhorar!

-Meredith,onde tem loja de noivas por aqui?

-Como? Pra que quer uma loja de noivas?

-Pra minha noiva,ora! - ela riu - Michelle vai sair desse hospital curada e casada!

-Vai se casar com Michelle,aqui?

-Bem, é o que eu quero.Basta saber se ela vai aceitar,certo?

-Não sei quem tem mais sorte. Você por ter Michelle,ou ela por ter um futuro marido tão romântico assim! - ri

-Se eu te falasse que Michelle me ensinou a ser assim,você acredita?

-Acredito,mas tenho certeza que seu lado romântico só estava adormecido..

-Procurando a pessoa certa. E agora eu achei!

Capítulo 33 


Michael


   Foram seis dias que Michelle passara internada. O doutor disse que os medicamentos surtiram efeito e que logo ela voltaria para o quarto. Então,nesses dias que se seguiram eu preparei tudo para o nosso casamento surpresa.
   Paloma e James no início acharam loucura,mas no fim acabaram me apoiando e me ajudando a preparar tudo. A "cerimônia" será feita no hospital mesmo. Depois de muito conversar com os médicos,eles permitiram que eu fizesse o casamento no seu quarto.
   Meredith,outras enfermeiras e até mesmo os pacientes internados ali, me ajudaram com os preparativos. Como eu disse à Meredith, procurei por um vestido de noiva com a ajuda de Paloma. 
    Já ela comprou os sapatos, a grinalda e uma peruca para Michelle se sentir mais a vontade. E eu claro, cuidei das alianças.Não,eu não estou cometendo uma loucura.
    Devo dizer que nunca tive o sonho de me casar,mas tudo mudou quando me vi completamente apaixonado por Michelle,e eu não quero esperar nem mais um minuto para tê-la como minha mulher.

-Meredith,ela já foi pro quarto?

-Sim, levamos ela antes de você chegar.

-E como ela está?

-Bem melhor em vista dos últimos dias..

-Graças a Deus!

-A Deus e a você também. Se não fosse seu apoio e ajuda,Michelle estaria bem pior..

-Eu prometi que nunca mais sairia de perto dela,Meredith.

-Não sei quem tem mais sorte. Você por ter Michelle,ou ela por ter um namorado tão romântico!

-Se eu te contar que nunca fui assim,você acredita?

-Acredito que esse seu lado estava adormecido..

-Estava sim.. Bem,eu preciso ir pro hotel. Tenho que tomar meu banho, trocar de roupa..

-Vai sim,meu querido! O juiz de paz e o padre já estão vindo pra cá.

-Meredith eu estou tão nervoso! Imagina se depois de todo esse trabalho a Michelle diz não?

-Duvido! Ela me disse que o sonho dela é se casar com você!

-Sério?

-Aham! Agora vá pro hotel,se arrume e volte pro seu casamento!



* * *


   O tempo passou voando. Só tive tempo de tomar meu banho e me vestir como um devido noivo. Agora estou no quarto de Michelle, esperando ela acordar. Confesso que estou morrendo de medo que ela me dê um corte,mas estou confiante.

-Michael..?

-Ah,oi amor! Não percebi que tinha acordado..

-Eu sei..estou te chamando a um tempão..

-Desculpe,estava pensando em umas coisas aqui..

-Quer dividir comigo?

-Claro que sim,até porque a senhorita está no meio. Mas antes quero saber como se sente.

-Estou bem. Já estou respirando melhor e as dores no peito diminuíram.. Mas agora eu quero saber o que está acontecendo!

-Você é muito curiosa,cruzes! - ri

-Você chega aqui vestido desse jeito e quer que eu ache normal?

-Qual o problema da minha roupa?

-Nenhum,está a coisa mais linda. Mas eu nunca te vi de terno. Está indo pro culto,é?

-Você tá muito engraçadinha hoje! Quero ver se vai continuar rindo quando se vestir de..

-Me vestir de que,Michael? Fala,amor.. - choramingou

-Ok,ok! Eu falo.. - pigarreei - Michelle Willows, quer se casar comigo? - Michelle me olhou espantada

-Michael,é sério?

-É claro que sim,princesa! Não me deixe nessa agonia..

-É óbvio que eu aceito,meu amor.. É tudo que eu mais quero!

-Graças a Deus! Agora tem a segunda parte..

-Michael,o que você tá aprontando?

-Aprontando todas,querida! Eu.. decidi fazer nosso casamento aqui,agora, neste exato momento!

-Tá brincando comigo né? - perguntou perplexa

-Juro que não,baby! Estamos todos só esperando a sua resposta.

-Quer dizer que todos sabem?

-Uhum! E todos eles me ajudaram a organizar nosso casamento..

-Meu Deus! Eu não acredito! Michael,vamos nos casar agora? Mas eu não estou arrumada..

-Também pensei nisso,querida! Paloma,Meredith.. Podem entrar!

-Mas o que..?

-Está pronta para o seu casamento,amiga? - as duas trouxeram a caixa com o vestido e os acessórios para Michelle usar

-Eu.. acho que estou sim! Deus,isso parece um sonho!

-Eu vou realizar todos os seus sonhos,meu bem.. - lhe dei um beijo terno e terminei com outro na sua testa - Estou te esperando lá fora ok?

-Eu te amo Michael!

-Também te amo muito,futura Senhora Jackson! - beijei sua mão e saí do quarto para deixar que ela se arrumasse

   Não consigo descrever o tamanho da minha felicidade. Tudo bem que nunca imaginei me casar ainda mais em um hospital,mas com Michelle me caso em qualquer lugar. O importante é ser oficialmente o marido da minha branquela.

Capítulo 34 


Michelle


  Dessa vez Michael conseguiu me surpreender ainda mais. Quando ele me pediu em casamento eu fiquei emocionada,mas imaginei que seria para o futuro e não para este momento.
  Não deu tempo nem de pensar em nada enquanto Paloma me ajudava a por o vestido branco e Meredith me maquiava. Agora me olhando no espelho,pareço a velha Michelle. Saudável,bonita,forte.. A diferença é que agora sou um mulher esperançosa, madura e muito mais feliz.



           

-Você parece uma princesa,Chelle! -Paloma me olhava emocionada

-Obrigada,não tenho palavras para agradecer a vocês.. Tudo isso é tão perfeito,mágico!

-Você merece,boneca! - Meredith disse ao terminar de ajeitar a peruca - Vai incomodar um pouquinho,mas daqui a pouco você tira.

-É linda Meredith! Tenho cabelos novamente! - sorri encantada com minha imagem no espelho - Deus,eu vou casar!

-Vai sim,amiga! É melhor apressarmos, seu noivo está roendo as unhas!

-Então vamos! Não quero que meu noivo desmaie!

  Por eu ainda estar bem fraca, Meredith me sentou na cadeira de rodas. Ela me tirou do soro,mas tive que usar um cateter de oxigênio no nariz. Finalmente estava pronta para me unir ao meu noivo.
   Meredith e Paloma me levaram até a varanda do hospital. De cara já pude ver diversos enfeites de flores brancas,algumas mesas e várias pessoas reunidas. Desde os médicos, enfermeiros e pacientes. Eu estava a ponto de chorar.
   Michael sorria feito uma criança ao ver Paloma me levando em sua direção. Ele se ajoelhou de frente para mim e beijou minha mão.
                             

-Está ainda mais linda.. - disse ao passar os dedos pelos meus "cabelos"

-E você está perfeito! Caramba, vocês fizeram isso tudo?

-Sim.. Para nós dois,querida! - Michael se levantou e o padre deu início a cerimônia

   Por mais que eu estivesse atenta a suas palavras, era difícil tirar os olhos de Michael e de tudo a nossa volta. Era felicidade demais para mim e agora vejo como sou amada por ele,pois homem nenhum aguentaria tudo que Michael está passando para ficar comigo.

-Michelle,você aceita se casar com Michael? - a pergunta do padre me trouxe à realidade

-Amor..? - Michael me cutucou de leve

-Me desculpe.. É claro que eu aceito! - Michael sorriu aliviado

-E o senhor? - perguntou à Michael

-Obviamente! - respondeu,me fazendo rir

-Bem..podem trocar as alianças e se beijarem!

  Michael se ajoelhou novamente e tirou uma caixinha de veludo do bolso. Ele pegou na minha mão trêmula e colocou a aliança no meu dedo. Em seguida, eu fiz o mesmo e terminamos com um beijo demorado enquanto éramos aplaudidos.
  Enxuguei uma lágrima no rosto de Michael e lhe abracei,agradecendo baixinho no seu ouvido por ter me me proporcionado o dia mais feliz da minha vida.

-Agora você é minha de verdade! - falou ao colar nossas testas

-Sempre fui,amor.. Não imagina como estou feliz!

-Sua felicidade é tudo pra mim! Vem comigo?

-Pra onde?

-Perguntei ao seu médico se você podia sair daqui para dar uma volta, na verdade eu implorei! - ele riu - E.. ele deixou.

-Sério?

-Uhum! Vou te levar para um lugar que eu sei que você adora!

* * *

  Já estava entardecendo e a vista da praia estava perfeita,como todo meu dia foi. Michael me carregava em seu colo pelas areias da praia. Nos sentamos próximo ao mar, Michael me deitou em seu peito, enquanto acariciava meu dedo anelar.

-Sua mão ficou muito mais charmosa com esse anel,sabia?

-Ah é? Por que será..

-Porque ele representa tudo que enfrentamos e estamos enfrentando para sermos felizes. É o início da sua família,princesa!

-É incrível isso.. Estou casada com Michael Jackson! O oposto de homem que eu idealizava! - Michael riu

-Espero que eu tenha superado suas expectativas,mocinha!

-Não se preocupe quanto a isso,meu bem.. Michael,eu não tenho como te agradecer por tudo que tem feito por mim. Não digo só do nosso casamento,mas por estar sendo minha base em todas as circunstâncias..

-Isso é amor,Michelle. Um tipo de amor que nem eu sabia que existia. Um amor que foi capaz de me fazer renascer por completo. É eu que tenho que te agradecer por tudo! E aos poucos eu vou percebendo que a sua doença só serviu de lição para nos tornarmos mais fortes,mais humanos e menos materialistas..

-Você tem razão. Depois que eu passei a aceitar a minha condição,eu consigo enxergar tudo de uma forma muito mais clara..

-E daqui pra frente será só felicidade! Logo você vai sair desse hospital e vai voltar pra nossa casa!

-Nossa casa?

-Sim. A partir de agora é nossa! Ou você acha que vou deixar minha esposa morando sozinha?

-De forma alguma! - ele riu

-Agora chega de falar,porque eu quero muito te beijar,amor..

-Então me beija,ora! - Michael riu e me virou para encará-lo. Seus lábios cheios invadiram minha boca e foi como se eu estivesse no paraíso..



Capítulo 35 

Michael


  Ficamos namorando na praia até anoitecer. Fizemos planos para o futuro e de como seria nossa vida a partir de hoje. Já estava bem frio,então decidi levar Michelle de volta para o hospital.

-Amor,está na hora de voltarmos.. - Michelle não me respondeu,nem se mexeu - Michelle,fala comigo!

  O medo de ter perdido Michelle me aterrorizou. Tentei despertá-la,mas foi em vão. Depois que a levei para o carro,percebi que seus batimentos estavam fracos.

-Já estamos indo,ok? Você vai ficar boa,amor!
* * *

-Meredith,como ela está? - perguntei aflito

-Os batimentos já estão se normalizando. O doutor já está vindo conversar com você..

-A culpa é minha! Não devia ter tirado Michelle do hospital!

-Não diga isso Michael! Esse foi o dia mais feliz da vida dela! E sair do hospital lhe fez muito bem emocionalmente.. O problema foi a baixa imunidade..

-Com licença.. - o doutor nos interrompeu

-Oi Doutor, como ela está?

-Michael as notícias não são boas.. Michelle precisa de um transplante de medula óssea urgente.

-E o que ela precisa fazer pra operar?

-Não será difícil encontrar um doador. Nosso banco de doação é muito vasto. Podemos encontrar aqui,em Nova York,nas cidades vizinhas.. E as chances de cura são muito grandes!

-Meu Deus, isso é sério? - vibrei

-Sim. O problema é que o plano de saúde de Michelle não cobre o restante do tratamento..

-Não é possível..

-Eu entendo sua revolta,mas é uma cirurgia delicada, fora a internação,remédios.. Tudo ficaria em torno de vinte mil dólares.

-Certo.. Eu vou conseguir esse dinheiro.

-Como Michael? - Meredith perguntou

-Vou resolver isso agora! - me afastei dos dois e disquei um número

  Pitt, um amigo de bar me ofereceu uma grana pela minha moto,que é a única coisa de valor que me restou. Não pensei nem duas vezes ao ligar pra ele.

-Fala Maicão! O que tu manda?

-E ai Pitt? Tudo joia? - tentei adiantar o assunto

-Na paz..

-Pitt você ainda tá interessado na minha moto?

-Opa! Resolveu vender é? O foda que agora tô sem grana.. Você tá precisando?

-Sim,urgente!

-Poxa.. Eu conheço um cara que te empresta essa grana mole..

-Um agiota?

-É tipo isso.. Mas você pode dar a moto de garantia..

-Quer saber? Eu não estou podendo recusar.. Me passa o número dele.

   Eu jamais pegaria dinheiro com um agiota,mas estou tão desesperado que não tenho tempo de pensar. Darei a minha moto como troca. Apesar de amá-la e preservá-la com tanto fervor,um objeto jamais estará na frente da minha esposa, jamais!




Capítulo 36 


Michael

   Marquei um encontro com o tal cara que me arrumaria a grana. Seu nome é Brandon. Confesso que detestei ter que negociar com gente dessa laia,mas não tenho outra saída.
Antes de ir embora,pedi a Meredith que me deixasse ver Michelle para que eu pudesse me despedir. Ela dormia tranquilamente,mas me doeu vê-la respirando com a ajuda de aparelhos.

-Meu amor.. Eu prometo que será a última vez que você passa por isso.. Você receberá o transplante,meu bem. Vai se curar!

-Michael, temos que sair.. - Meredith avisou

-Tudo bem.. - beijei o dorso da sua mão - Eu te amo,querida.. Volto logo!
* * *

  Brandon marcou comigo em um bar beira de estrada,o que me faz perceber o sujeito barra pesada com que estou me metendo,mas pra salvar a vida de Michelle sou capaz de fazer qualquer coisa.
   Assim que eu entrei no bar,avistei um homem de jaqueta de couro sentado na mesa 6, a que ele havia marcado. Me sentei ao seu lado sem fazer muito alarde.

-Então você é Michael Jackson.. - disse ao me ver se sentar

-Eu mesmo. Obrigado por ter vindo.

-Parecia bem decidido do telefone. Gosto de tratar com pessoas assim!

-Então.. Você vai poder me emprestar o dinheiro?

-Vinte mil,certo?

-Isso!

-Eu tenho a grana mas.. você tem como me pagar?

-Tenho! Eu vou conseguir a grana e eu tenho a uma Harley Davidson, modelo atual.

-Harley Davidson? - estreitou os olhos - Então já sei qual será minha nova moto caso não me pague.. - riu - Se quiser me encontrar depois do almoço,eu levo a grana..

-Hoje mesmo?

-Eu não durmo no ponto,meu chapa.. 13:00 horas nesse mesmo local.

-Certo! Estarei aqui esperando! - me levantei as pressas e fui direto para o hospital confirmar o transplante de Michelle

* * *

-Como conseguiu essa dinheiro, Michael? - Meredith me perguntou

-Dei um jeito..Pensei em pedir pro James,mas ele não tá podendo gastar. Parece que quando a gente mais precisa, todo mundo tá no vermelho..

-Acontece Michael.. São provas que temos que passar. Mas agora Michelle será internada e em menos de uma semana conseguiremos o doador!

-Graças a Deus! Se der tudo certo,Michelle estará curada!

-Eu não disse para terem fé? Deus não falha,querido..



Uma semana depois


   Naquele mesmo dia eu paguei à vista o tratamento de Michelle. Apesar da preocupação de como pagar Brandon, eu estava feliz por Michelle conseguir o transplante.
    E hoje, sete dias depois soubemos de um doador aqui da cidade mesmo. Vibramos de alegria ao saber da notícia, e Michelle ficou ainda mais ansiosa. O problema é que ela ficou perguntando como paguei o tratamento,e tive que mentir dizendo que foi James que me emprestou.

-Posso entrar? - Michelle já estava quase indo para o quarto de cirurgia. Em poucos minutos ela receberá o transplante

-Claro,amor.. Flores? - disse surpresa ao ver o buquê de flores que eu trouxe pra ela

-Sim.. Rosas para a minha esposa! - ela riu

-Obrigada,amor.. - lhe dei um beijo nos lábios e apertei sua mão - Estou ansiosa,Michael.. Será que vai dar certo?

-Eu tenho certeza! Pense positivo..

-Michael, desde que eu soube da doença, eu nunca quis pensar na possibilidade de eu .. morrer..

-Michelle..

-Ela existe,Michael. Nós sabemos disso.. Assim como tem chances de eu me curar,também há o risco do meu organismo não aguentar.. - forcei as lágrimas a não caírem

-Não fale isso,por favor..

-Me desculpe Michael, mas eu não vou me sentir em paz sem dizer o que eu preciso..

-Pode falar,querida..

-Michael.. eu sei que nossa história começou bem conturbada,com mentiras,micos..por minha parte,claro! - rimos - Mas você transformou aquilo no melhor encontro da minha vida! Graças à você eu descobri uma nova Michelle em mim,graças a você eu conheci o amor.. E eu só tenho que te agradecer. Você faz por mim o que jamais alguém faria..

-É porque eu te amo! Você faz parte de mim.. - Michelle enxugou meus olhos

-Eu sei que me ama.. - ela sorriu - Michael, independente do que acontecer, eu peço que me prometa que se caso eu tenha que partir, você seguirá sua vida, se abrirá para o amor novamente e será feliz!

-Michelle..

-Por favor,Michael! Se eu deixar você,eu prometo que sempre olharei por você e farei de tudo para ser feliz.. E se você estiver bem,eu ficarei em paz! Só me prometa,por favor..

-Eu prometo! Apesar de ter certeza de que você ainda vai me aturar por muitos e muitos anos! - ela riu

-Será um prazer ter que te aturar,meu anjo.. Michael,estou com sono..

-São os remédios.. Durma,princesa.. E quando você acordar,será vida nova! - lhe beijei mais uma vez e Michelle adormeceu. Agora é esperar que Deus nos ajude..




Capítulo 37 

Michael


   O transplante de Michelle ocorreu pela manhã e já é quase uma hora da tarde. Estou nervoso, ansioso e inseguro,pela primeira vez na vida eu orei para Deus. Eu nunca fui religioso e muitas vezes cheguei a duvidar da sua existência.
   Mas não posso ser hipócrita em dizer que não tem seu dedo em toda essa história. Se Michelle entrou na minha vida e me ensinou tantas coisas foi graças a Ele e agora mais do que nunca imploro para que Deus não a tire de mim.

-Michael..? - acordei com a voz de Meredith no meu ouvido

-Oi? Ah..desculpa,acho que cochilei..

-Eu sei! Não dorme a dias,não é?

-É impossível dormir com essa bomba relógio! Como a Michelle está?

-Agora ela está no quarto dormindo.

-Então deu certo? - me animei

-Veja Michael, ela respondeu bem ao transplante e agora só saberemos se deu certo com os próximos exames.

-E em quanto tempo saberemos disso?

-Geralmente o tratamento dura por muitos meses,como é o caso da Michelle. E para o tipo de leucemia que ela tem,o transplante dá ainda mais chances de cura. Michelle continuará fazendo exames a cada seis meses durante dois ou três anos para ter certeza da cura.

-Assim que ela acordar ela fará o exame?

-Vamos esperar alguns dias. Agora é rezar para Michelle se curar, ela é jovem,forte.. Tenho certeza absoluta que o transplante vai curá-la!

-Deus te ouça.. Eu posso ver ela?

-Infelizmente não.. É pro bem dela.

-Sem problemas,eu entendo!

-Vá pra casa e durma tranquilo.. Michelle está em boas mãos!

-Eu sei que sim..!
Duas semanas depois


     Nessas semanas que se passaram, Michelle tem se mostrado bem mais forte e saudável. Logo após o transplante,ela se internou por conta de problemas respiratórios, não foi nada grave,mas como o caso dela inspira cuidados, os médicos acharam melhor tratar disso logo.
    E nessas duas semanas,eu a visitei todos os dias. Ainda não contei à ela que perdi meu emprego, minha vida particular está tão conturbada que eu evito tocar nesse assunto. Pra piorar recebi uma ligação de Brandon. Ele não me cobrou de cara, apenas me rondou, e eu já estou procurando um jeito que vender minha moto o mais rápido possível, para pagar essa dívida e me livrar desse encosto.
    Mas agora o mais importante é os exames que Michelle fará hoje. Finalmente saberemos como seu organismo respondeu ao transplante.
   Assim que a trouxeram de volta para o quarto, eu me levantei da cama para recebê-la.

-Como se sente,princesa?

-Cansada.. Detesto fazer tantos exames!

-Oh amor, falta pouco.. Logo você deixará esse hospital.

-Estou há tantos meses aqui.. Não vejo a hora de voltar pra casa..

-Pra nossa casa,você quis dizer né? - ela riu

-Sim! Nossa casa,meu bem! Amor, posso te fazer uma pergunta?

-Claro!

-Você tirou licença no trabalho?

-Ah?

-Desculpe perguntar,mas você está todos esses dias aqui..

-Eu saí..

-Saiu? Michael,você perdeu o emprego?

-Sim.. Mas não se preocupe,logo eu vou arrumar outro trampo!

-Você perdeu o emprego por minha causa..

-Amor,não fica assim.. Não é culpa sua,foi uma decisão minha! Eu já disse que você vem em primeiro lugar e não estou nenhum pouco arrependido!

-E a escola, você está indo?

-Férias, querida! - levantei meus braços e Michelle riu

-E as notas?

-Azul em todas,menos.. álgebra..

-Mas você estava ótimos nos cálculos!

-Sim..mas a minha professora tirou férias,sabe..?

-É? Então fique sabendo que ela já está voltando e vai cobrar muito de você!

-Pela primeira vez na vida estou ansioso por esse momento! - aproveitei que Michelle estava rindo e lhe roubei um beijo apaixonado

-Saudade desse beijo de tirar meu fôlego.. - sorri e a peguei no colo,deitando-a na cama - Michael..?

-Diga..

-Estou com saudades de você..

-De fazer amor comigo? - Michelle corou

-Isso..Mas tenho medo..

-Medo do que,baby? - acariciei seu rosto

-Ah.. eu estou tão sem sal, sem autoestima.. Não sei como será..

-Hmm então você quer saber como será? Bebê,eu poderia ficar horas afirmando que nossa relação será a mesma e blá blá blá,mas eu prefiro fazer do que falar.

-Como assim?

-Essa noite.. Nós dois vamos sair daqui. - sussurrei no seu ouvido

-O que?

-Shi.. Mantenha em segredo, querida.. - pisquei pra ela e roubei mais um selinho, lhe deixando curiosa com meu plano..



Capítulo 38 


Michelle


   Mais uma vez Michael conseguiu me deixar curiosa. Não tenho noção do que ele está aprontando,mas algo me diz que será uma noite especial.
   Agora que Jolie voltou pra casa,me sinto sozinha nesse quarto, mas fiquei imensamente feliz de saber que suas sessões de quimioterapia deram resultado. Jolie recebeu a tão sonhada notícia,está curada!
    E agora não tenho ela pra conversar e distrair a minha ansiedade. Meredith percebeu que eu estava inquieta por algum motivo.

-O que você tem,Chelle? - perguntou ao ajeitar minha cama

-Nada.. - disfarcei

-Hmm essa carinha não me engana.. Está aprontando alguma e eu tenho certeza que Michael está no meio disso! - riu

-Sim.. Ele está aprontando alguma coisa,não eu! E é por isso que estou assim..

-Conte pra mim o que está acontecendo, querida..

- Promete que não vai brigar e nem contar pra ninguém?

-Prometo!

-Acho que Michael vai me tirar daqui essa noite..

-Hmm será por isso que ele me deu essa caixa?

-O que? Meredith você já sabia?

-Me desculpe,boneca.. - ela riu - Michael veio me pedir ajuda e eu só vou permitir porque você está progredindo cada vez mais!

-Quando vamos saber os resultados?

-Em breve,querida.. E tenha fé de que dará tudo certo! Agora vá tomar um banho e depois lhe ajudarei a se arrumar..

-Como vou sair daqui sem que me vejam?

-Ah meu bem,seu marido pensou em tudo!

-Só o Michael mesmo.. - ri

  Meredith me ajudou a me vestir. Fiquei apaixonada com o vestido que Michael escolheu . Meredith colocou a peruca em mim e terminou de me maquiar.

-Está uma princesa,Michelle!




             
 
-Obrigada.. Acha que Michael vai gostar?

-Ainda pergunta? Vista isso aqui. - Meredith me estendeu um jaleco

-Pra que tenho que vestir isso?

-Faz parte do plano.. - agora entendi como eu sairia dali,fingindo ser uma enfermeira!

Vesti uma calça branca por baixo do vestido e abotoei o jaleco. Finalizei com luvas e touca cirúrgica. Meredith conferiu o movimento no corredor e fez sinal para que eu saísse do quarto.
Apesar do nervosismo,tudo deu certo. As pessoas passavam por mim e graças a Deus não me reconheceram. Respirei aliviada ao chegar do lado de fora do hospital,mas não vi sinal do Michael.
Olhei para o outro lado da rua e vi um farol de moto piscando. Era ele.. Tirei a touca rapidamente e ajeitei a peruca.  Andei a passos largos e 
cheguei ao outro lado e podendo ver claramente Michael encostado na sua moto.

-Pronta para se divertir, enfermeira? - disse com um sorriso sapeca



                            

-Você é louco, Michael!

-Acho que aprendi um pouquinho com você.. - Michael me abraçou e me deu um beijo suave - Podemos ir?

-Para onde vai me levar?

-Isso é surpresa,mas garanto que você vai adorar.. Vamos?

-Vamos! - montei na garupa da moto e abracei sua cintura. Logo a brisa do vento tocou meu rosto e eu sorri automaticamente

Seguimos pela estrada por cerca de quarenta minutos e eu já podia constatar que estávamos indo para alguma praia,até então desconhecida por mim.
Michael estacionou a moto em frente à chalé na beira da praia. A paisagem era de tirar o fôlego, imagino o quão lindo deve ser com a luz do sol.

-Michael,como achou esse lugar?

-Foi ideia da Meredith. Ela tem esse chalé há muito tempo e raramente usa. - explicou enquanto me ajudava a tirar a calça e o jaleco - Ficou muito gostosa com esse vestido..

-Escolheu ele de propósito né?

-Hmm digamos que sim, mas claro, você só voltará a usar outro igual quando estivermos a sós!

-Assim não vale! - dei um gritinho de susto quando Michael me pegou no colo

-Quero que se sinta na sua lua de mel, ok?

-Já estou me sentindo..

-Ótimo! Então a senhorita já sabe o que lhe espera.. - Michael me levou para o chalé

Por dentro o lugar era ainda mais encantador. Estava decorado com velas e flores, e uma mesa de jantar à nossa espera. Michael me colocou no chão e esperou que eu olhasse tudo à nossa volta.

-Foi você que preparou tudo isso?

-Sim.. Passei a tarde toda aqui.. E detalhe, eu que fiz o jantar!

-Você e seus dotes culinários.. - Michael arredou a cadeira para eu me sentar,em seguida se sentou de frente a mim

-Espero que goste..

-Pela cara parece estar ótimo!

Passamos o jantar todo conversando,rindo, nos lembrando da época que nos conhecemos e fazendo planos para o futuro. Acho que nunca estive tão feliz em toda minha vida..

-Levante-se.. - pediu

-O que está fazendo?

-Quero que dance comigo.. - Michael ligou o som e uma música envolvente começou a tocar, acho que se chama The Lady in my Life..

-Eu não sei dançar,amor..

-Eu te ajudo..

-Certo.. - Michael envolveu um braço na minha cintura e entrelaçou nossas mãos. Fechei meus olhos e deixei que ele me guiasse


- " So listen to my heart
Lay your body close to mine
Let me fill you with my dreams
I can make you feel alright
And baby through the years
Gonna love you more each day
So I promise you tonight
That you'll always be the lady in my life .."
- me desmanchei em seus braços ao ouvi-lo cantar no meu ouvido

-Você tem a voz tão perfeita..

-Assim como você.. - Michael acariciou meu rosto e roçou seus lábios nos meus

O beijo calmo e delicado foi se tornando cada vez mais intenso e urgente. Já sentia meu corpo queimar de desejo, enlouquecida por um contato mais íntimo.
Michael separou nossos lábios e começou a beijar meu pescoço enquanto descia a alça do meu vestido. Seus olhos brilharam de desejo e excitação ao me ver nua para ele.
Nos deitamos na cama enquanto eu também tirava sua roupa. Suas mãos apertavam meus seios com firmeza,me arrancando gemidos. Fiquei insegura quando ele tirou a peruca.

-Você é linda de qualquer jeito,baby.. - seu olhar continuava ainda mais penetrante

Suas mãos agora percorriam todo o meu corpo e logo senti seus dedos tocaram minha intimidade. Me contorci com o contato e Michael fez questão de me torturar mais.

-Está gostando..?

-Muito.. Mas preciso sentir você, agora!

-Também não aguento mais.. Não sabe como esperei para te amar novamente.. - Michael tirou a cueca e libertou seu membro duro e ereto, me deixando completamente sem ar

Michael roçou seu sexo na minha entrada,que a essa altura já estava molhada,implorando para tê-lo dentro de mim. Aos poucos ele foi me penetrando e eu gemi repetidas vezes ao sentir seu membro se acomodando dentro de mim.

-Oh Michael.. Isso é tão bom..

-Você é muito gostosa,baby..

-Mais forte,por favor! - Michael atendeu meu pedido e passou a estocar com mais força e com mais velocidade

Inverti as posições e fiquei por cima dele. Michael sorriu maliciosamente com a minha atitude e me ajudou a me movimentar no seu colo.

-Eu quero gozar com você,amor.. - murmurou

Rebolei lentamente em seu colo e Michael chegava a urrar de tanto que gemia. Já podia sentir os espasmos de prazer,anunciando meu orgasmo e pelo jeito,Michael também estava se aproximando do seu clímax.
Cavalguei mais rápido e logo o êxtase nos invadiu com força. Michael me beijava com sagacidade enquanto atingíamos,juntos, o nosso clímax. Michael puxou o lençól para nos cobrir e deitou minha cabeça no seu peito.

-Ah Michelle.. Olha o que você faz comigo.. 

-Obrigada pela surpresa,não sabe como estou feliz..

-Você gostou?

-Muito! De tudo mesmo,literalmente.. - Michael riu

-Então descanse um pouquinho porque eu quero muito um segundo tempo!

Olhei perplexa para Michael e ele realmente estava falando a verdade,pois seu membro já estava se avolumando novamente. Subi novamente no seu colo e distribuí beijos no seu peitoral. E naquela noite nos amamos mais vezes,com calma e sem pressa, apenas absorvendo desse amor que sentimos um pelo outro..



Capítulo 39 


Michael


  Já eram seis horas da manhã. Mesmo morrendo de dó ao ver Michelle no sono pesado,tinha que acordá-la. Ela tem que estar no hospital antes que seu médico chegue para vê-la. Distribuí uma série de beijos no seu pescoço e Michelle se remexeu.

-Bom dia,gata..

-Michael? Já amanheceu? - murmurou

-Sim,ainda é muito cedo,mas preciso te levar para o hospital..

-Ah não.. - Michelle cobriu seu rosto com o lençol

-Sem birra,amor.. Falta pouco pra você sair de lá,ok?

-Promete?

-Prometo! E você sabe que eu cumpro com minha palavra,não sabe?

-Uhum.Você tá certo..

-Eu sempre estou certo,baby! Agora vem tomar um banho comigo.

-Tá muito frio!

-Eu te esquento..

-Ah, entendi.. - Michelle riu e me seguiu até o banheiro

* * *

Alguns dias depois


-Eu dou a notícia ou você dá? - Meredith me perguntou ao estender envelope

-Meredith, são os resultados..?

-Uhum.. Acho que ela vai gostar de receber por você.. - só consegui sorrir e pegar o exame

   Eu estava praticamente correndo pelo corredor do andar de Michelle. Eu não conseguia conter a felicidade dentro do meu peito. Finalmente meu maior sonho está se realizando. Respirei fundo e abri a porta do quarto. Michelle estava terminando de amarrar o lenço na sua cabeça e se assustou a me ver abrir a porta com força.

-Michael,o que deu em você?

-Querida, arrume suas coisas e vem comigo!

-Pra onde vai me levar agora? - riu

-Você não entendeu não é..? Não vou te raptar dessa vez, quer dizer, eu vou sim. Mas dessa vez é definitivo!

-Michael.. - sua voz saiu embargada - O que quer dizer com isso..? - Michelle olhava fixamente para o envelope nas minhas mãos

-É isso mesmo que está pensando. Aqui nesse envelope tem a notícia que estamos esperando a meses!

-Meu Deus! - seus olhos se encheram de lágrimas e ela veio correndo me abraçar - Eu não acredito!

-Pode acreditar,minha princesa! Olha aqui.. - indiquei onde ela deveria ler

- Estou produzindo os glóbulos brancos novamente..Céus!

-Você está curada Michelle,curada!! O doutor me disse que você tem que continuar tomando os remédios, mas o melhor de tudo é que você não precisa mais da quimio e pode continuar se tratando em Nova York mesmo!

-Então eu tô livre de hospital? - perguntou eufórica

-Finalmente! Não imagina como eu estou feliz,meu amor! - Michelle pulou no meu colo e eu a rodopiei pelo quarto

-Atrapalho? - Meredith bateu na porta

-Claro que não! - Michelle respondeu - Meredith, é sério isso?

-É sério sim,boneca! O pesadelo acabou! Mas a cada seis meses dentro de três anos você tem que fazer os exames de rotina,para termos certeza da sua cura.

-E agora eu posso ter uma vida normal? Voltar pra casa, pro trabalho..?

-Claro que sim! Mas com cautela.. Ainda está fraca por conta do tratamento,mas aos poucos sua rotina voltará ao normal..

-E eu vou cuidar para que Michelle fique quietinha em casa! - respondi

-Eu sei que sim, querido! Bom..acho que teremos que nos despedir..

-Meredith você foi mais que uma mãe para mim..Não tenho palavras pra te agradecer por tudo que fez por mim durante todos esses meses..

-Não precisa agradecer, eu amei te conhecer e por favor sempre que puder venha me ver!

-Não se preocupe,eu estou tendo umas ideias aqui..logo saberá!

-Vai me deixar curiosa hein.. Bom, vou deixar vocês a sós, estarei na recepção esperando..

-Ok. Já iremos pra lá .. - Meredith deixou o quarto e nós continuamos a arrumar a mala

-Viu isso Michael? Estou indo pra casa!

-Sim..Mas você sabe que o endereço agora é outro né?

-Eu vou pra sua casa mesmo?

-Mas é lógico,bobinha! É a minha esposa, tem que morar com seu marido!

-Mal vejo a hora de chegar em NY!

-Daqui a poucas horas,querida.. James me emprestou o carro, pra você não sentir enjoos.

-Obrigada.. - Michelle me beijou nos lábios

-Você vai adorar sua nova casa.. Ainda não tenho muitos móveis,mas aos poucos a gente consegue comprar..

-Não se preocupe com isso,amor! Eu tenho a minha mobília, nós juntamos o que temos e tá tudo certo!

-Minha garota é inteligente mesmo hein? - ela riu

-Agora é vida nova! Só você e eu..

-Só nós dois.. O início da nossa família..

Capítulo 40 


Michelle


- Michael,você está aprontando alguma coisa.. - constatei

-Por que acha isso?

-Porque você não para de olhar pra esse celular!

-Só quero saber as horas.. - Michael atendeu a ligação no primeiro toque - Certo..Estamos indo já,até mais!

-Pensei que estávamos indo pra sua casa.. - percebi que Michael estava dirigindo para outra direção

-Nós vamos..mas não agora . - riu

  Eu já não estava entendendo nada, e piorou quando ele entrou na rua da escola que eu trabalho. Michael sorriu,imaginando o tamanho da minha curiosidade. Ele estacionou o carro e me ajudou a descer.

-Amor,o que estamos fazendo aqui?

-Você vai gostar..Me dê sua mão. - decidi confiar em Michael e peguei na sua mão. Seguimos pelo corredor silencioso da escola e Michael abriu uma porta

-Surpresa!! - várias pessoas disseram ao mesmo tempo

 Depois do susto eu reconheci todos eles. Meus colegas de trabalho, amigos, até os meus alunos e os pais deles estavam ali. A sala estava toda enfeitada e com uma enorme faixa escrito "Bem vinda de volta,Chelle".

-Mas o que é isso..? - falei emocionada

-É sua festa de boas vindas,amiga! - Paloma respondeu - Estávamos morrendo de saudade de você!

-Vocês não existem!

   Abracei cada um deles e principalmente meus alunos. Eles me entregaram vários presentes feitos por eles,além de cartazes e um álbum de fotografia com fotos nossas durante três anos que dou aula à eles. Não preciso nem dizer que chorei feito criança,mas dessa vez eram lágrimas de felicidade por finalmente estar de volta pra casa.

* * *

  Depois da comemoração, eu e Michael seguimos para a sua casa. Voltar pra casa dele veio acompanhada de uma nova sensação, pois agora essa é a minha casa. Parece que agora que a minha ficha está caindo. Sou uma mulher casada com o homem mais lindo desse mundo que eu tanto amo.

-Está pronta? - Michael perguntou ao girar a chave na fechadura

-Sim! - respondi entusiasmada

-Hm tá faltando alguma coisa..

-O que? O que tá faltando?

-Recebê-la do jeito que você merece! - Michael me pegou no colo e abriu a porta

-Amor,não precisa fazer isso! - respondi aos risos

-Claro que precisa! É a primeira vez que você entra aqui oficialmente como a minha mulher! - Michael me beijou e me colocou de volta ao chão

-Nossa.. Está tão diferente, o que você arrumou aqui?

-Hm eu tirei as velharias, pedi para fazerem uma faxina completa e coloquei essas coisas de mulherzinha.. -revirou os olhos

-Nem adianta fazer essa cara, agora tem uma mulher nessa casa. Não quero ver mais bagunça aqui, escutou?

-Uau! Encarnou a esposa-xerife.. Só espero que eu tenha regalias se eu me comportar.

-É claro que sim, você merece Michael!

-Nós merecemos. Depois de tudo que enfrentamos juntos,nada mais justo que aproveitarmos,não é mesmo?

-Está certíssimo! - Michael me pegou no colo e se sentou no sofá. Nossos lábios se colaram e um beijo urgente e intenso surgiu naquele momento



Dois anos depois


  Caramba, parece que esses últimos anos passaram voando. Eu pensei que só nos primeiros meses de casamento que seria um paraíso,mas me enganei. Todos os dias é um novo sentimento,uma surpresa e claro muita felicidade.
   A cada seis meses retorno ao hospital para fazer os exames de rotina e melhor ainda é quando eu recebo os resultados, estou perfeitamente saudável. 
    Agora eu tenho que ir todo mês ao médico por outro motivo.. Bem, há quatro meses atrás eu descobri através de um exame casual que estou grávida. Michael e eu já estávamos espantados com a notícia quando recebemos outra: seremos pais de gêmeos.
    Acho que foi uma semana comemorando a notícia. Michael parece ter virado criança,mas quando quer mandar não tem quem o mude. Hoje o dia será cheio de emoções. Vamos saber o sexo dos nossos bebês e a noite será a formatura de Michael. Depois de tanta insistência minha, Michael finalmente terminou o ensino médio e agora ele começa outra etapa, a faculdade. 
    Ele já decidiu o que quer fazer, porém ainda não quer me contar. Michael disse que ainda precisa se preparar e muito para o vestibular. E só de vê-lo empenhado com o futuro,me deixa imensamente feliz por ter confiado minha vida e meu coração nas mãos deste homem.


Capítulo 41 


Michael


  Foram longos dois anos que se passaram, e muita coisa aconteceu. Mas hoje é dia de comemorar. Eu e Michelle completamos dois anos de casados, e olha que foi dureza.
    Percebi que ainda tinha muito o que mudar,mas o melhor de tudo é que Michelle foi extremamente paciente. Aguentou minha antipatia enquanto procurava outro emprego e as diversas vezes em que eu pensei em desistir da escola.
   Mas Michelle foi firme,brigou muito comigo,ficou até uma semana sem olhar na minha cara depois que eu cheguei em casa todo machucado. Eu inventei que tinha entrado numa briga, mas na verdade foi uma surra que eu levei de Brandon,o agiota com quem eu peguei dinheiro.
    Ele não esperou que eu vendesse a moto e pagasse a dívida. Eu não podia dar a moto diretamente porque Brandon era um foragido e possuía documentos falsos. Quando eu finalmente consegui vender a moto, Bradon e seus capangas armaram uma cilada pra mim e me encheram de porrada. Sinceramente pensei que morreria,mas quando entreguei a grana,eles me deixaram em paz.
   Por isso tive que inventar a história de ter brigado em uma boate. Michelle ficou furiosa comigo,mas não tive coragem de contar a verdade. Não queria que ela se sentisse culpada pelo que aconteceu.Depois disso eu prometi tomar juízo e me mantive focado nos estudos. E hoje,finalmente é a minha formatura.
   Ainda não contei a Michelle qual profissão quero exercer,mas eu já decidi. Durante todo o tratamento da sua leucemia, eu percebi como a medicina é uma profissão importante e que merece todo o valor e admiração desse mundo. Eu sei que é difícil,mas nada nesse mundo vai me desanimar, e eu sei que quando contar para Michelle ela vai me apoiar,e quem sabe eu me torno Dr.Michael Jackson?
   Porém só contarei se passar no vestibular, quero fazer uma surpresa pra ela. Mas agora, o que eu mais quero nesse mundo é saber o sexo dos nossos filhos. Sim, serei papai de gêmeos,e eu até hoje, depois de seis meses, não consigo descrever a minha felicidade.
   De cantor largado por essas estradas afora me tornei um marido dedicado e futuramente pai de família. É.. as coisas mudaram, e muito!

-Anda Chelle, vamos nos atrasar! - gritei Michelle pela enésima vez

-Não estamos atrasados,Mike.. Você que está há uma hora adiantado!

-Claro, você demora muito a se arrumar e até chegarmos na clínica já terá dado 09:00 horas!

-Tá.. Chega de brigar comigo..- ela riu - Estou bonita?

-Por que me faz essa pergunta?É só pra me provocar não é? - lhe puxei pela cintura, alisei sua barriga bem saliente e me ajoelhei - Agora é a hora da verdade,garotada. Quero saber quem é quem!

-Quanto mais você fica ansioso,mais eles dificultam, você percebeu?

-Isso tudo é complô.. Mas hoje eles serão bonzinhos com o papai!

-Então vamos, porque até eu estou ansiosa!

* * *

 Michelle já estava deitada na cama enquanto a obstetra passava o gel na sua barriga. Foram longos minutos até a TV de led exibir os mesmos borrões costumeiros.

-Será que hoje saberemos o sexo? - doutora Elizabeth perguntou

-Eu espero, porque hoje só volto pra casa com a certeza! - falei

-E vocês já fizeram suas apostas?

-Eu acho que será um casal.. - Michelle arriscou

-Apostei cem dólares que serão dois guris!

-Então Michelle.. Você terá que desembolsar cem dólares para o Michael.. - a doutora falou ao tirar os olhos da tela

-O..o que? - falamos juntos

-São dois meninos saudáveis, papais! Parabéns!

-Oh cacete! - falei eufórico

-Olha a boca,Mike! - Michelle riu

-Bem, vou deixar vocês a sós. Espero na minha sala!

-Pode me dar!

-O que? -Michelle desconversou

-Minha grana,querida! Apostamos e eu venci..

-As mulheres que deveriam ter sexto sentido..

-Não adianta inventar desculpas, mas.. você pode pagar sua dívida de outra forma..

-Como..?

-Me dando um desses beijos que só você dá.. - Michelle deu um sorriso torto e puxou a lapela da minha camisa. Seus lábios grudaram nos meus e iniciamos um beijo intenso, sem se importar com o lugar onde estamos

-Estou perdoada?

-Mas é claro que sim! Amo você.. vocês três!

-Nós também te amamos.. - nos beijamos novamente - Agora vamos, hoje eu tenho que ir na formatura do meu marido!

-Eu posso te acompanhar?

-Deve! -ajudei Michelle a descer da cama e de mãos dadas seguimos até a sala da doutora. É muita emoção para um dia só, e olha que eu nunca pensei que passaria por uma experiência tão maravilhosa como essa..


Último capítulo


Michael


   Receber meu diploma ao lado de Michelle foi uma das coisas mais prazerosas que vivi na minha vida. Finalmente me sinto um homem mais útil e um pouquinho inteligente.
   Depois da formatura, saímos com Paloma e James para comemorar, esses já estão de casamento marcado para daqui a dois meses.
  Michelle se sentiu cansada, segundo ela, os bebês estão cada vez mais espaçosos e chutam o tempo todo. E eu preferi voltar pra casa e ficar babando pelos três.


Dois meses depois


  Michelle completou essa semana oito meses de gestação. Por ser uma gravidez de gêmeos, o doutor proibiu ela de trabalhar e aconselhou repouso absoluto, Nick e Alex estão loucos pra chegar ao mundo!
  Mas o doutor permitiu que ela fosse pelo menos no casamento da Paloma. Michelle quase implorou pra que ele deixasse, e eu prometi que ficaria de olho nela.

-Já está pronto,Michael?


-Estou quase.. Me ajuda com essa gravata, eu não me dou bem com isso..

-Deixa comigo! - Michelle deu um nó na minha gravata - Está lindo, como sempre..

-Não tanto quanto minha esposa.. Se sente bem?

-Sim.. Seus filhos me deram uma trégua!

-Eles são bebês comportados! Podemos ir?

-Aham..

  A cerimônia não demorou muito,pois como eu e Michelle fomos os padrinhos, tínhamos que ficar no altar, por isso Paloma pediu para que o padre adiantasse o casamento.
Durante a festa, nos sentamos na mesa ao ar livre para Michelle ficar mais a vontade.

-Estou tão feliz pelos dois..

-Eu também estou.. E olha que eu sempre achei que o James iria se algemar primeiro do que eu..

-O mundo dá voltas né? Amor, vamos pegar algo pra beber?

-Pode deixar que eu pego, já volto.

   Peguei uma cerveja pra mim e um suco pra Michelle. Já estava quase perto da mesa quando vejo Raimond sentado perto dele acariciando sua barriga. Com a raiva que eu estava,poderia muito bem surrá-lo ali mesmo,mas tentei me acalmar e esperar para ver o que ele queria

-Mas temos que nos ver mais, Michelle.. Sinto falta da nossa amizade.

-Ah Raimond, eu também sinto..Você tem que aparecer mais na cidade. Mas me conta, como está a vida? Aposto que está namorando!

-Quem dera, deixei a melhor escapar..

-É.. você já foi falar com os noivos?

-Por que está incomodada? Tem medo do Michael?

-Mas é claro que não!

-Ela não precisa ter medo de mim. - falei - Com toda certeza ela está incomodada com as suas investidas!

-Michael! - Michelle me olhou com medo de que eu arrumasse confusão

-É? Não parece.. Os anos passam e você continua o mesmo ogro de sempre!

-Deve ser por isso que ela quis ficar comigo e não com você! - eu já estava quase partindo pra cima dele, mas Michelle se levantou e parou na minha frente

-Parem com isso por favor! - pediu - Vamos embora,não me sinto bem..

-Me desculpe.. - peguei na sua mão e seguimos para o carro

   Durante todo o caminho Michelle não falava uma palavra, e quando ela está assim é porque está furiosa. Mas eu também estou bravo, afinal eu tive motivo para ter estourado.
Tentei ajudá-la a sair do carro,mas ela recusou. Assim que entramos em casa ela já veio disparando sua fúria.

-Por que tem sempre que estragar tudo com esse ciúme besta?

-Ciúme besta? Você não viu como ele dava em cima?

-E daí? Eu sempre o vi como amigo e ele sabe muito bem disso!

-Michelle você ouviu o que ele disse!

-Ouvi! Se você não tivesse entrado feito um louco,teria visto a minha resposta. Mas você não consegue pensar um pouquinho antes de fazer merda!

-Fazer merda? Pera aí agora eu sou o errado? Eu que cuidei de você quando mais precisou, que me arrisquei por você!

-Não acredito que tá jogando na minha cara!

-Eu não estou jogando na cara, só quero te mostrar que foi eu que fiquei do seu lado,não ele!

-Não precisa fazer isso, por que eu sei muito bem o que você passou pra ficar comigo!

-Pois não parece! Eu me meti com gente perigosa pra lutar por você, e quer saber eu não me arrependo, só quero que veja que eu amo você de verdade!

-Deixa de ser ridículo! Mas agora eu quero saber que história é essa de se meter com gente perigosa?

-Não vem ao caso..

-Mas é claro que vem! Ou você me conta agora ou nunca mais vai me ver na sua vida! - disse firme

-Tudo bem.. Senta. - Michelle se sentou no sofá e se mostrou aparentemente calma

-Anda!

-Quando você teve que fazer o transplante de medula, nós precisávamos de grana pra cobrir o tratamento..

-Mas você disse que o James emprestou, e você vendeu a moto para pagar ele..

-Eu menti.. James não tinha o dinheiro, fiz de tudo para vender a moto a tempo,mas não consegui..

-E o que você fez?

-Um amigo meu me falou de um cara que emprestava a grana..

-Um agiota.. Michael você pegou dinheiro com um bandido?

-Não tive saída.. Você estava muito mal, não podia te perder..

-Foi por isso que você apareceu todo machucado,não foi?

-Sim.. Não consegui pagar a tempo..

-Meu Deus.. Michael ele poderia ter te matado!! Por que não me contou isso?

-Não queria que se preocupasse comigo..

-Adiantou muito! Ai..

-O que foi,Chelle?

-Minha barriga tá doendo..

-Será que.. meu Deus! Vamos pro hospital agora! - peguei Michelle no colo e a coloquei no carro


* * *

  Como James e Paloma haviam acabado de entrar na lua de mel, não tive como pedir ajuda a eles. Então liguei para Meredith, nesses anos ela tem sido uma grande amiga, e não exitou em vir direto pra cá.
   Michelle já estava a quase uma hora na sala de cirurgia, o que foi tempo suficiente para Meredith chegar no hospital.

-Oi meu querido.. Como ela está?

-Que bom que está aqui. Não tenho notícias, somente que terão que fazer o parto adiantado. E isso me preocupa..

-Mas os gêmeos sempre costumam nascer antes da hora..

-Eu estava discutindo com ela.. Acha que tem a ver?

-Ela pode ter ficado emocionada, mas se era para ela ter os bebês agora,é porque Deus quis. Confia nele..

-Sr. Jackson? - o doutor que atendeu Michelle entrou na sala

-Sim? O que aconteceu?

-Calma Michael.. Vim avisar que os bebês já nasceram!

-Oh meu Deus! - respirei aliviado - Eu posso vê-los? E a minha esposa?

-Ela está dormindo, mas está ótima. Os bebês estão na encubadora, precisam ficar lá até ganhar peso. O senhor pode vê-los pelo vidro.

-Vamos lá Meredith?

-Claro, querido..

A enfermeira apontou para duas encubadoras onde estavam Nick e Alex, quer dizer, eu não sei quem é quem,isso deixo pra Michelle resolver.

-São meus filhos,Meredith!

-Oh são tão quietinhos.. Preparado para a maratona que vai enfrentar?

-É..não! - ri - Mas nós vamos conseguir!

-Tenho certeza que sim!


* * *

  No dia seguinte voltei ao hospital para ver Michelle. Sei que estamos meio brigados, mas quer saber eu nem lembro mais o motivo da briga, só quero estar com ela e com os nossos bebês.

-Bom dia.. - disse assim que abri a porta e vi que ela estava acordada

-Hey..!

-Ainda está brava comigo..?

-Vem aqui.. - me sentei na cama e peguei na sua mão - Me desculpe pelo jeito que falei com você.. Eu percebi que por mais que tenha sido arriscado e perigoso, você fez isso por amor, pra salvar a minha vida e eu nunca vou poder fazer o suficiente por você.

-Você já fez,meu amor. Ser minha esposa,mãe dos meus filhos.. Vamos esquecer isso, vamos viver juntos nossa nova família. E me desculpe por ter ficado cego de ciúmes, eu só falei merda..

-Tá desculpado, não consigo ter raiva de você! - riu

-Nem eu de você.. Eu já vi nossos filhos!

-E como eles são?

-Lindos como o pai! Brincadeira.. eles são a sua cara, com certeza!

-Saberemos quando levá-los pra casa!

-Em breve amor.. - lhe dei um beijo carinhoso e fiquei ali contando todos os detalhes dos bebês


* * *

  Finalmente os gêmeos tiveram alta. Agora eles estão mais gordinhos e mais saudáveis. Ainda estamos nos adaptando com a novidade e só no primeiro dia que estão aqui,eu já trabalhei mais que a minha vida toda.
  Berços, carrinhos, armário, quarto dos bebês, roupas, fraldas.. É tanta coisa que parece que vou enlouquecer,mas é uma ótima experiência.

-Sejam bem vindos,bebês! - Michelle os tirou do carrinho e os deitou na cama. Nos ajoelhamos e ficamos brincando com os gêmeos

-Amor, quem é o Nick e quem é o Alex? Eles são idênticos! Como vou saber quem é quem?

-Amor, você vai perceber.. O Nick é o mais quietinho e tem os olhos um pouco maiores e o Alex é o agitado, como você.. e o cabelo dele é mais liso. Percebeu?

-Podíamos tatuar as iniciais do nome deles na testa!

-Que horror Michael.. - rimos - Você vai pegar jeito!

-Vamos arrasar,amor! - nos abraçamos forte,mas logo o bebê esquerdo se agitou. Sim,eu já esqueci quem é quem..


Epílogo

Dez anos depois


Michelle


   Dá pra acreditar que já se passaram dez anos? Parece que foi ontem que eu conheci o Michael e tudo aconteceu. E cada vez que eu me lembro do passado, agradeço a Deus por eu ter vencido a leucemia. E graças à Ele, nesses anos em que fiz exames,nunca foi apontado uma recaída.
   E também com meu marido doutor, qualquer resfriado que eu tenha,ele vem correndo me atender. É.. Michael virou médico. A surpresa veio acompanhada de uma prova de vestibular.
No primeiro ano dos gêmeos, Michael começou a se empenhar para a tal prova,mas nunca me deixou ver o que tanto estudava. Logo após, Michael me aparece com a nota da prova e o certificado de futuro graduando em medicina. Eu fiquei sem palavras,mas completamente orgulhosa do meu marido.
   Hoje ele já está formado e atua como oncologista em Nova Jersey, nos mudamos pra lá assim que ele conseguiu o emprego. Já eu montei uma instituição de apoio a crianças com leucemia e recebemos todo o suporte do hospital e claro, de Michael principalmente.
   Nossos filhos já têm dez anos e a cada dia mais espertos e um pouco levados também. Mas Michael sabe muito bem como lidar com eles,e eu não poderia estar mais feliz.
  Já estamos encomendando mais um herdeiro,dessa vez eu quero uma menina, sou louca para ter uma filha. E quem sabe eu acerto, já que descobri que estou grávida de três meses. Decidi então,fazer uma surpresa para o meu marido.

-Com licença..posso entrar, Dr. Jackson? - Michael estava lendo um livro em seu escritório. É incrível como os anos o deixaram ainda mais sexy



             

-Claro que pode,princesa.. A que devo a honra da sua visita? - Michael fez sinal para que eu me sentasse em seu colo

         


-Vim matar a saudade do meu marido e também para uma consulta com o doutor Michael..

-Opa.. deixe eu resolver esse probleminha.. - Michael me puxou para mais perto e me beijou com intensidade até perdermos o fôlego

-Uau..

-E que consulta é essa?

-Vim mostrar o exame de sangue que você pediu para eu fazer.

-Ah.. que mocinha responsável. Já abriu? - disse ao reparar o envelope aberto

-Sim..Mas quero a opinião de um profissional.

-Ok, lá vamos nós.. - Michael começou a ler. Seus olhos se arregalaram e um sorriso se formou em seus lábios

-E então.. O que eu tenho,doutor?

-Caramba..não faz isso comigo! Amor,aqui está dizendo que você está grávida!

-Então eu li certo.. - minha voz saiu embargada,denunciando a minha emoção. Michael se levantou e se ajoelhou de frente para mim

-Deus.. Vamos ser pais de novo! Mais um filho,amor.. - Michael beijou minha barriga e se levantou para me beijar novamente

-Demorou,mas a cegonha nos deu mais um presente! - ri abobalhada

-Veio no tempo certo,assim como tudo que aconteceu na nossa vida. Nosso encontro, os obstáculos.. tudo!

-Sabe que eu faria tudo de novo né?

-Nós faríamos.. Porque você nasceu para ser minha e eu nasci para ser seu.

-Eu te amo com toda minha alma, Michael Jackson..

-Te amo muito mais, querida.. - Michael me puxou para os seus braços,me beijando apaixonadamente.

   

   Eu não sei o que o futuro nos espera. Não sei se a leucemia vai aparecer novamente algum dia, assim como também não sei a profissão que meus filhos terão quando crescerem.
E é por isso que sempre optei em viver um dia de cada vez. Pode parecer piegas,mas é a mais pura verdade. Como dizia o Rei do Pop,
" Você nunca sabe quanto tempo você tem com alguém, então não esqueça de dizer eu te amo enquanto você pode."
    E ele esta coberto de razão. Uma coisa que aprendi com a leucemia, é dar valor as coisas mínimas do dia a dia, ao novo amanhecer e a cada batida do coração; esquecer o rancor, as mágoas e o mais importante, amar como se não houvesse amanhã..




Fim.. 


116 comentários:

  1. Obaaaaaaa estava esperando você rsrs !! Tenho certeza que vai ser um arrazo ! Aguardando ansiosa *....*

    ResponderExcluir
  2. Bom to super ansiosa que chegue logo dia 17 rsrsr
    (Geane)

    ResponderExcluir
  3. Ihul ...Super ansiosa aquiii *-----*

    ResponderExcluir
  4. Yess!!! Já vi que vou amar essa fic!!! :D To mtooo ansiosa!!!

    ResponderExcluir
  5. Ah Marícia, as suas duas fics que eu li, eu rir, chorei e amei elas! Tenho certeza que essa eu tambem vou fazer a mesma coisa. Ja estou muito ansiosa! :D :*

    ResponderExcluir
  6. Primeiro capítulo meninas,espero que gostem!! bjos <3

    ResponderExcluir
  7. Continuuua!! Quais os dias que voce vai postar ??

    ResponderExcluir
  8. Continua *...* já amei o primeiro capítulo .

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Atualizado meninas! Vou tentar atualizar duas ou três vezes por semana.
    Bjoos! <3

    ResponderExcluir
  11. Quem sera esse cara ?? Ja estou curiosa para os proximos capitulos.

    ResponderExcluir
  12. Kkkkkkkkkk juro que desatei a rir desse encontro .. Coitada sentir muita dó ... Estou super mega curiosa pra saber quem é *.....* .... Continua

    ResponderExcluir
  13. Nossa que encontro kkkkkk pobre michelle! Continuaa

    ResponderExcluir
  14. Quem será esse homem? Quem? :v
    A Michelle parece um pouco comigo kk
    Continua ❤

    ResponderExcluir
  15. aii que tudo amei! Doida pra ver o que vai acontecer no encontro.

    ResponderExcluir
  16. A. M. A. N. D. O ... Pelo amor de deus continua

    ResponderExcluir
  17. Continuaaaaaaaa sou leitora nova e estou apaixonada pela fic

    ResponderExcluir
  18. Atualizado meninas!! Fico feliz por estarem gostando <3
    Até breve! Bjoos!

    ResponderExcluir
  19. Nossa, que encontro foi esses kkkkkkk :v tadinha !
    Continua *-*

    ResponderExcluir
  20. Kkkkk kkkkkkkkk meu deus o que foi aquilo kkkkk ..... É acho que vai ser difícil conquistar o boy desta vez ... Continua

    ResponderExcluir
  21. Kkkk, meu Deus! Que desastre esse encontro.
    Michael, voce tem que ligar pra ela ein?!

    ResponderExcluir
  22. Kkkkkkkkkkkkkkkk ri muito nossa amei a Michelle é maluca mesmo kkkkkkkk amando esse casal continua flor

    ResponderExcluir
  23. Iiiiih!! Acho que alguem esta começando a se apaixonar pela doidinha ai!! Tô amando a fic!!

    ResponderExcluir
  24. Amandoooo está perfeita !!! Continua continua

    ResponderExcluir
  25. Atualizado meninas!! Até mais, bjoos <3

    ResponderExcluir
  26. Aiii ele ta amando ela que emoção
    Flor por favor poste mais to desesperada pra saber oq vai acontecer

    ResponderExcluir
  27. Ah Maricia, nao da pra voce postar 2 capitulos nao ?? Continua logo que eu tou adorando!!

    ResponderExcluir
  28. Continua você escreve maravilhosamente bem

    ResponderExcluir
  29. OII meninas! Muito obrigada pelo carinho <3
    Estou chegando com mais,bjoos!!

    ResponderExcluir
  30. Woont *-* Ele se apaixonou!! Que lindoo!! Continua.

    ResponderExcluir
  31. Estou completamente apaixonada por essa fic que lindo to nas nuvens com esse casal continua flor
    (Geane)

    ResponderExcluir
  32. Será que ele ta falando a verdade mesmo ?
    Eles são tão lindos juntos, tomara que seja verdade. *-*
    Continua *--*

    ResponderExcluir
  33. MEU. DEUS. Até eu fiquei sem fôlego lendo. Af será que é sério? Eu tô maluca pelo próximo capítulo. *OOOOO*

    ResponderExcluir
  34. *.......* lindo lindo .... Espero que ele esteja falando a verdade ... Se não a mimi iria ficar muito chateada com ele ! Continua

    ResponderExcluir
  35. Cheguei com mais,meninas!!
    Ah, tem uma estória chegando por ai.. Espero que gostem! Bjoos <3

    ResponderExcluir
  36. estou respirando com ajuda de um cilindro de oxigênio aqui porque olha...
    essa fic ta ficando cada vez melhor.

    ResponderExcluir
  37. Para tudo oq foi isso? Minha nossa senhora do bom sexo eu to com calor até agora com esse capilo! Amando muito continua.

    ResponderExcluir
  38. Espero que o Michael nao magoe ela!! Continua logo, Maricia

    ResponderExcluir
  39. Continua please ��
    Hellen

    ResponderExcluir
  40. Cheguei com mais meninas!!! Até logo, lembrando que hoje estreia minha nova fic, espero que gostem! Bjoos <3

    ResponderExcluir
  41. Uuuuurhumm vai que sua Michael !!! Amando amando ! Continua

    ResponderExcluir
  42. Aiii que lindo ele ama ela to toda feliz aqui amei amei continua flor

    ResponderExcluir
  43. Uhuu!! O Michael ta apaixonado *-*
    Continua!!

    ResponderExcluir
  44. MEU DEUS ELE TA MESMO APAIXONADO e nem adianta negar querido. Ansiosa aqui♥♥♥

    ResponderExcluir
  45. Completamente apaixonado .. Mais sinto que ele vai magoar muito a chelle !! Continua

    ResponderExcluir
  46. Um jegue de 40 anos kkkkkkkkkkk ri muito o mike ta muito muito apaixonado só espero que ele ñ magoe muito a chelle continua

    ResponderExcluir
  47. A michelle está doente ? o nariz está sangrando, ai meu deus tomara que não seja nada !

    ResponderExcluir
  48. Continuaaa .... Estou preocupada com a chelle

    ResponderExcluir
  49. CONTINUA TO AMANDO <3

    ResponderExcluir
  50. Capítulos atualizados. Bjos amores! <3

    ResponderExcluir
  51. que pena os dois brigaram mais por um lado foi bom assim chega de mentiras agora estou muito preocupada com a chelle ela não está mesmo continua flor amando muito muito

    ResponderExcluir
  52. que pena os dois brigaram mais por um lado foi bom assim chega de mentiras agora estou muito preocupada com a chelle ela não está mesmo continua flor amando muito muito

    ResponderExcluir
  53. que pena os dois brigaram mais por um lado foi bom assim chega de mentiras agora estou muito preocupada com a chelle ela não está mesmo continua flor amando muito muito

    ResponderExcluir
  54. Meu Deus!!!! Não tem noção de como eu tô agora. To muito, muito ansiosa pro próximo capítulo!!!

    ResponderExcluir
  55. Meu deus , isso é horrível :-( ... Não eu não queria que isto acontecesse ... Bom continua !

    ResponderExcluir
  56. O não a michelle doente! Meu deus , tomara q ela melhore logo , continua

    ResponderExcluir
  57. poxa to morrendo de tristeza aqui não queria que a chelle tivesse tão mal assim espero que a doença dela tenha cura por que se ela morrer eu chorro

    ResponderExcluir
  58. poxa to morrendo de tristeza aqui não queria que a chelle tivesse tão mal assim espero que a doença dela tenha cura por que se ela morrer eu chorro

    ResponderExcluir
  59. Ela vai morrer? ����

    ResponderExcluir
  60. Prontinho meninas! o momento é triste pra Chelle, mas o amor de Michael é mais forte que a doença!
    Até mais,amores! <3

    ResponderExcluir
  61. aii espero que de tudo certo com Chelle e que ela saia logo dessa situação
    continua

    ResponderExcluir
  62. aii espero que de tudo certo com Chelle e que ela saia logo dessa situação
    continua

    ResponderExcluir
  63. Aiii chorando aqui ! Espero que ela se cure ! Amando esse casal ! Continua

    ResponderExcluir
  64. Aiii que triste é incrível como uma história pode emocionar tanto assim não to sofrendo como o Mike mais to sofrendo espero que tudo de certo com a Chelle e cara ele é muito lindo sortuda a Celle e ele tbm de ter uma mulher batalhadora

    ResponderExcluir
  65. Chorei demais :'( Meu Deus, coitada da Chelle :(
    E Michael... Ele é tão fofo... Ja to vendo que eu vou chorar muito ainda rs
    Continua Flor *-*

    ResponderExcluir
  66. To emocionada! Pobre Chelle , tomara que ela melhore logo , o mike tá tão doce , fofo. Continua

    ResponderExcluir
  67. Chegando com mais,meninas!
    Muito obrigada pelos comentários *-* Até mais, beeijos!! <3

    ResponderExcluir
  68. Aiii como ele é fofo nossa to muito apaixonada por esse Mike bom carinhoso amoroso dedicado especial ele é tudo de bom
    Continua

    ResponderExcluir
  69. Awn meu Deus , isso que é amor , o resto é conversa ! *---* Continuaa ! pelo bem das minhas unhas kkkkk <3 tô amando

    ResponderExcluir
  70. Atualizado meninas! Estamos indo pra reta final.. :(
    Beeijos <3

    ResponderExcluir
  71. Awn que lindo esses dois :') continua ❤

    ResponderExcluir
  72. Porque eu tô com um mal pressentimento sobre esse lance do Mike com o tal Brandon ... não sei né .. só vc continuando pra eu saber .. continua flor !

    ResponderExcluir
  73. Awn amando essa historia cada vez mais! Continua <3

    ResponderExcluir
  74. Cheguei com mais meninas! Quando voltar será com os dois capítulos finais.. Aguardo vocês!
    Beeijos <3

    ResponderExcluir
  75. Aiii que lindo chorando aqui mais dessa vez é de felicidade que tudo eles venceram essa doença e agora vão ser pais de gêmios tem coisa melhor que essa e nossa já imagino o Mike vestido com um jaleco vai ficar perfeito sr Jackson pena que já está no fim essa linda historia mais já deixo claro que eu mais que amei essa linda e perfeita historia

    ResponderExcluir
  76. Continuaa , a fic ta maravilhosa!!!! :) :D

    ResponderExcluir
  77. É isso meninas, mais uma fic chegando ao fim..
    A princípio, a personagem Michelle não resistiria. Seria como um anjo que passou na vida do Michael. Mas fiquei com o coração apertado e mudei os planos. A ideia da leucemia veio justamente para mostrar que um amor verdadeiro resiste a qualquer tipo de dificuldade. À mentira, as desilusões e a doença. Quis mostrar que um amor pode sim resistir à esse tipo de situação, e que temos que valorizar a vida e principalmente quem está ao nosso lado.
    Muito obrigada pelo carinho e a companhia de vocês!

    Obrigada por todos os comentários de incentivo, pelo carinho..enfim,por tudo!! Amo vocês! <3

    By: Marícia Jackson

    ResponderExcluir
  78. Ameiiii essa fanfic!! , simplesmente maravilhosa fanfic!!!

    ResponderExcluir
  79. ai que lindo esse final foi mais que perfeito amei demais essa fic parabéns Marícia por escrever essa história tão linda

    ResponderExcluir
  80. ai que lindo esse final foi mais que perfeito amei demais essa fic parabéns Marícia por escrever essa história tão linda

    ResponderExcluir
  81. Final mais que perfeito! Parabéns pela incrível historia, uma das melhores que ja li. <3

    ResponderExcluir
  82. Oi Maricia! Muito linda sua fic, me emocionei algumas partes ri em outras e amei o final. Bjs

    ResponderExcluir
  83. Oi Maricia! Muito linda sua fic, me emocionei algumas partes ri em outras e amei o final. Bjs

    ResponderExcluir
  84. História belíssima! você arrasou mais uma. vez! parabéns!!!!amei muitão :)

    ResponderExcluir
  85. Caraca!!! Me emocionou muito de verdade, eu até chorei mais pro final. Vc arrasou!!! NUNCA vou esquecer essa história! Parabéns!

    ResponderExcluir